A instituição de ensino superior Lincoln College, localizada em Illinois, nos Estados Unidos, anunciou que fechará as portas na sexta-feira, após ter sofrido um ataque cibernético. O fato de a decisão ter sido motivada, em parte, pelo ataque ransomware torna a universidade a primeira a encerrar suas atividades devido a um incidente de cibersegurança.

A nota de despedida, publicada no site da faculdade, menciona que a instituição foi capaz de sobreviver às duas guerras mundiais, à gripe espanhola e à Grande Depressão, porém não foi possível escapar da pandemia de Covid-19, acompanhada de um ataque ransomware severo que ocorreu em dezembro e levou meses para ser atenuado. 

De acordo com o comunicado, o ciberataque do fim de 2021 prejudicou as atividades relacionadas às matrículas de alunos e impediu o acesso a todos os dados institucionais, resultando em um cenário incerto para as projeções de matrículas para o ano letivo de 2022, com início em setembro deste ano. 

A universidade já informou oficialmente ao Departamento de Ensino Superior de Illinois sobre o fechamento permanente agendado para o dia 13 de maio.

Prejuízos financeiros

A notícia foi inesperada, considerando o histórico positivo da universidade nos anos anteriores à pandemia. Segundo a Lincoln College, no ano letivo de 2019, por exemplo, a instituição recebeu um número recorde de matrículas.

Sala de aula vazia.
O ciberataque do fim de 2021 prejudicou as atividades relacionadas às matrículas de alunos e impediu o acesso a todos os dados institucionais

No entanto, a pandemia de Covid-19 resultou em uma queda acentuada neste número, com alguns alunos optando por adiar os estudos ou trancar a matrícula, o que afetou o quadro financeiro da universidade. 

Para piorar, o ataque ransomware de dezembro fez com que todos os sistemas necessários para os processos de matrícula, retenção e captação de recursos ficassem inoperáveis. A universidade ressalta que nenhuma informação de identificação pessoal foi exposta.

O problema só foi resolvido em março deste ano, quando foi possível observar que as projeções indicavam uma queda significativa nas matrículas. Esse novo cenário sinalizou a necessidade de uma doação ou parceria substancial para que a universidade pudesse manter suas atividades no próximo semestre. 

Infelizmente, a instituição ainda não recebeu o apoio financeiro necessário, encerrando a sua história de 157 anos. A Licoln College afirma que vai ajudar os alunos que ainda precisam terminar os estudos a serem transferidos para outra universidade.

Fundada em 1865 e batizada em homenagem ao presidente Abraham Licoln, a Licoln College é uma das poucas faculdades rurais a serem classificadas pelo Departamento de Educação como uma instituição de ensino predominantemente negra.

Ataques ransomware

Os ataques ransomware têm se tornado uma ameaça crescente a empresas e instituições. Nesse tipo de ataque cibernético, hackers conseguem obter o controle do computador da vítima, o que permite que eles exijam um pagamento para que o sistema volte a funcionar.

Nos últimos anos, os alvos dos ataques já incluíram instituições de ensino, delegacias de polícia, prefeituras, hospitais, distribuidoras e serviços de pagamentos. 

Em alguns casos mais graves, os invasores podem afetar toda uma rede de computadores, tornando-os inoperáveis. Os prejuízos financeiros são devastadores, principalmente para as vítimas que não têm condições de substituir as máquinas. 

A rede de escolas públicas de Baltimore, por exemplo, foi vítima de um ataque ransomware do tipo, o que gerou um custo de aproximadamente US$ 10 milhões para recuperar os sistemas.

You May Also Like