Há algum tempo, a figura da pessoa chefe era onipresente no ambiente de trabalho. Aos poucos, foi-se modelando um estereótipo acerca do que é ser chefe: a presença marcante e autoritária, a formalidade exacerbada, a inflexibilidade… Com toda essa construção de imagem em torno dessa figura — e também por conta da mudança de comportamento do ambiente empresarial —, outros papéis surgiram para contrastar com esse. É o caso de Líderes, por exemplo. Porém, muitas dúvidas podem surgir acerca de qual a diferença entre Chefe e Líder. 

Apesar de ambas serem posições de destaque, elas representam posturas diferentes em relação aos times e equipes que são responsáveis. Assim, é importante refletir se não é mais adequado assumir um papel de liderança ao invés de chefia.

Nesse post, selecionamos todas as informações necessárias para que você não tenha mais dúvidas em relação a ambos os termos. Além disso, trouxemos perguntas exclusivas para você fazer para ter certeza que está desempenhando o papel corretamente. Confira:

Tenha uma ótima leitura!

O que é chefe?

diferença entre chefe e líder

Chefe, de acordo com definições encontradas em dicionários, são pessoas que exercem poder em relação a uma função ou atividade e têm influência dentro de uma empresa. Chefes são responsáveis por dirigir pessoas colaboradoras e garantir que os resultados sejam alcançados. 

A pessoa chefe é uma figura que está mais naturalmente associada a antigas estruturas organizacionais, pautadas em uma hierarquia rígida e inflexível. Esse modelo é muito semelhante a uma escada, em que cada degrau representa uma posição na hierarquia, havendo acesso somente aos adjacentes. Nesse modelo, por exemplo, é a pessoa chefe que é intermediária na relação entre a diretoria e o quadro de pessoas funcionárias, não sendo possível a interação direta entre elas.

Dessa maneira, a pessoa que tem um papel de chefe recebe uma quantidade muito grande de influência e poder em suas mãos, o que pode acabar levando a uma confusão entre os âmbitos pessoal e profissional, exatamente por não haver possibilidade de questionamento em grande parte das vezes.

Quais são as vantagens de adotar um papel de chefe?

Normalmente, as vantagens em ser chefe são exclusivamente pessoais. Isso significa que não existem muitos benefícios para a equipe ou coletivo, apenas para a própria pessoa que se intitula a chefe. Essas vantagens são:

  • Controle absoluto: você é quem toma as decisões e ninguém pode questioná-las.
  • Influência direta: é você quem fornece relatórios. Dessa forma, há o poder de influenciar como cada pessoa colaboradora é vista dentro da empresa pelas pessoas de cargo superior. 
  • Organização própria: normalmente, o chefe tem a liberdade de organizar sua equipe como achar melhor. 

Quais são as limitações de adotar um papel de chefe?

Atualmente, a figura da pessoa chefe não é mais tão popular quanto antigamente. As empresas e organizações estão cada vez mais cientes de que o papel da pessoa chefe não é tão interessante para lidar com as atuais equipes e demandas de trabalho. Os motivos para isso são os seguintes:

  • Muitas vezes, é uma pessoa temida e não respeitada;
  • Pode acabar misturando opiniões profissionais e pessoais por conta da centralização do poder;
  • Muitas boas ideias são perdidas por não haver muita comunicação na gestão;
  • O ambiente de trabalho se torna autoritário e inflexível;
  • A equipe pode se desmotivar com maior facilidade;
  • Grande evasão de pessoas colaboradoras.

O que é líder?

diferença entre chefe e líder

A pessoa que é líder herda a mesma definição de dirigir pessoas em uma empresa e também são figuras com bastante poder e influência. Porém, é adicionado à sua lista de responsabilidades o dever de guiar, motivar e inspirar as pessoas de sua equipe

Uma pessoa líder escuta com atenção todas as pessoas de sua equipe para garantir que todas tenham o que é necessário para conseguir exercer sua função. Depois, ela auxilia cada uma delas a enxergar seu potencial e ajuda a definir metas e objetivos que sejam coerentes. 

A pessoa que é líder sabe se comunicar com assertividade e compreende que precisa ser firme quando necessário, porém sempre partindo de um ponto de vista empático, evitando dessa forma abusos de poder e comunicações que sejam agressivas. 

Quais são as vantagens de adotar um papel de líder?

Muitas organizações compreenderam que é muito mais benéfico para todas as partes investir em lideranças. Afinal, a pessoa que é líder não só é capaz de aumentar a produtividade da equipe num todo, mas ela também fomenta um ambiente de trabalho mais saudável e motivado. Confira algumas das vantagens de ser uma pessoa líder:

  • A pessoa que é Líder implementa valores e fomenta uma cultura dentro da empresa, motivando sua equipe e tornando-a “embaixadora” da marca;
  • Faz com que haja diálogo e possibilidade de contribuição para o crescimento de todas as pessoas;
  • A pessoa que tem experiência em liderança consegue subir de cargo mais rapidamente, recebendo destaque;

Quais são as limitações de adotar um papel de líder?

Há, no entanto, um lado não tão bom em atrair para si toda essa atenção. Uma pessoa que almeja um papel de liderança deve estar sempre ciente que:

  • A pessoa líder será responsável pelas ações de sua equipe, tanto as boas quanto as ruins.
  • Haverá maior cobrança e o peso das responsabilidades será muito maior que de todas as outras pessoas da equipe;
  • Nem sempre é fácil guiar e motivar pessoas;

Quais as 12 principais diferenças entre chefe e líder?

Já conhecemos, no tópico anterior, as características mais gerais e importantes de cada um desses papéis. Agora, vamos compreender definitivamente a diferença entre Chefe e Líder, contrastando as duas funções lado a lado. Confira:

1. Líderes escutam | Chefes falam

Pessoas que ocupam corretamente o papel de liderança compreendem que muitas vezes ouvir é muito mais efetivo do que tentar ser ouvido. Afinal, se as pessoas sentem que suas opiniões estão sendo levadas em consideração, será muito mais fácil compreender os motivos pelos quais a pessoa líder toma determinadas situações. Assim, um bom ou boa líder sempre procura ouvir, e, posteriormente, dar o seu parecer.

Chefes não praticam essa abordagem. O costume de chefes é de dominar a conversação, minando qualquer possibilidade de contribuição que possa vir das pessoas colaboradoras. Por vezes, a pessoa chefe pode até ouvir, mas deixará explícito que a decisão final é sua e deverá ser inquestionavelmente seguido dessa forma. Essa postura pode fazer com que a equipe sinta que suas habilidades e experiências não são válidas, o que leva a desmotivação. 

2. Líderes buscam desenvolvimento da equipe | Chefes buscam desenvolvimento próprio

Alguém que sabe ocupar um papel de liderança entende que o sucesso não vem pelo esforço de apenas uma só pessoa. Isso significa que, para conseguir atingir as metas e objetivos, a pessoa líder precisa garantir que cada pessoa de sua equipe esteja atuando em sua capacidade máxima. Para isso, cada integrante da equipe deverá conhecer seu próprio valor e receber o devido mérito. A pessoa líder ajuda cada integrante a se desenvolver até atingir essa marca. 

No modelo de chefia, a pessoa tomará para si todo o crédito de um projeto ou trabalho bem sucedido, uma vez que essa pessoa não foca na participação individual de cada integrante. A pessoa chefe, normalmente, pensa somente em seu plano de carreira e objetivos pessoais.

3. Líderes aceitam ideias novas | Chefes sabem tudo

Uma parte importante da liderança é saber que sempre há espaço para a evolução e que ninguém sabe tudo. Dessa forma, a pessoa líder cultiva em sua equipe uma cultura de compartilhamento de ideias e experiências, muitas vezes por meio de ferramentas como o brainstorming.

Já a pessoa chefe adotará uma postura de que ela já sabe tudo sobre o que se pode saber sobre o trabalho. Então, sempre tomará as melhores decisões e terá as melhores ideias, não dependendo de nenhuma pessoa da equipe para isso. 

4. Líderes colaboram | Chefes comandam

Apesar da pessoa líder compreender que tem um papel mais decisivo em sua equipe, isso não a isenta de colocar a mão na massa! A pessoa líder trabalha tanto quanto as pessoas colaboradoras, senão mais!

Já a pessoa chefe espera que as pessoas de sua equipe sejam responsáveis por todo o trabalho, estando a seu encargo somente delegar funções e dar ordens. Assim, as pessoas chefes são vistas como autoritárias. 

5. Líderes se preocupam com pessoas | Chefes se preocupam com números

Acima de tudo, as pessoas líderes precisam saber como gerenciar sentimentos e emoções, pois estão lidando diretamente com pessoas. Dessa forma, a pessoa líder entende que, para haver resultados positivos, a equipe toda deve estar se sentindo confortável. Caso isso não aconteça,a pessoa líder escutará atentamente e fará o que estiver ao seu alcance para auxiliar as pessoas integrantes de sua equipe. 

A pessoa que é chefe olhará somente os números dos resultados. Se não estiver satisfeita, não há justificativa que a contemplará. Desse modo, não importa por quais dificuldades as pessoas da equipe estejam passando, a pessoa chefe as cobrará por resultados

6. Líderes encorajam | Chefes criticam

Parte dos deveres da pessoa líder é identificar quais são os pontos positivos e as dificuldades de cada pessoa, ajudando-a a superar-se. Assim, tal papel envolve também encorajar a equipe a ser cada vez mais independente, a tomar decisões, resolver problemas e assumir riscos em prol do desenvolvimento. Isso acontece por meio de feedbacks construtivos.  Essa postura permite que as pessoas também possam desenvolver habilidades necessárias para futuramente ocupar um cargo de liderança. 

Na gestão da chefia, não há muito espaço para o encorajamento e para a compreensão. Assim, se algo não estiver do agrado, a pessoa que é chefe normalmente critica as ações, sem propor alguma mudança ou alteração

7. Líderes encontram espaços para evolução | Chefes desmotivam

Como já abordado um pouco no ponto anterior, as pessoas líderes não se sentem intimidadas pelas outras pessoas da sua equipe, pois compreendem que o crescimento e desenvolvimento profissional de todas as pessoas é algo favorável. Assim, o que estiver ao alcance da pessoa líder para que ela auxilie na evolução e no desenvolvimento de habilidades necessárias, ela o fará, pensando no bem da equipe como um todo. 

Chefes não dão espaço para que as pessoas possam se colocar em posições de decisão ou de resolução de problemas, não permitindo que haja um desenvolvimento de tais habilidades. Assim, as pessoas que trabalham em sua equipe se sentem estagnadas e podem acabar se desmotivando. 

8. Líderes aprendem a ser flexíveis | Chefes apressam

Nem sempre os prazos são adequados ou trabalham com a realidade. Muitas coisas podem acontecer no meio do caminho que evitam que uma tarefa ou serviço seja entregue a tempo. A pessoa líder deve estar preparada para esse contratempo e apresentar flexibilidade para contornar essas situações. As pessoas que fazem parte da equipe de uma boa liderança compreendem a importância da sua função e quais são as consequências de não cumprir com elas no prazo determinado, o que faz com que broncas não sejam necessárias. 

Adicionalmente, a pessoa líder será um pouco mais flexível e, ao invés de cobrar a pessoa, a ajudará a pensar em formas de remediar a situação.

A pessoa chefe não tem interesse normalmente em compreender o motivo pelo qual um trabalho não foi feito no prazo determinado. Caso você não consiga, pode esperar que seu nome seja chamado para uma conversa bem intimidadora com a pessoa chefe. Assim, haverá sempre uma urgência, independentemente da situação e ou se o prazo é cabível ou não.  

9. Líderes empoderam sua equipe |  Chefes microgerenciam

Uma grande diferença entre chefe e líder é a forma como a autonomia é enxergada dentro da organização. A pessoa líder enxerga a autonomia com bons olhos e facilita processos, confiando que sua equipe tomará decisões razoáveis e coerentes mesmo quando não está presente. Assim, a autonomia é exercitada e todas as pessoas compreendem seu valor. 

Na gestão da pessoa chefe, a autonomia não é permitida. A pessoa chefe não confia no potencial das pessoas e não acredita que elas saberão tomar as melhores decisões. Dessa forma, a pessoa chefe sempre está de olho em tudo, pronta para corrigir, até mesmo quando não há necessidade. 

10. Líderes compreendem o espírito de uma regra | Chefes seguem regras à risca

De fato, regras são regras. Se elas existem dentro de uma companhia, elas devem ser seguidas. Entretanto, muitas regras são pensadas dentro de um determinado contexto específico, e sua extensão para algumas situações poderá trazer mais desconforto do que de fato assegurar o bom funcionamento da instituição. Assim, a pessoa líder saberá o motivo pelo qual uma regra existe, aplicando sua essência com sabedoria.

A pessoa chefe não tem interesse em se esforçar para compreender a regra. Não há questionamento, tudo que for regra deverá ser cumprido e ponto final. Porém, às vezes isso acaba por parecer uma implicação desnecessária.

Um exemplo dessa situação é uma organização que não permite um certo tipo de vestimenta. Entretanto, pode ser que uma pessoa colaboradora tenha alguma dificuldade na mobilidade ou apresente alguma deficiência que a impeça de seguir à risca as regras de vestimenta da empresa. 

A pessoa líder intermediaria uma discussão entre outras áreas e explicaria para as demais pessoas a importância da regra em si e porque está abrindo uma exceção. A pessoa chefe não se preocuparia com isso, deixando bem explícito que regras são regras. 

11. Líderes inovam | Chefes estagnam

Uma das características mais importantes de líderes é sua capacidade de conseguir enxergar oportunidades. Assim, a pessoa que é líder tem uma visão aberta para a inovação e apresentarão mudanças e sugestões sempre que possível. Elas fazem isso pois enxergam seu cargo e sua função como uma engrenagem parte de algo maior, que possibilita toda a movimentação de uma organização. 

Chefes enxergam seu trabalho como um fardo que precisam carregar. Geralmente, essas pessoas não têm muita perspectiva de futuro pois não nutrem um sentimento de pertencimento. Assim, não há interesse em contribuir para o crescimento de sua empresa. Isso faz com que seu ambiente de trabalho e sua equipe sejam exatamente iguais por diversos anos, sem apresentar melhorias ou inovações. 

12. Líderes assumem e compreendem a culpa | Chefes culpam outras pessoas

Como já dissemos em um dos tópicos anteriores, quando há resultados positivos a pessoa na liderança compartilha o mérito com sua equipe e a chefe compreende que aquilo é fruto exclusivamente de seu esforço em delegar funções. Porém, quando algo não sai como planejado, a pessoa chefe é a primeira a responsabilizar as pessoas de sua equipe pelo erro. Dificilmente você escutará uma pessoa chefe dizendo que algo foi culpa sua, provavelmente ela atribuiria a culpa à incapacidade de sua equipe em seguir ordens.

A pessoa líder compreenderá que o erro partiu de uma brecha que ela mesmo deixou existir. Assim, ela se responsabilizará por ter deixado o erro acontecer e por não ter previsto isso. Dessa forma, ela não culpará as pessoas de sua equipe pelos erros e assumirá toda a responsabilidade por qualquer eventualidade que possa ocorrer e suas consequências. 

EM RESUMO:

DIFERENÇA ENTRE CHEFE E LÍDER

LÍDERCHEFE
Escuta ativamente e depois fala;Não deixa espaço para outras pessoas falarem;
Busca o desenvolvimento da equipe como um todo;Pensa somente em benefício próprio;
Sabem que não sabem tudo e aceitam ideias de pessoas colaboradoras;Acreditam que já sabem tudo o quanto poderiam saber e não acatam ideias de pessoas da equipe;
Colocam a mão na massa;Acreditam que sua função é somente delegar e comandar;
Lidam com pessoas;Lidam com números;
Encorajam e auxiliam com feedbacks construtivos;Corrijem por meio de críticas e broncas;
Buscam auxiliar a equipe no desenvolvimento próprio e na evolução;Não dão espaço para a evolução da equipe;
Procuram ser flexíveis;Querem resultados independentemente da situação;
Acredita na autonomia da equipe;Não confia no trabalho de sua equipe;
Flexibilizam as regras para garantir que sua essência seja seguida;Seguem as regras à risca, independentemente da situação;
Procuram inovar;Vivem em uma estado constante de estagnação;
Assumem e compreendem a culpa;Apontam outras pessoas como culpadas de erros resultados de sua má gestão;

Você é mais chefe ou líder? Responda a essas perguntas e descubra!

A esse ponto, você já tem tudo o que é necessário para saber a diferença entre chefe e líder. Mas, e suas ações, você saberia reconhecer a que categoria elas pertencem? Preparamos um teste para ajudar você a compreender melhor se seus posicionamentos são mais voltados para a chefia ou a liderança. Responda honestamente a cada questão: 

1. Sua equipe está trabalhando em um novo projeto com um cronograma apertado. Você já tem algumas ideias de como fazer para cumprir com o prazo. Você:

a. Garante que todas as pessoas da sua equipe dêem sugestões e apresenta a sua ao final, deixando que a decisão final seja coletiva.

b. Não perde tempo e já explica para todas as pessoas da equipe o seu plano.

2. Você finalmente conseguiu o cargo que queria depois de muito tempo! Agora que você alcançou seu emprego dos sonhos você:

a. Já começa a estudar e se planejar para alcançar posições ainda maiores, pensando em cursos e especializações que pode fazer;

b. Aproveita e relaxa! Afinal, você já cumpriu com seu objetivo mesmo!

3. Uma das pessoas da sua equipe faltou de novo, alegando estar doente. Porém, você sabe que não é verdade. O que você faz?

a. Chama a pessoa para conversar e delicadamente pergunta se ela precisa de alguma coisa. Tenta compreender os motivos pelos quais a pessoa não está tão motivada a ir para o trabalho e oferece ajuda.

b. Diz para a pessoa que muitas pessoas estariam interessadas na posição dela, e, caso ela continue a faltar, teria que ser substituída. 

4. Ultimamente, você percebeu que a produtividade da sua equipe caiu um pouco. Está todo mundo cansado e há muitos conflitos. O que você pode fazer?

a. Convidar sua equipe para um dia de descontração utilizando uma dinâmica em grupo. Ao final, você elogia e reconhece todas as habilidades que cada pessoa demonstrou ter e propõe formas de desenvolvê-las. 

b. Avisa que, se a produtividade continuar caindo, provavelmente algumas pessoas terão que ser despedidas. Promete um aumento para a pessoa que se esforçar mais.

5. Uma equipe foi atribuída a você recentemente. Porém, nessa equipe, encontram- se pessoas muito qualificadas e competentes, algumas inclusive mais do que você. Nesse caso, você:

a. Se esforça ainda mais para garantir que os seus padrões de trabalho sejam equivalentes aos da equipe.

b. Não se preocupa, afinal, você é líder por algum motivo e aquelas pessoas não. 

6. Qual das seguintes afirmações se aplica mais a você?

a. Eu costumo ouvir atentamente e depois falar.

b. Eu costumo falar mais do que ouvir.

Caso você tenha marcado mais vezes a alternativa “a”, você tem uma inclinação para ser uma pessoa com uma forte liderança. Caso a alternativa mais marcada seja a “b”, seus comportamentos são mais associados ao papel de chefes. 

Como se tornar um bom líder? 6 Dicas!

Até aqui entendemos a diferença entre chefe e líder, certo? Agora, decidiu que você quer se destacar e assumir um papel de liderança? Então, vamos deixar aqui 8 dicas imperdíveis para que você seja uma pessoa líder muito consistente e assertiva em seu papel! Confira:

1. Escute!

Já ficou evidente neste artigo, pela quantidade de vezes que abordamos esse tema, a importância de se escutar as pessoas em um papel de liderança. Dessa forma, a primeira dica não poderia ser outra! Garanta que você está ouvindo ativamente cada uma das pessoas que estão na sua equipe

Porém, somente não ouvir não resulta em nada! Você terá que escutar e decidir quais são as melhores providências a serem tomadas em relação ao que está sendo dito. Então, não só finja que está escutando, mas reflita de fato sobre o que estão falando.

2. Pratique a Empatia

A empatia é a habilidade de se colocar no lugar de outras pessoas e compreendê-las como se a situação fosse sua. Assim, seja uma pessoa compreensiva e flexível. Porém, isso não significa que você não deva ter firmeza na hora de tomar decisões!

3. Se coloque como exemplo

Ao invés de apontar pessoas como exemplo, seja você uma pessoa modelo para que a sua equipe possa se espelhar. Dessa forma, você estará ativamente desempenhando um papel de destaque positivo. 

4. Seja sempre uma pessoa sincera e transparente

Sempre compartilhe suas expectativas para o trabalho das outras pessoas de maneira sincera e transparente, tentando ao máximo manter a empatia nas palavras. É importante para sua equipe ouvir com atenção o que você espera delas, para que nada fique ambíguo ou confuso.

5. Aprenda a lidar com o fracasso

Nem sempre sua equipe ou você vão acertar. Desse modo, saber exatamente como lidar com situações de fracasso fará com que você tenha inteligência emocional o suficiente para dar a volta por cima e motivar sua equipe a não desistir

6. Não pare de estudar

Como já dissemos anteriormente, uma pessoa na liderança sempre está de olho em possibilidades para inovar. Portanto, desenvolva-se sempre, estudando quando possível. Quanto mais áreas diferentes e interdisciplinares você se identificar e estudar, maior será seu campo de visão para enxergar possibilidades. 

Quais são as competências necessárias para ser líder?

Muitas competências contribuem para a diferença entre chefe e líder. Algumas das mais importantes para pessoas que almejam a liderança são:

Como vimos, a diferença entre chefe e líder é evidente. Ela nos mostra que houve uma mudança em como as empresas e organizações enxergam que uma gestão deva ser. Desse modo, o papel de chefe já não mais cabe em todas as empresas e se torna um pouco limitado para quem almeja uma carreira de sucesso. A liderança é fundamental para o desenvolvimento saudável de uma equipe dentro de uma organização, que reflete em sua produtividade no todo. 

Aprendemos bastante sobre a diferença entre chefe e líder nesse texto. Porém, você sabia que uma pessoa líder ainda pode ser Coach? Confira aqui o que é e os benefícios do Líder Coach!

Deixe um comentário
Você também pode gostar