A área de programação é constítuida de vários termos técnicos, e que precisam, ao longo do tempo, tornarem-se familiares para quem pretende seguir carreira nessa área.

Um deles, que é bem comum e, com certeza, encontrará ao longo de todo o seu estudo sobre a área é “servidor”. Isso porque no decorrer do aprendizado e evolução na área, você aprenderá, por exemplo, sobre algoritmos, um tema que está conectado á esse conceito. Por isso é fundamental ter domínio deles e entender como operam.

Vamos mostrar um guia introdutório sobre o assunto, para quem está iniciando conseguir se familiarizar com o tema. Aqui, você vai entender:

  • O que é servidor e como funciona?
  • Quais os principais conceitos?
  • Quais as vantagens e desvantagens de usar um servidor?

Boa leitura!

O que é um servidor e como funciona?

O servidor, de forma simples, pode ser considerado uma espécie de computador, o qual contém um ou mais processadores potentes, que operam de forma semelhante às máquinas domésticas, permitindo processamento e execução de soluções solicitadas pela pessoa usuária.

As diferenças são, principalmente, no campo da potência de cada uma delas: um servidor tem mais potência do que os nossos desktops e notebooks.

As imagens difundidas de datacenters, muitas vezes, mostram uma série de servidores que se assemelham aos desktops que muitos ainda têm em casa. Por isso, não raro, muitas pessoas leigas associam esses dois elementos.

É importante ressaltar que, na maior parte das vezes, nem sequer assemelha-se a essa máquina fisicamente. Os servidores surgiram diante da necessidade de ter computadores de rede para usos específicos, principalmente para oferecer serviços de forma centralizada.

Dessa forma torna-se desnecessária, por exemplo, a instalação de uma ferramenta em cada máquina de uma empresa — basta que ela seja executado no servidor e os diversos computadores estejam conectados em rede com ele para que possam obter os resultados.

Alguns exemplos de uso de servidores podem ser:

  • hospedagem de internet;
  • armazenamento de arquivo local;
  • fornecimento de aplicações ERP para a organização;
  • serviços de e-mail;
  • serviço de bancos de dados;
  • sistemas de pagamentos;
  • aplicações de telefonia;
  • uso de Internet das Coisas (Internet of Things ou IoT), entre outros.

Servidores: principais conceitos.

Quando falamos sobre servidores, alguns conceitos começam a aparecer com maior evidência, correlacionados com esse tema. Vamos falar sobre os principais a seguir.

Computação em nuvem

A computação em nuvem é atualmente um dos principais conceitos ligados aos servidores. Isso porque é um avanço tecnológico significativo, no qual os dados da organização ficam armazenados em servidores externos, que não estão sob controle do negócio.

As empresas fornecedoras podem, assim, prover hospedagem de dados, protocolos de segurança e recursos, de forma remota. Dessa forma, não é preciso que a sua empresa faça a manutenção deles fisicamente.

Arquitetura cliente-servidor

Esse modelo permite a aplicação distribuída de tarefas e funções de trabalho entre clientes e o servidor, sendo uma das ideias centrais da computação de rede. Isso porque ela permite sistemas de roteamento e acesso centralizado das informações que circulam no local.

Trata-se, assim, de uma arquitetura de aplicação distribuída em módulos. O servidor se ocupa, nessa arquitetura, pela manutenção dos dados, enquanto o cliente obtém as informações e encaminha-as ao local de armazenamento.

Alojamento web

Outro termo comumente utilizado, quando falamos em servidores, diz respeito ao alojamento web. Isso está atrelado com a hospedagem de sites. Imagine se, por exemplo, toda pessoa que quisesse ter um site necessitasse ter o seu próprio servidor. Trabalhoso, não é?

Para sanar a questão, surge o conceito de alojamento web. Ou seja, uma empresa que oferece o serviço para que alguém possa hospedar seu site no local, evitando a confecção de servidor próprio.

Quais as vantagens e desvantagens de usar um servidor?

Mas quais são as vantagens e desvantagens no uso de servidores? Vamos mostrar cada um desses pontos, a seguir.

Vantagens de usar um servidor

  • os custos de licenciamento de software são reduzidos, já que não é necessário adquirir um para cada computador. Para grandes empresas, que operam com mais de 100 máquinas, pode ser um custo considerável;
  • as despesas com infraestrutura também podem ser reduzidas, já que algumas aplicações podem migrar para o servidor, seja ele físico, seja em nuvem, em vez de rodar nas máquinas, evitando computadores com recursos mais robustos;
  • aumento da segurança interna, já que os protocolos serão utilizados no servidor, e não nas pessoas usuárias. Assim, é possível centralizar as ações de segurança de dados. Além disso, é mais fácil implementar controles de acesso nos servidores, outra medida fundamental de proteção;
  • portabilidade: a migração dos conteúdos, bem como a realização de backups, se torna mais prática, pois todas as informações estão centralizadas em um mesmo lugar;
  • outsourcing de TI facilitado: com isso, é possível conseguir uma terceirização de serviço de fato eficiente, permitindo uma maior eficiência nas atividades realizadas por uma empresa externa.

Desvantagens de usar um servidor

Apenas dos inúmeros pontos positivos, o uso e adesão de servidores também apresenta algumas desvantagens. Veja as principais:

  • custo desnecessário para empresas pequenas: para aquelas que operam com poucas pessoas usuárias, a aquisição de um servidor pode ser supérflua;
  • se há uma dependência das aplicações no uso interno da empresa, caso ele passe por manutenção, a solução parará de rodar e seu negócio não poderá utilizá-lo, paralisando as atividades internas;
  • uma falha de segurança que afete os servidores pode afetar todas as máquinas da empresa.

É importante considerar, caso a caso, quais são as vantagens e desvantagens de utilizar um servidor. Nas situações em que ele é imprescindível, deve-se buscar formas de driblar os conflitos. Aquele que trabalha nessa área nas organizações terá a expertise para orientar seus parceiros sobre a melhor forma de superar esse desafio.

Com esse guia que trouxemos para você, é possível avançar seus conhecimentos sobre o que é servidor, de que forma ele funciona, seus conceitos principais e as vantagens e desvantagens envolvidas de seu uso. Esperamos que tenha sido útil para seus estudos!

Para aprofundar mais ainda seus conhecimentos, aproveite para ler sobre outro conceito bastante abordado no mundo da tecnologia: o de aplicações web.

0 Shares:
Você também pode gostar