A Apple anunciou o lançamento de um guia de programação para alunos desde o jardim da infância até os primeiros anos do ensino fundamental — ou seja, crianças entre cinco e dez anos de idade.

O guia “Everyone Can Code Early Learners” é uma extensão da iniciativa “Everyone Can Code”, que agora abrange alunos do jardim de infância até o ensino médio, oferecendo recursos para ajudar famílias e educadores a introduzirem a programação logo nos primeiros anos escolares. 

De acordo com a Apple, a iniciativa foi criada com base no princípio de que a programação e design de aplicativos são habilidades essenciais. Mesmo para aqueles que não seguirão uma carreira na área de tecnologia, desenvolver essas competências auxilia os alunos a pensar de forma crítica e criativa, defende a empresa. 

Juntamente com a extensão do novo currículo para crianças mais jovens, a empresa também lançou a atividade Inclusive App Design, para introduzir os alunos ao mundo da programação, além de atualizações em seu aplicativo Schoolwork. 

Gamificação de conceitos técnicos

O novo conjunto de materiais apresenta conceitos básicos de programação, que são ensinados por meio de atividades interdisciplinares, englobando áreas como música, arte, ciências e educação física

Um ponto ressaltado pela Apple é que muitas dessas atividades são feitas longe da tela, o que é importante para uma iniciativa com foco em educação, considerando as discussões e receios sobre a presença excessiva de tecnologia na rotina de crianças.

Criança sentada de frente ao computador aprendendo.

Como exemplo, a empresa cita que os comandos de programação podem ser ensinados por meio de passos de dança. Já uma atividade sobre funções pode ser conduzida com uma discussão sobre técnicas para se acalmar, promovendo uma aprendizagem socioemocional.

O guia “Everyone Can Code Early Learners” está disponível no aplicativo Swift Playgrounds em inglês, holandês, francês, alemão, italiano, norueguês, espanhol e sueco. De acordo com a Apple, outros idiomas serão disponibilizados no futuro. 

Ao acessar as instruções, os educadores poderão encontrar planos de aula detalhados para os diferentes tipos de conteúdo. Cada lição traz uma breve descrição do objetivo, discussão, exemplos, resultados esperados, além de um passo a passo de como conduzir as atividades e um link para baixar materiais de apoio.

As iniciativas da Apple em educação

O lançamento do “Everyone Can Code Early Learners” não foi a única novidade anunciada pela Apple. Como parte dos seus esforços na área de educação, a empresa também está incentivando educadores e alunos a participarem da atividade Inclusive App Design, disponível no Apple Teacher Learning Center

Com duração de um hora, a sessão propõe que alunos transformem suas ideias em aplicativos, levando em consideração questões de acessibilidade e inclusão. O objetivo é que esse processo de criação ajude os jovens a identificar problemas e, assim, planejar, criar protótipos e programar soluções criativas.

Outra novidade é um recurso chamado “exit tickets” que agora está disponível no aplicativo Schoolwork. Ele funciona como uma ferramenta de pesquisa, permitindo que professores possam acompanhar os alunos durante ou após uma aula por meio de perguntas para testar a compreensão dos jovens, suas reações e nível de engajamento. 

As iniciativas representam algumas das apostas da Apple no campo da educação. O programa Everyone Can Code vem sendo aprimorado a cada ano, atingindo faixas etárias cada vez mais amplas. 
Em 2019, a empresa lançou o Everyone Can Code Puzzles, que permite que os alunos testem alguns conceitos de programação. Já em 2020, a Apple anunciou o Everyone Can Code Adventures, que traz atividades mais avançadas.

Deixe um comentário
Você também pode gostar