O recente lançamento de Halo Infinite, um dos games mais aguardados de 2021, acabou perturbando os jogadores antes do que muita gente esperava. Os problemas surgiram há pouco mais de nove dias, seguindo a estreia adiantada de Halo para Xbox e PC, no dia 14 deste mês. Bastou uma semana para os hackers aparecerem. Saiba mais a seguir.

Cross-plataforma: o principal vilão

Uma funcionalidade quase obrigatória para jogos competitivos da atualidade, o cross-plataforma (ou cross-play) significa que é possível ter uma partida compartilhada entre jogadores dos consoles e do PC. O que mais complica é o fato de ser impossível desabilitar tal função nos modos tradicionais.

Aplicação do Reddit.
Não deve demorar muito a chegar de maneira uniforme no game, visto a revolta da comunidade de jogadores nas redes sociais, em especial via Twitter e Reddit.

Apenas quem joga a Arena Ranqueada consegue se safar do cross-play (e, de tabela, dos hackers), uma opção que não deve demorar muito a chegar de maneira uniforme no game, visto a revolta da comunidade de jogadores nas redes sociais, em especial via Twitter e Reddit.

Trapacear é grátis

É uma infeliz tradição, mas os jogos para PC hoje viraram sinônimo de alvo para hackers. Se somarmos isso à facilidade de ter Halo Infinite em mãos – pois ele é free to play (grátis) – fica claro onde mora o principal obstáculo de quem quer se divertir.

Além disso, o anti-cheat não é tão rigoroso como em outros jogos atuais, vide Fortnite e Apex Legends. Tais jogos são alvos de hackers, mas há maiores problemas na atualidade. Dentre os maiores alvos, podemos citar CS:GO, Call of Duty: Warzone e Destiny 2. Nestes dois últimos casos citados, houve um crescente aperfeiçoamento de técnicas de cheat, coisa que não parece parar tão cedo.

A maior vantagem de jogos free to play atuais é a possibilidade de lidar com trapaças a cada “temporada”, intervalo que geralmente dura alguns meses e consiste na renovação de temas/cenário e adição de cosméticos para sustentar o jogo. A cada mudança de temporada, grandes atualizações vêm com melhorias nesse aspecto. Ao que tudo indica, Halo pode tornar-se um destes jogos.

Ao que podemos ver nas redes sociais, isso tem se tornado cada vez mais frequente, em especial neste final de semana. O dia de Ação de Graças foi estragado por trapaceiros, com táticas nada criativas:

Haverá mudança?

Os desenvolvedores da 343 Industries disseram que estão trabalhando para dar todo o suporte aos jogadores frustrados, ainda que mais problemas tenham aparecido nos últimos dias.

Somado aos cheaters, outra grande queixa fica por conta do lento sistema de progresso, além da maneira usual de desbloqueio dos itens cosméticos. Ainda assim, eles não se deixaram abalar: o jogo bateu recorde de jogadores simultâneos, com 250 mil usuários no lançamento e uma média de 140 mil até hoje. 

O modo história, com a campanha principal de Halo Infinite, será lançado em 8 de dezembro para PC, Xbox One e Xbox Series X/S. Diferente do modo free to play do multiplayer, o modo single player só estará gratuito aos assinantes do Game Pass – atualmente a R$ 44,99/mês.

Deixe um comentário
Você também pode gostar