Tornou-se cada vez mais comum o surgimento de empresas que utilizam inovação e tecnologia para solucionar problemas. Com isso, a busca por uma vaga em startups também tem crescido e se tornando um objetivo para muitos.

Com características de trabalho e de modelo de negócio bastante diferentes das empresas tradicionais, as startups se diferenciam por sua cultura, estratégia de crescimento e ambiente de trabalho.

Contaremos agora porquê trabalhar em startup pode ser interessante, falamos das principais características do trabalho. Explicaremos as principais competências que você deve ter para trabalhar em uma e também contamos algumas das vantagens de trabalhar em startups. Confira as informações abaixo:

Boa leitura!

Entenda porquê trabalhar em startup pode ser interessante

As startups se tornaram conhecidas recentemente devido ao seu modelo de negócio ágil e focado na inovação — e também por seu rápido crescimento, que chama a atenção dos investidores e dos profissionais das mais diversas áreas.

O trabalho em uma startup é caracterizado pela atuação de pessoas que buscam soluções para problemas e demandas de mercado que muitas vezes ainda não são atendidas, mas que geram grande impacto quando solucionadas.

Esse ambiente, que utiliza fortemente os recursos digitais, é uma excelente opção para os profissionais que desejam desenvolver competências de gestão, liderança e desenvolvimento profissional. Além daqueles que também buscam por desenvolvimento acelerado e resultados de curto a médio prazo.

Conheça as principais características de uma startup

Para entender como é trabalhar em startup, é fundamental saber quais são as principais características desse tipo de empresa.

Muitas pessoas ainda associam as startups a mesas de sinuca e cerveja após o expediente de trabalho. Ainda assim, essa é uma visão reduzida em relação à realidade desses ambientes, que é marcado pela quebra de padrões das empresas convencionais.

Elementos como flexibilidade de trabalho, hierarquia de gestão menos rígida e contato mais próximo dos colaboradores com os gestores são características marcantes desse tipo de empresa e se destacam no mercado.

Listamos abaixo algumas das características mais comuns dentro de uma startup, mas vale dizer que cada empresa possui seus hábitos, regras e estruturas. Confira!

Flexibilidade

Um dos pontos mais marcantes de trabalhar em startup é a flexibilidade. Como o trabalho é caracterizado pelo uso de tecnologia e também pela inovação e disruptura com modelos tradicionais, as startups costumam ser mais flexíveis do que as empresas de outros segmentos em elementos como horário de expediente, uso de uniforme e até mesmo na adoção do trabalho remoto em parte ou na totalidade da carga horária do profissional.

Isso se deve ao fato de que, nas startups, o foco das equipes está nos resultados, que são acompanhados por métricas específicas de desempenho. Com isso, o trabalho é menos orientado a horários e mais a ações concretas dentro das rotinas de cada equipe.

Ambiente de trabalho mais descontraído

Como as startups costumam ser empresas de crescimento acelerado, que visam solucionar problemas e que prezam pela agilidade, a grande maioria conta com um ambiente de trabalho mais informal que as empresas tradicionais.

Além disso, também se destaca a ausência de uniforme ou de determinado traje, a possibilidade de levar um animal de estimação para o trabalho e até mesmo em cozinhas equipadas para reuniões rápidas ou para o happy hour.

Horizontalidade de gestão

Também é característico das startups que a gestão do negócio seja mais horizontalizada. Isso significa que o contato entre gestores e colaboradores é menos formal e mais colaborativo, permitindo assim que membros de diferentes departamentos conheçam e participem das decisões estratégicas.

Contato próximo com o time

Em geral, as startups são empresas que começam pequenas e com times enxutos. Com isso, é comum que profissionais de diferentes áreas atuem no mesmo ambiente. Sendo assim, isso acaba por se traduzir em escritórios mais abertos, com menos divisões entre os departamentos. Além de equipes diferentes, como TI e marketing, por exemplo, trabalhando em uma mesma sala. Isso inclusive favorece um contato mais próximo entre o time e a direção da empresa.

Multi e interdisciplinariedade

Como citamos anteriormente, é interessante destacar que as startups também privilegiam a multi e a interdisciplinaridade. Isso significa que os profissionais geralmente atuam em mais de uma área e fazem parte de projetos de outros departamentos, visando a integração do time e o desenvolvimento de estratégias conjuntas.

Veja quais as principais competências necessárias para trabalhar em startup

Para trabalhar em startup, é necessário avaliar algumas das competências consideradas fundamentais para esse tipo de ambiente e também compreender se elas fazem sentido com seu perfil profissional.

Listamos abaixo algumas das características mais destacadas pelos gestores e profissionais que atuam em startups como fundamentais para que o profissional se adapte ao ambiente e obtenha resultados de excelência. Confira:

  • independência e autogestão profissional;
  • capacidade de inovação;
  • capacidade comunicativa e de interação social;
  • postura ativa perante desafios;
  • habilidades de liderança e desenvolvimento profissional.

Saiba quais as vantagens de trabalhar em uma startup

Agora que você entendeu como funciona o trabalho em uma startup e conheceu algumas das características e habilidades necessárias para trabalhar nesse tipo de empresa, é importante saber também quais as principais vantagens de atuar em startup. Veja a lista dos pontos positivos que preparamos abaixo:

  • reconhecimento profissional;
  • diversidade de experiências de trabalho;
  • flexibilidade de horários;
  • crescimento rápido dentro da empresa;
  • desenvolvimento profissional acelerado.

Veja como escolher uma startup que combine com seu perfil

Chegou a hora de entender como escolher a startup que mais combina com seu perfil e habilidades. Listamos algumas dicas para isso:

  • escolha sua área de atuação: primeiro é interessante definir em qual área você deseja atuar. Isso significa entender se deseja lidar diretamente com o público, ou prefere atuar no atendimento a outras empresas ou um misto entre ambos;
  • escolha seu local de trabalho: também é interessante escolher a região ou mesmo a cidade em que você deseja trabalhar. Cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis possuem cenários consolidados de startups;
  • escolha o estágio de desenvolvimento da startup: vale também escolher se você se sente mais confortável trabalhando em uma startup em seu estágio inicial ou se prefere empresas que estejam mais consolidadas;
  • escolha a startup que deseja trabalhar: por último é interessante avaliar as opções que fazem sentido para o seu perfil e escolher aquelas que melhor se encaixam em seus objetivos pessoais e profissionais.

Como você pode perceber, trabalhar em startup envolve uma série de fatores e decisões que você deve levar em consideração. Entretanto, essa também é uma excelente oportunidade para o crescimento profissional e pessoal, já que permite exercitar capacidades e habilidades de gestão de tarefas, gerenciamento de tempo e organização profissional.

Além disso, existem startups nas mais diversas áreas de atuação, segmentos e focos de trabalho. Sendo assim, isso permite que você encontre a empresa mais adequada aos valores e objetivos que você possui e também que contribuirá para seu crescimento.

O que você achou de entender mais sobre como é trabalhar em uma startup? Se você gostou desse conteúdo e deseja acompanhar as atualizações, não deixe de conferir nossas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Twitter.

0 Shares:
Você também pode gostar