O Facebook e alguns de seus aplicativos, incluindo Instagram e WhatsApp, ficaram fora do ar ao longo da segunda-feira (dia 4 de outubro). De acordo com a empresa, foi uma das falhas mais prolongadas já enfrentadas pelas plataformas.

Assim que os serviços ficaram fora do ar, milhares de usuários recorreram ao Twitter e outras plataformas de mídia social para buscar respostas sobre o que estava ocorrendo.

Após cerca de 6 horas de pane global, WhatsApp, Instagram e Facebook começaram a retomar o funcionamento em uma das falhas mais prolongadas já enfrentadas pelas plataformas.

Ataque hacker descartado

Dois membros da equipe de segurança do Facebook, que falaram sob condição de anonimato ao New York Times, disseram ser improvável que um ataque hacker tenha causado os problemas. 

Segundo eles, a tecnologia por trás dos três aplicativos ainda é diferente o suficiente para que um ataque hacker não afete todos eles de uma vez.

Curiosamente, em meio a pane mundial das três plataformas, o site de segurança Privacy Affairs confirmou a informação de que dados de 1,5 bilhão de usuários estávam à venda em fórum hacker dark web.

Diretor de Tecnologia do Facebook fala em problema de ‘rede”

ilustração de binóculo com o logo do facebook na lente
Fontes da empresa negaram que a empresa tenha sofrido um ataque hacker

A companhia vem tentando integrar a infraestrutura técnica subjacente do Facebook, WhatsApp e Instagram há vários anos. No entanto, apesar de ser comum as interrupções em alguns dos aplicativos, todos eles caindo ao mesmo tempo é raro.

Em uma série de tweets, John Graham-Cumming, diretor de tecnologia da Cloudflare, uma empresa de infraestrutura web, disse que o problema provavelmente estava nos servidores do Facebook, que não permitiam que as pessoas se conectassem a seus sites como Instagram e WhatsApp.

Durante a crise, a primeira declaração oficial do Facebook foi feita pelo Andy Stone, porta-voz da companhia. Segundo ele, a empresa estava trabalhando para voltar com os serviços o mais breve possível.

Logo depois, o diretor de Tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, se limitou dizendo que a empresa estava tendo problemas de rede.

Zuckerberg perde US$ 6 bilhões em um dia

Com queda das ações do Facebook, Mark Zuckerberg perdeu quase US$ 6 bilhões em um dia e deixou de ser o quarto mais rico do mundo.

Em um pronunciamento no final da noite, o fundador do Facebook pediu desculpas, principalmente aos usuários que dependem das plataformas para trabalhar e fazer negócios.

Deixe um comentário
Você também pode gostar