A Apple liberou dois novos recursos que permitem aos desenvolvedores criar páginas de produtos personalizadas na App Store. A novidade já havia sido anunciada em junho, durante o evento WWDC21, mas foi só nesta semana que a empresa implementou a mudança. 

Com isso, os desenvolvedores poderão criar diferentes tipos de conteúdo, incluindo ícones, capturas de tela e descrições, de forma personalizada para públicos diferentes. 

Para que esse processo de criação seja feito de forma planejada, a Apple vai conceder acesso a estatísticas baseadas em cada página de produto a fim de fornecer insights sobre o que mais atrai a atenção dos usuários. 

Os desenvolvedores ainda poderão compartilhar as páginas personalizadas através de links para promover eventos nos aplicativos ou recursos específicos em momentos relevantes. 

De acordo com o anúncio publicado no site da Apple para desenvolvedores, os novos recursos já estão disponíveis em todos os países. No comunicado, a empresa ainda detalha qual o objetivo de cada uma das novidades e as possibilidades que elas oferecem.

Otimização e personalização 

O primeiro recurso liberado pela Apple foi a otimização das páginas de produtos. Isso permite que os desenvolvedores testem diferentes versões das páginas de seus aplicativos, alterando ícones, capturas de tela e previews para identificar quais delas geram os melhores resultados.

Cada versão é exibida para uma porcentagem de usuários elegíveis da App Store e que são selecionados de forma aleatória. Os resultados dos testes são disponibilizados no App Analytics, permitindo que os criadores configurem o modelo que apresenta melhor desempenho para ser exibido como padrão na loja da Apple.

O segundo recurso anunciado pela empresa da maçã refere-se à personalização das páginas de produtos. A novidade permite criar versões adicionais dessas páginas para destacar recursos ou conteúdos específicos, que podem ser explorados por meio de URLs únicas compartilhadas pelos desenvolvedores.

As versões adicionais permitem incluir capturas de tela, previews e textos promocionais diferentes da página original, além da possibilidade de restringir os modelos a localidades específicas.

O objetivo, segundo o comunicado da Apple, é permitir que os criadores de aplicativos possam promover personagens, shows, esportes, recursos de jogos e outros conteúdos relacionados aos seus produtos de acordo com suas necessidades. 

Apple Developer Program

As novidades estão disponíveis globalmente para todos os desenvolvedores registrados no Apple Developer Program. O custo da assinatura para participar do programa é de US$ 99 por ano, o que permite publicar aplicativos na App Store em todas as plataformas da gigante de tecnologia. 

Pessoa desenvolvedora programando.
Os desenvolvedores ainda poderão usufruir das ferramentas mais recentes lançadas pela Apple.

Ao tornar-se membro dessa comunidade, os desenvolvedores ainda podem usufruir das ferramentas mais recentes lançadas pela Apple, como é o caso dos novos recursos para personalização das páginas de produtos. 

Outro benefício oferecido pelo programa é a oportunidade de acessar as versões beta de builds dos sistemas operacionais da empresa para desenvolvedores. 

Em relação às novidades nas páginas de produtos, a Apple afirma que os desenvolvedores registrados podem conferir mais detalhes sobre os recursos e esclarecer suas dúvidas durante as sessões do Tech Talks.

O evento teve início no dia 25 de outubro e vai até 17 de dezembro. Para participar, é necessário ser membro do Apple Developer Program ou do Apple Developer Enterprise Program. 

São mais de 100 sessões online com especialistas da empresa, e os participantes ainda podem agendar uma reunião individual com os palestrantes para discutir detalhes técnicos e esclarecer dúvidas.

Deixe um comentário
Você também pode gostar