Sete meses após receber autorização do Banco Central, Trybe inicia a operação da primeira Sociedade de Crédito Direto voltada ao público estudantil do país

Em maio de 2021, demos mais um passo importante na história da Trybe: recebemos a autorização do Banco Central para criarmos a nossa  Fintech – Sociedade de Crédito Direto (SCD).

Para quem não conhece, Sociedades de Crédito Direto (SCD) são empresas de tecnologia financeira que têm como objetivo realizar empréstimos, financiamentos e ofertar serviços financeiros  aos seus clientes.

E, hoje, venho compartilhar mais uma novidade: a nossa SCD – Trybe Fintech – entrará em operação em Dezembro de 2021, com o início das inscrições para a Turma 22. Esse é o primeiro passo para que, em um futuro próximo, consigamos oferecer produtos de crédito e serviços financeiros, com foco em educação, nas mais diversas modalidades.

Por que a Trybe criou uma Fintech?

Criamos a Trybe Fintech para melhor atender nossas pessoas estudantes, oferecendo uma maior variedade de produtos e serviços financeiros com toda a segurança, proteção aos dados e ao consumidor que uma instituição regulada pelo Banco Central precisa garantir para operar. 

Além disso, ter a nossa própria instituição financeira nos permite maior flexibilidade na oferta de produtos financeiros, independência operacional, além de um melhor atendimento a clientes da Trybe que podem usar a Fintech como uma entidade para atender às suas necessidades do dia a dia. Alguns exemplos de demandas que poderão, no futuro, serem realizadas pela nossa fintech são recebimentos de seus salários, pagamentos de contas e realização de financiamentos estudantis.

Quais são os planos para a Trybe Fintech? 

No curto prazo pretendemos oferecer algumas modalidades de financiamento estudantil para as pessoas que pretendem estudar conosco. Pretendemos também oferecer contas digitais para dar mais comodidade às nossas pessoas estudantes. 

No longo prazo poderemos oferecer outros produtos de crédito e serviços financeiros à quem estuda na Trybe, tais como empréstimos consignados, linhas de crédito especial, cartão de crédito e adiantamento de salários.

Quais são as vantagens para as pessoas que estudam na Trybe? 

Importante: nada muda de imediato para nossas pessoas estudantes. 

Ao longo dos próximos anos, elas poderão contar com nossa Fintech para acessar produtos e serviços financeiros, que respondem ao Banco Central em políticas de Segurança Cibernética, Ouvidoria, Relacionamento com clientes, Conformidades, dentre outras. Essas rígidas regulamentações do BC reforçam a seriedade do nosso trabalho.

Toda a relação que iniciamos com pessoas estudantes na Trybe é orientada para o futuro. Começar a oferecer serviços financeiros acessíveis na mesma instituição com a qual elas já possuem uma longa relação e cuja razão de existir é viabilizar e gerar oportunidades em suas vidas é um marco que nos enche de orgulho. 

Agradecimentos

Agradeço às mais de 300 pessoas que trabalham na Trybe por permitirem que isso fosse possível. Estamos construindo nossa empresa e cada pessoa deste time incrível tem sua assinatura nessa conquista.

Obrigado também à equipe do Pinheiro Neto Advogados pela parceria na construção da Trybe Fintech.

#VQV #goTrybe 

Para quem ainda não conhece a Trybe, sugiro que leia o seguinte artigo: “Mudando a lógica: Trybe

Para quem ainda não conhece a nossa cultura, sugiro ler o seguinte artigo e nosso deck: (i) Cultura: diferencial competitivo e (ii) Deck de Cultura da Trybe v3.

Deixe um comentário
You May Also Like