Você já conhece o conceito de “Letramento digital”? Nos dias de hoje, vivemos a inserção na vida adulta e no mercado de trabalho da Geração Z, conhecida por ser digitalmente nativa por já nascer em um mundo conectado pela internet e guiado por dispositivos móveis e redes sociais. Entretanto, apesar da aparente facilidade em lidar com toda essa tecnologia, será que essa geração tem consciência da responsabilidade e das consequências que o uso dessa traz? 

Para uma pessoa ser capaz de ser letrada nesse ambiente digital cheio de estímulos e possibilidades intermináveis, ela precisa ter consciência de valores, desenvolver pensamento crítico e saber lidar com informações na era digital

Com a recente onda de migração para o ambiente virtual, essa tem sido uma questão cada vez mais recorrente, pois tem demonstrado que há uma quantidade de pessoas que não têm essa competência e que acabam em desvantagem quando precisam acessar serviços públicos, contas em bancos e outras funcionalidades, acabando por perder, inclusive, muitas oportunidades. 

Será que você é uma pessoa que tem plena consciência de como usar a tecnologia atual, podendo ser considerada parte da pequena parcela que apresenta o letramento digital como competência? Para saber mais sobre isso, confira o conteúdo que preparamos para você:

Boa leitura, e vamos lá!

O que é Letramento Digital?

Letramento digital não é somente o nome dado para alguém que é capaz de utilizar novas tecnologias a seu favor. Significa ter as habilidades necessárias para sobreviver, aprender e viver em uma sociedade cujo acesso e compartilhamento de informação é constante graças à tecnologias digitais. Dessa forma, parte do princípio do letramento digital saber o que fazer quando há confronto com tantas informações, que inclui saber pesquisar, avaliar, aplicar, produzir e distinguir o que é relevante ou não. 

Originalmente, o termo “letramento” envolve habilidades que são capazes de fazer com que uma pessoa consiga se expressar com qualidade, interagindo em sociedade de uma forma plena e efetiva, como pensamento crítico, audição, conversação, leitura e escrita. Para o letramento digital, essa base também é necessária, porém há uma ampliação das competências necessárias.

O letramento digital pode ser classificado a partir de três elementos principais, que são Usar, Entender e Criar. Vamos entendê-los melhor:  

Usar

Representa a capacidade técnica necessária para interagir com computadores e com a internet. Isso inclui saber executar programas, utilizar processadores de palavras, navegadores web, email e ferramentas comunicativas online. Também pode incluir conhecimentos mais técnicos como saber utilizar mecanismos de busca, banco de dados e novas tecnologias como cloud computing. 

Entender

Esse elemento envolve compreender, contextualizar e avaliar criticamente se um dado, fato, opinião, informação ou mídia digital é relevante, havendo a capacidade de tomar decisões conscientes acerca do que se faz online e suas consequências. Além disso, inclui reconhecer como a tecnologia afeta nossa percepção e comportamentos, interferindo em nossas crenças e opiniões. 

Criar

Representa a habilidade de produzir e criar conteúdo que seja relevante e efetivo, utilizando as diversas ferramentas disponíveis. Esse elemento vai além de apenas saber confeccionar um email ou utilizar um editor de texto, refere-se a capacidade de saber adaptar-se para um público diverso e audiências distintas. Envolve a criação de imagens, vídeos, sons, memes, além da interação com outras pessoas usuárias online nas mais diversas plataformas, agregando conhecimento e conteúdo. 

diferentes dispositivos letramento digital
O letramento digital envolve o manuseio de diferentes tipos de dispositivos com acesso à rede.

O que é ser um “Cidadão Digital”?

“Cidadão Digital” tem praticamente a mesma definição cívica tradicional, mas, dessa vez, considerando que a vida e o uso das formas digitais são uma parte vital da convivência em sociedade. Dessa forma, uma pessoa “cidadã digital” é aquela que compreende seu papel enquanto usuária de uma rede composta por pessoas, o que faz com que ela tenha direitos mas também deveres e responsabilidades. Assim, há regras e normas de convivência que devem ser levadas em consideração; 

Com redes sociais dominando e invadindo outras esferas da sociedade, tornando-se campos de discussão política e posicionamento ideológico, é essencial que todas as pessoas que utilizem essas tecnologias estejam preparadas para analisar essas informações criticamente, para conseguir contribuir de maneira efetiva. Assim, ser uma pessoa cidadã digital envolve conhecimentos de letramento digital e midiático, que ajudam a exercer nossos direitos e nossa cidadania enquanto ocupantes de um ambiente digital. 

“Ler online” é considerado letramento digital?

Uma das definições de letramento digital é relacionada à prática de produção textual e leitura em plataformas que sejam digitalizadas, suportadas por aparelhos e dispositivos móveis. Apesar disso também ser uma realidade, não é só isso que faz com que uma pessoa seja letrada digitalmente. 

Em síntese, ler online documentos como ebooks e PDFs não faz com que você seja uma pessoa com total capacidade de letramento digital. Habilidades de letramento digital vão além da capacidade de ler utilizando uma tela, apesar de que essa prática pode ajudar sim no desenvolvimento dela. 

Letramento digital é a mesma coisa que alfabetização digital?

Não, letramento digital e alfabetização digital são termos distintos! Apesar de ambos designarem pessoas que têm capacidade de utilizar os serviços e funcionalidades digitais disponíveis, o grau de conhecimento delas é distinto. Para saber melhor a diferença entre eles, confira a tabela abaixo, explicitando a diferença entre uma pessoa que é letrada e uma que é apenas alfabetizada digitalmente:

LETRAMENTO DIGITALALFABETIZAÇÃO DIGITAL
Utiliza os recursos disponíveis digitalmente de uma forma mais ampla e segura, aproveitando a máxima capacidade de todos os recursos. Utiliza os recursos digitais de forma rasa e limitada sem apresentar evidências de que compreende como elas funcionam;
Comete erros com menor frequência. Quando os comete, aprende com eles para que não volte a repeti-los. Comete erros no ambiente digital com frequência sem saber que o faz;
Conhece os riscos de expor-se demasiadamente e também sabe sobre quais dados estão disponíveis em cada rede ou aplicação. Compreende a política de utilização de dados das empresas. Expõe-se em excesso;
Escolhe de quais fontes quer receber notícias e sabe selecionar as que são relevantes e verdadeiras. Não tem discernimento sobre como utilizar de maneira adequada as ferramentas disponíveis
Personaliza seu acesso à navegadores, sabe como realizar uma busca efetiva para encontrar os resultados mais relevantes. Sabe acessar a internet, navegadores, buscar em mecanismos de pesquisa e utiliza suas aplicações favoritas. 

O que é inclusão digital e como se relaciona com o letramento digital?

Inclusão digital é a ideia de que todas as pessoas devem ter garantidos como direito o acesso à internet e às tecnologias de informação e comunicação, independentemente de faixa etária e posição socioeconômica. 

Assim, o letramento digital deve ser colocado como um direito reservado à inclusão digital. Afinal, não é necessário somente dar acesso à essas pessoas que ainda não estão incluídas nessa nova modalidade, mas também garantir que elas serão capazes de fazer o melhor uso possível delas. 

Desse modo, o letramento digital deve ser levado em consideração sempre que o tópico de inclusão digital estiver em pauta. 

Qual a importância do Letramento Digital?

O Letramento Digital é importante pois ele institui uma série de boas práticas de uso da internet e de convivência no ambiente digital. Por ser algo relativamente recente, há poucas legislações que explicitam os limites da utilização das redes sociais e do armazenamento de dados. Recentemente, tivemos o Marco Civil da Internet e a LGPD, que representam uma preocupação em relação a isso, mas que são só parte da solução para o problema. 

Afinal, por ser algo completamente inédito, as novas tecnologias, a interação digital entre pessoas usuárias e a troca ágil de informações apresentam um cenário que traz novas problemáticas. Assim, como reconhecer até onde é saudável determinadas ações e comportamentos na internet?

Um exemplo prático de problemática que envolve o uso de internet e a ausência do letramento digital são as chamadas Fake News. Fake News são notícias falsas que se propagam mais rápido do que as verdadeiras devido ao seu apelo popular e viés polêmico. Essa prática tem interferido diretamente em questões fundamentais da sociedade, como eleições e instituições democráticas. 

O letramento digital faz com que as pessoas saibam se prevenir de notícias falsas e discernir que informações são condizentes com a realidade e qual a intenção por trás delas. A partir desse exemplo, fica nítido que saber utilizar corretamente as ferramentas digitais é uma questão urgente que afeta toda a população no todo, especialmente pela questão de que atualmente 4.66 bilhões de pessoas têm acesso à internet — número que representa quase 60% da população global. 

O Letramento Digital envolve quais habilidades?

Algumas habilidades são o pilar de sustentação do adequado desenvolvimento da competência do Letramento Digital. Vamos conhecer quais são elas e o que elas envolvem? Confira:

Comunicação

Comunicação tem como definição levar um dado ou mensagem de um ponto a outro, a fim de torná-la comum. Isso é algo que a internet tem feito aos montes, concorda? Logo, dominar uma comunicação efetiva é primordial para garantir que haja letramento digital.

Quando utilizada em ambientes virtuais, a comunicação deve ser transparente, uma vez que, em muitos recursos, não haverá outras formas de reconhecer sentido (como tom de voz, expressões corporais, etc.)

Em um ambiente digital, a comunicação envolverá expressar ideias, fazer perguntas relevantes, manter um nível de respeito e integridade e construir relacionamentos saudáveis, assim como na vida física. 

Pensamento Crítico

Pensamento Crítico é fundamental para conseguir desenvolver letramento digital. Afinal, o letramento digital envolve analisar e questionar-se acerca de quais informações são reais e relevantes. Além disso, como são vários tipos e formatos de dados e mídias, é necessário saber avaliar e selecionar de quais fontes você deseja recebê-los. 

O Pensamento Crítico ainda ajuda a distinguir o que é certo e errado em uma terra tão anônima. Assim, você saberá se está se expondo demais e colocando-se em risco. 

Hard Skills

Hard Skills são habilidades técnicas que envolvem conhecimento pontual, como programação, matemática, etc. Se você tem o conhecimento e sabe dos meios para realizar a ação (como fórmulas e utilização de ferramentas), você a tem. Caso contrário, você precisa aprendê-la. 

Esses conhecimentos também são muito importantes, visto que muitas coisas úteis para uma boa utilização das tecnologias partem de componentes mais técnicos. Dessa forma, saber ligar e desligar o dispositivo, configurá-lo, acessar aplicações, personalizar o uso, adaptar… Tudo isso é conhecimento técnico que pode (e deve) ser aprendido antes de desenvolver o letramento digital. 

Quais competências o Letramento Digital ajuda a desenvolver?

O Letramento Digital pode ser o ponto de partida para o desenvolvimento de outras competências muito úteis. Veja quais são essas competências e qual a função do letramento digital no desenvolvimento delas:

Pesquisas efetivas

Saber pesquisar é muito importante, tendo em vista que isso está presente em todos os âmbitos da vida. Se você quiser fazer uma receita nova para o jantar ou se você está preparando um trabalho acadêmico, saber como realizar uma busca pode otimizar e muito o seu trabalho! 

Por meio do letramento digital, é possível aprender a avaliar a qualidade, a credibilidade e a validade de informações e dados, assim como aprender a buscar nas fontes certas

Proteção de informações pessoais

Um dos pontos de maior atenção e também de maior preocupação para os próximos anos é como manter nossas informações em sigilo, uma vez que ataques cibernéticos estão se popularizando cada vez mais

Assim, o letramento digital faz com que as pessoas passem a considerar mais sua própria segurança e a de outras pessoas, auxiliando na criação de senhas mais fortes, em saber como lidar com as configurações de privacidade de aplicações e respeitando a privacidade alheia na internet. 

Compreensão da pegada digital

Tudo que fazemos na internet está exposto e sujeito à visualização e julgamento de outras pessoas. Inclusive, determinados posicionamentos podem configurar crimes. Dessa forma, saber como se posicionar e quais são os limites adequados permite que as pessoas consigam compreender qual é a pegada que elas estão deixando em ambiente digital

Qual a relação entre o Letramento Digital e os estudos?

A tecnologia é onipresente e a internet impactou todas as esferas da convivência humana, incluindo a escola. Pensando nisso, é evidente que o letramento digital tem um papel importante na formação escolares de crianças e adolescentes e, também, para pessoas que estão continuando seus estudos na vida adulta. 

O letramento digital permite que a pessoa estudante tenha maior independência para construir seu caminho de aprendizagem. Com toda a informação disponível na internet e o equivalente a todas as bibliotecas do mundo na palma da mão, saber como buscar essas informações fará com que o aluno ou aluna consiga personalizar ainda mais sua trajetória de estudos. 

Ainda, saber utilizar corretamente as ferramentas que estão disponíveis faz com que o processo de aprendizagem se torne muito mais interativo, uma vez que o conteúdo pode deixar de ser somente uma abstração reduzida à lousa da sala de aula e passe a contar com diversas mídias, como imagens, vídeos e aplicações dinâmicas. 

5 dicas para desenvolver o Letramento Digital!

Pensa que você pode desenvolver ainda mais suas habilidades de letramento digital? Então, confira essas dicas que farão com que você se destaque ainda mais por isso! Confira:

1. Não se esqueça da importância do Pensamento Crítico

Já falamos muitas vezes da relação quase congênita que o letramento digital e o pensamento crítico tem. Apenas reforçando mais uma vez sua importância, se você quiser realmente aprimorar seu nível de letramento digital, você precisa dar uma atenção especial para suas habilidades de pensamento crítico. Desenvolva-a e será mais fácil desenvolver o letramento digital. 

Você pode começar por perguntando-se mais sobre todo tipo de coisa e tentando buscar objetivamente pela melhor resposta na internet. 

2. Redes sociais não são só entretenimento!

Raras são as pessoas que não estão ativas em algum perfil em redes sociais atualmente. Em muitos casos, as redes sociais representam uma forma de vazão de tempo, e podem acabar levando à procrastinação. Porém, você pode transformar seu tempo nas redes como uma forma de melhorar seu letramento digital e ainda aprender muitas coisas legais!

Cerque-se de perfis que trazem informação verdadeira e objetiva, com fontes confiáveis. Entre e colabore com pessoas em grupos de Facebook. No Twitter, você pode ter acesso à diversas informações de maneira rápida e direto da fonte, basta seguir os perfis certos! O Quora é uma ótima rede social para aprender a fazer as perguntas certas e saber onde encontrar respostas.

Assim, você estará transformando seu ambiente virtual em algo que lhe ajudará a desenvolver seu letramento digital. 

3. Tome cuidado com plágio não intencional

Um dos pontos negativos que a internet trouxe com esse fluxo interminável de informação é a facilidade de plagiar coisas sem nem ao menos ter a intenção. Muitas vezes vamos escrever nossas ideias ou preparar algum trabalho acadêmico e nos surpreendemos ao descobrir que plagiamos informações que já eram existentes na internet. O motivo para isso é que as informações são tantas e tão constantes que não nos lembramos que já as vimos anteriormente, o que nos leva a acreditar que é uma ideia original de nossa mente

Para evitar isso, comece a reparar melhor nas informações que você lê e evite ler passivamente — quando só rolamos os olhos pela informação mas não realmente processamos ela — pois nosso cérebro pode ter retido as informações, mesmo que de uma forma não consciente. Comece a procurar por fontes e endereçar corretamente cada citação que ler, assim você estará reforçando isso. 

4. Aprenda a gerenciar suas informações online

Sabe a situação de uma pessoa que de repente se torna famosa por entrar em um reality show ou viralizar no YouTube e, no dia seguinte, vários prints e imagens de posicionamentos equivocados do passado surgem, levando a um grande julgamento público? Esse é um caso de alguém que não tomou cuidado com sua pegada digital. 

Todo mundo tem uma identidade online com a qual se posiciona e expressa suas ideias. No entanto, isso cria a pegada digital, que pode ficar armazenada nas redes por diversos anos e ser acessada por qualquer pessoa a qualquer momento, o que acaba gerando a situação descrita. Pensando no letramento digital, sempre exponha-se somente quando necessário e evite posicionamentos que não contribuirão com a construção de um ambiente digital mais saudável. O conteúdo das informações deve ser pensado também, evitando esse tipo de exposição. 

Você pode também alterar suas configurações de privacidade caso queira compartilhar informações com uma comunidade mais seleta. Passa pelo bom nível do letramento digital a compreensão do que é relevante e adequado para cada tipo de grupo ou comunidade, e seu devido grau de privacidade. 

5. Pratique e analise

Uma ótima forma de melhorar o letramento digital é encontrar o que estamos fazendo de errado no momento. Dessa forma, você pode procurar em seus históricos por buscas antigas e refletir se aquela busca poderia ter sido melhor otimizada, se outros termos teriam sido melhores ou se de fato aquela informação ou conteúdo eram relevantes. 

Você também pode providenciar simulações para ver como é sua pegada digital, seu perfil e o nível de seu letramento digital. Por exemplo, coloque-se no papel de pessoa empregadora e imagine que está analisando o perfil de uma pessoa candidata qualquer. O perfil é o seu real. As coisas que você encontraria faria com que você fosse contratado ou perdesse a oportunidade?

Assim, você pode começar a olhar como é sua atuação na internet e uso das ferramentas a partir de outra perspectiva. 

Neste artigo, conversamos sobre letramento digital e sua importância para um mundo conectado e globalizado como o dos dias atuais. Esse termo é muito importante de ser discutido junto a outros, como inclusão e alfabetização digital, uma vez que ainda é muito recente a disseminação do acesso à internet. Desse modo, ainda estamos aprendendo como lidar com essa nova realidade virtual, e o letramento digital é uma forma de gerenciar esse uso de maneira adequada. 

Você gostou de conhecer esse termo? Não pare agora e aprenda mais em nosso blog, agora sobre as profissões mais promissoras do futuro!

Deixe um comentário
Você também pode gostar