Na última segunda-feira (13), foi anunciado que a Nike adquiriu a RTFKT, empresa que produz tênis digitais. A informação vem como forma de comprovar o investimento da fabricante de artigos esportivos nesta nova realidade financeira: o metaverso.

O comunicado foi ao ar no site Nike News, com uma fala de John Donahoe, CEO da Nike: “esta aquisição é mais um passo que acelera a transformação digital da Nike e nos permite servir atletas e criadores na interseção de esporte, criatividade, jogos e cultura”.

Donahoe prossegue, afirmando que a equipe da RTFKT é “muito talentosa com uma marca autêntica e conectada”. O plano da empresa é investir na marca RTFKT, como forma de expandir a “comunidade inovadora e criativa”, estendendo as capacidades da Nike. 

Os artigos são uma soma ao que vemos com a realidade (no mundo não-virtual) dos sneakerheads: o colecionismo surge por pura ostentação, da mesma forma que agora isso acontecerá dentro do metaverso com NFTs de calçados.

Tecnologia, colecionismo e negócios

Deste 2018, a Nike fez seis aquisições, voltada mais ao varejo e em áreas de tecnologia, com machine learning, análise preditiva e compras digitais. Isso faz parte do projeto atual da empresa, denominado Consumer Direct Acceleration (em português, “aceleração direta do consumidor”), tratando de vendas digitais e diretas.

Como informa o TechCrunch, o cofundador da RTFKT Benoit Pagotto conta que esta é uma “oportunidade única de construir a marca” e eles estão entusiasmados em “beneficiar da força e experiência fundamentais da Nike para construir as comunidades” que amam.

Em fevereiro de 2021, a RTFKT fez uma colaboração com FEWOCiOUS, artista adolescente, para vender tênis reais em paralelo a modelos virtuais. Eles foram capazes de vender 600 pares em apenas seis minutos, gerando mais de 3,1 milhões de dólares na época. Destes, houve certa desvalorização no mercado de revenda, mas isso pode mudar com a nova investida da Nike.

Por contexto, o RTFKT Studios é uma empresa que surgiu há pouco mais de um ano, atualmente com 15 funcionários. Estima-se que tenham arrecadado algo em torno de 10 milhões de dólares (R$ 54 milhões) somente em investidores, sendo avaliada em US$ 33 milhões em maio deste ano. 

Logo da empresa Nike.
A Nike já criou a “experiência” Nikeland e um showroom virtual dentro do jogo Roblox.

Dentre projetos anteriores em destaque, a RTFKT fez uma colaboração com designer de tênis Jeff Staple (da Nike) e também com o artista japonês Takashi Murakami – neste segundo caso, conseguindo gerar R$ 370 milhões em menos de três semanas.

Além da Nike, há poucas semanas soube-se que a Adidas fez uma parceria com o Bored Ape Yacht Club. Eles também têm uma nova parceria com a Coinbase. Em paralelo, o RTFKT também colaborou com outros criadores para projetar sapatos em outros projetos de NFT, incluindo CryptoPunks e os Bored Apes.

Fora do metaverso, a Nike já criou a “experiência” Nikeland e um showroom virtual dentro do jogo Roblox. Antes, os tênis da linha Jordan colaboraram em 2019 com o Fortnite, em uma parceria que dura até hoje.

A Nike também registrou várias marcas comerciais e patentes no Escritório de Marcas e Patentes dos EUA para que seu logotipo seja usado na forma de calçados virtuais, roupas, chapéus e outros produtos e itens de vestuário.

Deixe um comentário
Você também pode gostar