Um estudante de engenharia robótica encontrou uma solução simples para eliminar um fator inconveniente para muitos donos de iPhone. Ele conseguiu substituir o conector Lightning, padrão da Apple, pelo USB-C.

Até mesmo os fãs da marca da maçã sabem que uma das principais frustrações dos produtos é o ecossistema limitado da empresa. Isso inclui desde as soluções de software até os acessórios, como o conector Lightning, que é exclusivo dos aparelhos Apple (com exceção do iPad Pro, que já utiliza USB-C).

Embora possa parecer apenas um detalhe, utilizar um cabo que seja comum a mais produtos pode ser muito útil em situações em que o acessório deixa de funcionar ou que o dono do aparelho não tenha ele consigo no momento e precise pedir emprestado para alguém. 

Se o iPhone tivesse a mesma porta de entrada que algum outro aparelho da casa, por exemplo, seria possível utilizar o mesmo cabo em vez de desembolsar um alto valor para comprar um novo cabo Lightning caso ele quebrasse ou o usuário quisesse manter um extra. 

Aparelho e acessório Apple.

Felizmente, Ken Pillonel, estudante de mestrado em engenharia robótica da Escola Politécnica Federal de Lausana (EPFL), na Suíça, descobriu uma maneira de modificar a entrada Lightning sem a necessidade de esperar a Apple realizar essa alteração. 

Em uma publicação em seu blog, acompanhada de um vídeo, Pillonel explica como utilizou engenharia reversa para adaptar o conector Lightning e então construir um protótipo para testar o seu conceito. 

Engenharia reversa

Conforme explica Pillonel, seu projeto começou quando ele descobriu que a Apple vende um conector Lightning com um circuito integrado, chamado C94, para parceiros certificados que fabricam cabos USB-C para Lightning. 

Assim, ele adquiriu um desses cabos adaptadores, removeu a parte metálica e expôs a placa de circuito impresso (PCB). O passo seguinte foi retirar a entrada Lightning de um iPhone e conectar os cabos do C94 a uma PCB com conectores USB-C.

Com o conector Lightning sendo completamente substituído pelo USB-C, Pillonel obteve seu primeiro protótipo. Mas ainda restava um desafio: fazer com que essa estrutura coubesse dentro de um iPhone. 

No vídeo publicado pelo estudante, é possível ver que ele conseguiu solucionar essa questão também. No entanto, o processo detalhado ainda será explicado em um segundo vídeo que ele prometeu publicar em breve. 

Apesar de parecer um projeto caseiro simples, vale lembrar que Pillonel é estudante de mestrado em robótica. Isso significa que não é recomendado que uma pessoa sem esses conhecimentos técnicos tente realizar o experimento em casa, visto que há o risco de danificar o iPhone e ainda perder a garantia do aparelho. 

União Europeia quer tornar USB-C padrão

Apesar do seu caráter individual e experimental, o projeto de Pillonel apresenta uma solução muito conveniente aos donos de iPhone. A substituição do conector Lightning por um USB-C permitiria não apenas o uso de cabos não-proprietários da Apple, mas também ofereceria um carregamento mais rápido. 

O projeto se torna ainda mais relevante no momento atual, em que a União Europeia apresentou uma proposta para que o USB-C seja adotado como padrão em todos os celulares e dispositivos eletrônicos

De acordo com a Comissão Europeia, o objetivo da nova regra seria reduzir o lixo eletrônico e a inconveniência enfrentada pelos consumidores devido aos diferentes carregadores que são utilizados atualmente.

0 Shares:
Você também pode gostar