A Samsung anunciou um novo acordo para vender equipamentos para a rede 5G da Dish, fornecedora de serviços de transmissão por satélite, nos Estados Unidos. O contrato, com duração de anos, representa um dos maiores já assinados pela sul-coreana no setor desde a parceria com a Verizon, anunciada em 2020. 

Agora, a colaboração com a Dish, fortalece a posição da Samsung como concorrente de peso para as principais fornecedoras de equipamentos de telecomunicações, como Nokia e Ericsson, que já se viram ameaçadas com o acordo de US$ 6,6 bilhões da Verizon. 

De acordo com a gigante de tecnologia sul-coreana, a parceria recente também atinge a casa dos bilhões, e os planos são entregar os primeiros produtos à Dish ainda este ano. 

Atualmente, a empresa norte-americana de serviços de transmissão por satélite já conta com a taiwanesa Microelectronics Technology Inc e a japonesa Fujitsu como fornecedoras para o seu 5G.

Pessoa com aparelho celular nas mãos.
O acordo entre Samsung e Dish representa os passos iniciais para a norte-americana investir na nova geração de redes móveis.

A ideia da Dish é construir uma rede 5G utilizando as tecnologias mais recentes, com a promessa de oferecer novos serviços e reduzir custos. Para isso, já foram firmadas parcerias com grandes nomes do mercado, como a Amazon e Intel, além de outros menos expressivos, como Altiostar e Mavenir.

Lançamento comercial

O acordo entre Samsung e Dish representa os passos iniciais para a norte-americana investir na nova geração de redes móveis, uma vez que a empresa ainda não lançou nenhuma rede comercial.

A Dish afirmou a reguladores que pretende atender a 20% da população dos Estados Unidos até junho deste ano, enquanto que pelo menos 70% da população terá acesso aos serviços 5G da companhia até meados de 2023. 

Segundo a empresa, tudo está caminhando conforme o planejado para que o objetivo de atender 20% da população, estabelecido para junho, seja atingido. Alguns usuários beta já estão testando a rede, sendo que a Dish deve anunciar o lançamento comercial nas próximas semanas.

A companhia ainda cita a liderança da Samsung na indústria de vRAN e O-RAN, que deverá contribuir com os planos da Dish de oferecer serviços 5G abertos, interoperáveis e baseados na nuvem a consumidores e corporações nos Estados Unidos.

O acordo entre as duas empresas prevê o fornecimento, por parte da Samsung, de soluções 5G e RAN, software vRAN e unidades de rádio O-RAN. 

A Dish já realiza testes da sua rede 5G em aparelhos Galaxy S22 e planeja continuar utilizando telefones da Samsung como uma plataforma de referência durante o processo de implantação da nova rede. 

Cadeias de fornecimento

Enquanto construía a sua infraestrutura de rede em dezenas de cidades nos EUA, a Dish encontrou o mesmo problema com as cadeias de fornecimento enfrentado por empresas de telecomunicações e de outros setores ao redor do mundo. 

Desde 2020, as limitações das cadeias de fornecimento têm representado um grande desafio ao mercado devido à pandemia de Covid-19, e a previsão é que o cenário ainda se mantenha pelos próximos meses. 

Ainda assim, a Dish garante que já conta com os componentes necessários para cumprir a meta estabelecida para junho deste ano.

You May Also Like