O WhatsApp implementou sua função de pagamentos há poucos meses. Agora, mais uma marca do Meta fará o mesmo. Como informa a recente publicação, a nova função de “dividir pagamentos” permitirá aos usuários do Messenger o compartilhamento de despesas única e exclusivamente pelo app

Sem custo adicional aos usuários, a funcionalidade Split Payment é introduzida com foco em sua rapidez e praticidade. Entenda a seguir como isso funcionará.

Como o Split Payment funcionará nos EUA?

Para usar o Split Payment será necessário clicar em um botão de “Iniciar” em um chat de grupo, ou ir ao Hub de Pagamentos pelo Messenger. A partir disso, um valor estipulado por você pode ser dividido em partes iguais, ou com  fatias variáveis que vocês julgarem ser algo mais justo. 

Outra opção será isentar-se dessa divisão, deixando a conta para os outros. Uma adição amigável é poder introduzir uma mensagem personalizada aos membros – agradecendo pela pizza que eles pagaram, por exemplo.

A última etapa será a confirmação de pagamento via conta do Facebook Pay (uma conexão já existente, nos créditos internos da rede social). Por fim, sua requisição será enviada e visível pelo feed da conversa.

Como eles próprios explanam na publicação, isso pode funcionar a curto e longo prazo: “se você tem dificuldade em dividir contas (e receber dinheiro) de jantares em grupo, despesas domésticas ou até mesmo o aluguel, isso está prestes a ser tornar mais fácil”. 

Investida no Facebook Pay 

O Meta não quer esconde que, além de realidade virtual, sua aposta para os próximos meses estará no Facebook Pay. Inaugurado em 2019, esta foi uma maneira de estabelecer uma uniformidade do sistema dentro dos apps da marca, não somente de pessoa para pessoa, mas para e-commerce também.  

Nada surpreende sabermos que o Split Payment chega como uma adição ao recém-lançado método de pagamentos pelo Messenger, pois em junho de 2021, eles inauguraram a função de transferência com leitura de QR Codes – uma transferência via Facebook Pay.

Print da aplicação do Facebook Play.
Em junho de 2021 foi inaugurada a função de transferência com leitura de QR Codes – uma transferência via Facebook Pay.

Com isso, qualquer americano pode pedir ou enviar dinheiro pelo aplicativo, inclusive de quem você não tiver adicionado à sua lista de amigos no Facebook. Lá, o Facebook Pay fica discreto, na aba de Opções do Messenger. No site deles, há a informação que, de fato, isso não está disponível para os usuários brasileiros.

Querendo ou não, o Messenger chega atrasado na corrida de apps de pagamento, pois a maioria dos americanos já utiliza os fortes concorrentes Cash App, Apple Cash e Venmo. Tal qual qualquer novo aplicativo que chegue ao abundante mercado atual, encontrar um espaço para se sobressair será o maior obstáculo.  

Buscando o sucesso, o Split Payment irá ao ar no dia 06 de dezembro para usuários do Messenger nos Estados Unidos. Ainda não há previsão de a função chegar ao app brasileiro.

Além desta novidade, o Facebook lançou uma série de atualizações ao Messenger, como efeitos de realidade aumentada criados pelos influenciadores Emma Chamberlain, Zach King, Bella Poarch e King Bach. Além disso, há dois Soudmojis (sim, são emojis com som) inspirados em Stranger Things, série de sucesso da Netflix.

Deixe um comentário
Você também pode gostar