Toda empresa moderna utiliza soluções de TI no seu dia a dia para tomar decisões e pensar o seu futuro. Não há como pensar em inovação atualmente sem falar em tecnologia. Isso elevou a demanda por profissionais para atuarem em várias áreas, como desenvolvimento e segurança digital. Além disso, uma pessoa que passa a ter grande importância para o negócio é a que atua em processamento de dados.

O processamento de dados permite que negócios tomem decisões alinhadas com suas demandas. Pense, por exemplo, na compra de um telefone: se ela for apoiada por um número maior de dados, mostrando estatísticas a favor de uma marca, as chances de você fazer uma escolha ruim é muito menor, não é mesmo?

Quer saber mais sobre como ser uma pessoa especialista em processamento de dados? Então, confira o post a seguir e fique por dentro dos seguintes tópicos:

  • O que é processamento de dados?
  • Qual a importância do processamento de dados?
  • Quais são os 4 tipos de processamento de dados?
  • O que fazer para ser uma pessoa que trabalha com o processamento de dados?

O que é processamento de dados?

O processamento de dados é um método no qual um grande número de informações é organizado, catalogado e unificado em prol de alguns objetivos. Esse processo conta com o apoio de poderosos algoritmos de análise de documentos, que combinam Big Data, inteligência artificial e aprendizado de máquina. Assim, analistas podem entender melhor o ambiente ao seu redor e tomar decisões mais robustas.

Em outras palavras, o processamento de dados é qualquer rotina que envolve a análise de um grande número de informações. Para que possa auxiliar pessoas a obter bons insights, essa prática costuma passar pelas seguintes etapas:

  • identificação de objetivos;
  • busca por informações;
  • coleta e armazenamento dos registros;
  • categorização dos dados conforme as demandas existentes.

O que torna o processamento de dados eficaz

Como acabamos de listar, todo processamento de dados tem algumas etapas. Mas o que faz elas serem eficazes? A resposta é simples: a confiabilidade do processo.

A análise de informações deve ocorrer no menor tempo possível, porém os sistemas devem fazer isso também com segurança, ou seja, nenhuma informação pode ser acessada por terceiros enquanto as aplicações trabalham.

A integridade dos registros deve igualmente ser mantida o tempo todo. Para ter decisões inteligentes e certeiras, o sistema responsável pela operação e a pessoa que executa os comandos devem ter o apoio de registros íntegros. Isso significa que nada pode ser corrompido durante as etapas, sob o risco de comprometer a decisão feita.

Qual a importância do processamento de dados?

Para as empresas, rotinas que envolvem o processamento de dados estão ganhando um papel estratégico. Tomar decisões sem o apoio da intuição e com uma visão abrangente é algo que pode atrair muito mais lucro. Afinal, o negócio estará considerando pontos mais precisos para avaliar que caminho seguir.

Nesse cenário, em que soluções como as baseadas no Big Data e na inteligência artificial se fazem presentes, pessoas que trabalham com o processamento de dados são ainda mais requisitadas por companhias de todas as áreas.

Isso vale até mesmo para quem desenvolve aplicativos. Quem se planeja com o apoio de uma pessoa nalista de dados pode conseguir identificar os melhores recursos e caminhos para criar um aplicativo robusto. Afinal, as funcionalidades serão feitas com um foco maior nas necessidades e pontuações do público-alvo, por exemplo.

Quais são os 4 tipos de processamento de dados?

Existem diferentes tipos de processamento de dados. Cada um deles ajuda empresas a terem mais eficiência no seu dia a dia. Veja, a seguir, os 4 mais comuns!

1. Processamento em batch

Nesse caso, as informações são enviadas diretamente para um servidor central, às vezes em uma infraestrutura de cloud computing. Os registros são agrupados em um lote e armazenados na máquina. Assim, podem ser analisados em um horário específico para reduzir o impacto que a atividade tem no uso da infraestrutura por outras pessoas.

2. Processamento online

Nesse caso, o dado é processado no momento em que o usuário executa uma ação. Os dados são validados em um servidor e, dependendo do resultado, uma ação é tomada. Com isso, usuários podem realizar pagamentos, acessar sistemas privados e executar outras operações rapidamente.

3. Processamento offline

Nesse tipo de processamento de dados, as informações não entram em contato com uma infraestrutura de rede. Os registros são armazenados em um equipamento e avaliados localmente. Dessa forma, ações podem ser tomadas em um ambiente mais controlado.

4. Processamento em tempo real

Sabe quando medidas devem ser tomadas rapidamente a partir de um conjunto de fatores? Esse é o caso do processamento em tempo real. Aqui, o sistema recebe o dado e decide o que fazer no menor tempo possível.

O que fazer para ser uma pessoa que trabalha com o processamento de dados?

Uma pessoa especialista em processamento de dados será responsável por identificar as demandas da equipe e montar um relatório pautado pela análise de informações diversificadas. Esse documento precisa apresentar insights inteligentes e robustos. Assim, as lideranças poderão tomar decisões confiáveis e capazes de orientar todo mundo para o melhor caminho possível.

Esse tipo de carreira pode ser útil em áreas como a de marketing, a de criação de sistemas e até mesmo a de investimentos financeiros. Para ter sucesso, quem tem a pretensão de trabalhar com esse posto deve ter uma formação que passe por:

  • conceitos de estatística;
  • análise preditiva;
  • comunicação com profissionais de múltiplos perfis;
  • tecnologias de análise de dados;
  • programação;
  • Big Data;
  • Inteligência Artificial;
  • Business Intelligence.

Esses são apenas alguns dos pontos que ajudam no trabalho nesse setor. A formação, como podemos ver, é multifacetada: de programação a conceitos avançados de matemática, quem pretende atuar como analista de processamento de dados deve estar atento.

Ainda assim, trabalhar como analista de processamento de dados é algo dinâmico e que pode trazer novos desafios para o seu dia a dia, indo muito além das suas habilidades adquiridas anteriormente.

Por isso não deixe de considerar a área de processamento de dados para a sua carreira como profissional de tecnologia. Nos últimos anos, ela tem se destacado como uma das melhores: soluções voltadas para extrair valor agregado de dados corporativos ganharam um grande destaque diante do seu potencial de tornar negócios competitivos.

Gostou desse artigo? Então não deixe de conferir um conteúdo completo sobre inovação tecnológica, um assunto tão relevante nos dias atuais.

0 Shares:
Você também pode gostar