Entrevistas de emprego podem ser momentos de bastante ansiedade. Em meio a diversas perguntas sobre nossas habilidades técnicas e conhecimentos, ainda precisamos falar bastante sobre nossa personalidade e responder a questões pessoais. Uma das categorias de questões que mais causam preocupação é sobre as perguntas de qualidades e defeitos em entrevista de emprego. 

Sempre há uma confusão na hora de responder perguntas desse tipo, pois, não podemos dizer diretamente um defeito que seja muito ruim e nos custe a vaga e tampouco queremos que a pessoa examinadora pense que somos arrogantes ao nos elogiarmos com uma qualidade. 

Apesar de essa situação ser bastante incômoda, é possível que nos preparemos para ela para assim dar uma resposta que impressionará a pessoa entrevistadora. Para isso, confira nesse texto como responder a perguntas sobre qualidades e defeitos em entrevistas de emprego a partir do conteúdo a seguir:

Vamos lá!

perguntas sobre qualidades e defeitos em entrevista de emprego.

Por que recrutadores perguntam sobre qualidades e defeitos em uma entrevista de emprego?

Uma impressão muito comum que se tem em entrevistas de emprego é que a pessoa entrevistadora faz determinadas perguntas, como as de qualidades e defeitos, para deixar a pessoa que está sendo entrevistada em uma situação constrangedora. A verdade é que essa não é uma percepção que está correta na maioria das vezes. 

Uma entrevista de emprego é sobre o quanto você consegue conhecer uma pessoa a partir do que ela fala para você. Pessoas entrevistadoras estão fazendo o máximo para conhecer você e todas as pessoas que estão se candidatando para aquela vaga. 

Então, perguntas de qualidades e defeitos não são feitas com o objetivo de de fato descobrir quais são suas qualidades e seus defeitos, mas para que seja possível observar como você fala sobre eles. No final das contas, essas perguntas servem para que a pessoa examinadora compreenda que tipo de pessoa colaboradora você será e se é compatível com a cultura da empresa. 

Antes de prosseguir, aproveite e faça o download do material sobre Profissões do Futuro e entenda quais outras carreiras farão sucesso no mercado.

Banner de download de ebook sobre Profissões do Futuro

Qual a importância do autoconhecimento antes de ir para uma entrevista de emprego?

A habilidade de autoconhecer-se é uma das habilidades buscadas pelas pessoas entrevistadoras em uma entrevista de emprego. A partir de respostas para perguntas pessoais, é possível saber como é sua percepção de si e se ela representa a realidade. 

A partir de uma simples resposta, como sua maior qualidade ou defeito, essas pessoas são capazes de saber como reagirá a feedbacks, se você será uma pessoa sociável e de fácil convivência, entre outros. Logo, conhecer-se ajuda na elaboração de uma resposta honesta que utiliza os melhores de seus atributos a seu favor

Como são as perguntas sobre qualidades em entrevistas de emprego?

Todas as perguntas sobre qualidades em entrevistas de emprego vão girar em torno de qual é a característica principal que você acredita que seja seu ponto forte e que trará benefícios para o time e para a empresa. Elas podem aparecer da seguinte forma:

  • “Qual é a sua principal qualidade?”
  • “Qual qualidade sua você acha que será mais interessante para a empresa?”
  • “Qual sua maior qualidade no ambiente de trabalho?”
  • “Se você conseguir a vaga, o que você acha que fará de melhor?”
  • “Qual seria seu ponto forte segundo colegas de trabalho?”

Como são as perguntas sobre defeitos em entrevistas de emprego?

Já as perguntas de defeitos querem medir um pouco acerca da sua honestidade e consciência de limitações. É evidente que todo mundo tem pontos fortes e fracos, e, durante uma entrevista de emprego, frequentemente as pessoas entrevistadoras vão querer saber se você conhece e reconhece os seus. Essa pergunta pode aparecer assim:

  • “Qual seu maior defeito?”
  • “O que colegas de trabalho diriam caso perguntasse sobre um ponto negativo seu?”
  • “Me fale sobre uma vez em que um defeito seu apareceu no ambiente de trabalho”
  • “O que acha que pode atrapalhar você caso você seja escolhido(a) para a vaga?”

Quais qualidades evitar?

Gostar de trabalhar bastante

  • Por que não funciona: foi-se o tempo em que uma empresa enxergava a pessoa colaboradora como uma máquina de trabalhar. Atualmente, dizer que você gosta muito de trabalhar pode fazer a pessoa entrevistadora entender que você não é capaz de equilibrar vida pessoal e profissional, e que isso pode acabar fazendo com que você se esgote mais facilmente.

Ser muito persistente/ não desistir nunca

  • Por que não funciona: essa frase entra na lista de respostas prontas que pessoas responsáveis por processos de seleção já estão cansadas de ouvir. Logo, uma resposta dessa, além de não ser levada com credibilidade, ainda pode ser entendida como falta de criatividade em formular uma melhor resposta. 

Quais qualidades citar?

  • Entusiasmo;
  • Pensamento criativo;
  • Priorização de tarefas;
  • Disciplina;
  • Determinação;
  • Habilidades interpessoais/organizacionais/comunicativas;
  • Pensamento analítico;
  • Pontualidade;
  • Trabalho em equipe;

Quais defeitos evitar?

Perfeccionismo

  • Por que não funciona: O perfeccionismo é um exemplo de defeito/qualidade que também se encontra na lista das respostas prontas e sem criatividade para entrevistas de emprego. Logo, não é uma boa ideia utilizá-lo se sua intenção é transmitir originalidade.

Não gostar muito de trabalhar

  • Por que não funciona: É importante não dar a entender em momento nenhum na entrevista de emprego que você está ali por uma obrigação ou porque precisa de dinheiro. Geralmente, empresas buscam pessoas colaboradoras que sejam entusiasmadas e motivadas. 

Ter um temperamento forte/difícil/complicado

  • Por que não funciona: Além de ser vago e permitir que a pessoa que está entrevistando tire suas próprias conclusões sobre o que isso significa, dificilmente alguém contratará uma pessoa que declaradamente diz que é difícil de se lidar. Pode inclusive oferecer um risco para o restante da equipe. Logo, esse tipo de defeito não é adequado citar. 

Se preocupar demais com o trabalho

  • Por que não funciona: Semelhante à qualidade que diz que a pessoa gosta de trabalhar bastante, isso também é visto como um indicador de que a pessoa não consegue balancear a vida profissional e pessoal. Assim, esse defeito também pode não ser muito efetivo na hora de responder a essa pergunta.

Ser muito sincero(a)

  • Por que não funciona: Apesar de sinceridade e honestidade serem características importantes nas relações dentro de uma empresa, a forma como isso é entregue para a outra pessoa conta muito. Ao dizer que você é uma pessoa “muito sincera”, você corre o risco de a pessoa entrevistadora entender que você tende a dizer as coisas de uma forma ríspida e direta. Normalmente, a sinceridade vem dentro de feedbacks que são pensados de maneira empática para ajudar e não apenas criticar o trabalho de outra pessoa. 

Quais defeitos citar?

Diferentemente da qualidade, os defeitos precisam de um pouco mais de cautela ao serem citados. Assim, eles devem sempre vir com um contraponto que mostra que você já identificou o problema e está trabalhando para solucioná-lo. Nesse caso, então, você pode se valer de qualquer defeito que não vá de encontro com os valores da empresa. Exemplo:

“Eu notei que eu tenho uma certa dificuldade de concentração, mas passei a adotar a técnica do Pomodoro e já percebi uma melhoria no meu foco.”

Antes de seguir para o próximo tópico, deseja saber quanto recebe alguém que trabalha em alguma profissão digital? Faça o download do Guia das Profissões Digitais e confira a remuneração de profissionais, juniores, plenos e sêniores de 30 carreiras digitais.

banner para download de guia das profissões digitais 2022

Como responder a perguntas sobre qualidades em entrevista de emprego?

O segredo para ir bem em uma pergunta sobre qualidades é conseguir conciliar um atributo positivo com um motivo pelo qual você é a pessoa mais indicada para ocupar o cargo. 

Logo, para respondê-la, você terá que aprender o máximo possível previamente sobre a empresa e sua cultura, a fim de descobrir quais são as qualidades que ela mais valoriza. Dessa forma, sua resposta deve ser capaz de fazer a pessoa entrevistadora enxergar como você consegue usar essa qualidade para resolver problemas dentro da empresa. 

Porém, tenha atenção em dois aspectos:

Primeiro: você não pode ser muito humilde em relação à sua capacidade e personalidade;

Segundo: você também não pode soar arrogante.

Assim, sua resposta deve ser construída de forma a inspirar confiança, autoconhecimento e honestidade. 

EXEMPLOS:

“Ao ler a descrição do emprego, eu imediatamente pensei que eu seria uma boa escolha para a vaga, afinal, é um trabalho que precisa de bastante atenção aos detalhes. Posso dizer que, para mim, é muito difícil deixar com que detalhes passem despercebidos. (…) “

  • Por que funciona: a resposta foi moldada a uma qualidade que a empresa estava buscando no momento. 

“Posso dizer com segurança que me orgulho bastante de minhas habilidades organizacionais. No meu último emprego, minha equipe estava passando por um momento ruim, com tarefas atrasadas e pouca produtividade. Depois de conversar individualmente com cada colega e ouvir seus motivos, eu propus para a liderança um novo modelo de atuação que faria com que as pessoas se sentissem mais confortáveis e motivadas (…)  “

  • Por que funciona: além de contar uma história e apresentar uma situação em que sua qualidade foi colocada à prova, a resposta ainda promove outras qualidades implícitas, como tendência à liderança, trabalho em equipe e resolução de problemas. 

Como responder a perguntas sobre defeitos em uma entrevista de emprego?

Ao contrário das qualidades, você certamente não vai querer associar seus defeitos com o que a empresa não está buscando no momento. Desse modo, para responder a essa pergunta você deverá, primeiramente, pesquisar bastante acerca da vaga e da empresa. Assim, você poderá citar um defeito que, ao ser mencionado, não impactará diretamente na função a ser desempenhada. 

Além disso, tenha certeza de que sua resposta comece com o defeito, mas que você logo direcione ele para uma qualidade, terminando a resposta em um ponto forte. 

Para tanto você pode optar por defeitos que sejam técnicos ou que digam a respeito das suas habilidades interpessoais:

Hard Skills

Você pode amparar seu defeito em uma habilidade técnica (hard skill) que você não conhece muito bem. No entanto, cuidado para que essa habilidade não seja indispensável no trabalho em questão. Por exemplo, se você está aplicando para uma vaga de secretário ou secretária, dizer que não sabe fazer uma planilha pode ser um problema. 

EXEMPLO:

Tenho bastante dificuldade em aprender línguas novas. É por isso que normalmente eu demoro um pouco mais que a maioria das pessoas para isso. No entanto, isso não impede que essa seja uma atividade que eu ache prazerosa e me dedique por completo.” 

  • Por que funciona: É uma resposta bastante sincera, que demonstra que você tem dificuldades em algo e que está tudo bem isso acontecer, afinal, você é uma pessoa bastante dedicada.

Soft Skills

Assim como as habilidades técnicas, as habilidades interpessoais — ou soft skills — podem ser utilizadas para citar um defeito também. Porém, a mesma regra vale: não pode ser um soft skills essencial para o desempenho das funções da vaga em questão. 

EXEMPLO:

Eu diria que eu gostaria de ser uma pessoa um pouco mais espontânea, assim como muitas outras que eu conheci ao longo de minha trajetória. Normalmente, para que eu me sinta produtivo(a), eu preciso ter tudo muito bem definido e esquematizado e, às vezes, isso pode acabar me segurando um pouco” 

  • Por que funciona: É compreensível que uma pessoa queira ser um pouco mais espontânea, no entanto, não há de errado em ser organizada e metódica. Logo, esse defeito na verdade é uma qualidade. 

3 qualidades e 3 defeitos: qual a melhor forma de responder a essa pergunta?

Uma possibilidade para perguntas de qualidades e defeitos em entrevista de emprego é a temida “3 qualidades e 3 defeitos”, em que você deverá mesclar os dois tipos de resposta em apenas uma — além de apresentar não um, nem dois mas três exemplos de cada um.

Para pensar nessa resposta, é importante ter em mente que suas qualidades não podem contradizer as fraquezas e vice e versa. Por exemplo, não adianta dizer que uma das suas qualidades é ter uma comunicação efetiva com a equipe e, logo em seguida, dizer que é uma pessoa tímida e com dificuldade de falar em público. 

Logo, tanto as fraquezas quanto as qualidades devem ser pensadas para se complementarem. 

Você também não terá muito tempo para formular uma explicação, já que são 3 exemplos de cada. Portanto, você terá que escolher qualidades e defeitos que sejam mais autoexplicativos.

Uma dica é falar primeiro dos defeitos, deixando as qualidades por último, assim, você terminará de uma forma positiva. 

EXEMPLO:

“Olha, eu pessoalmente tenho um pouco de dificuldade em dizer “não” e sempre tendo a querer ajudar todo mundo; tenho um pequeno problema de foco, o que me leva a ter que me organizar com antecedência para conseguir entregar minhas tarefas dentro do prazo e, por fim, acredito não ser uma pessoa que gosta de assumir muitos riscos.

Já minhas qualidades, posso citar: primeiro, minha adaptabilidade a novas e complexas situações; segundo: minha criatividade para encontrar soluções; e terceiro, minha dedicação e disciplina para o trabalho.”

3 erros comuns ao falar de defeitos e qualidades e como evitá-los?

Devemos tomar um pouco de cuidado com algumas práticas ao formular nossas respostas acerca de defeitos e qualidades em entrevista de emprego. Confira:

1. Evite autodepreciação na qualidade para parecer uma pessoa modesta

Um erro muito comum é autodepreciar-se para não parecer uma pessoa arrogante. No entanto, isso pode acabar tendo o efeito contrário. Afinal, a pessoa entrevistadora pode entender isso como falta de confiança ou como um sinal de que você não se conhece. Por exemplo:

“Eu não acho que eu seja uma pessoa que tem muitos talentos, mas eu de fato me esforço e dou o meu melhor”

2. Não faça uma qualidade se tornar um defeito

Outro erro, que muitas vezes pode passar despercebido para quem o comete, é o fato de sem querer demonstrar um defeito a partir de uma qualidade. Isso fará com que você perca pontos durante a entrevista. Exemplo:

“Eu me dou bem com qualquer tipo de tarefa, desde que eu não precise ficar respondendo e-mails toda hora.”

3. Não minta

Pode ter certeza que as pessoas que estão aptas para serem examinadoras de processos seletivos conseguem identificar uma mentira antes mesmo de ela sair de sua boca. Por isso, a melhor escolha é ser completamente transparente. Porém, preste atenção, honestidade não significa sair falando de todos os seus defeitos desenfreadamente. Você deve saber filtrar, dentre as qualidades e os defeitos que você verdadeiramente possui, aqueles que serão relevantes para a vaga. 

Como dissemos, perguntas de qualidades e defeitos em entrevista de emprego podem ser bastante preocupantes caso não nos preparemos adequadamente para elas. Desse modo, a dica principal é sempre estudar com bastante cautela a descrição e os requisitos para a vaga, e responder de maneira honesta e assertiva a esse tipo de pergunta. 

É importante somente tomar cuidado para selecionar quais são os defeitos e qualidades que achamos que serão relevantes para que a pessoa entrevistadora possa nos conhecer melhor e, consequentemente, causar uma boa impressão.

Aprendeu como falar sobre suas qualidades e defeitos em entrevista de emprego? Aprenda agora a falar sobre seu objetivo profissional no currículo!

14 Shares:
Você também pode gostar