Preencher o currículo pode parecer uma tarefa operacional: você coloca o nome da instituição, seus cursos, sua formação. Parece fácil, certo?

Contudo, há um campo muito importante para se conseguir uma entrevista de emprego e que costuma causar confusão nas pessoas: o objetivo profissional.

Pensando nisso, preparamos um post especial para que você entenda definitivamente o que é o objetivo profissional, sua relevância para um currículo e como preenchê-lo. Além disso, apresentaremos alguns exemplos específicos para a área de TI. Neste artigo, você verá:

Boa leitura!

O que é objetivo profissional e qual é a sua importância?

Antes de mencionar os exemplos diretos, é uma boa ideia explicar o que é, de fato, o objetivo profissional.

O objetivo profissional trata-se, basicamente, daquele campo em que você insere as informações relacionadas a sua área de atuação, o que você espera da vaga, como pretende contribuir dentro da empresa e a importância daquele trabalho em sua trajetória.

Ele é uma parte essencial de um currículo, mas isso não significa que ele precisa ser extenso demais — três ou quatro linhas são suficientes para transmitir a sua mensagem.

Preencher corretamente essa informação é importante para alinhar o perfil profissional ao que a empresa contratante espera. Isso faz com que a pessoa tenha mais chances de conquistar efetivamente aquela vaga ou, ao menos, conseguir um convite para uma entrevista.

O que recrutadores estão buscando no objetivo profissional?

Imagine por um instante que você está na pele de uma pessoa recrutadora. Ao seu lado, uma pilha de currículos pré-selecionados. Todos eles são de pessoas que atendem aos requisitos mínimos para compor a vaga. Você precisa destacar dessa pilha apenas poucos currículos que serão chamados para a seguinte etapa, a entrevista de emprego. 

Logo, o que você faria? Muito provavelmente você analisaria muito brevemente e escolheria aqueles que chamaram sua atenção de alguma forma. Como todas as pessoas são igualmente qualificadas, o que restou foi analisar outros campos, tal qual o objetivo profissional. 

Agora que você entende mais ou menos como funciona a cabeça da pessoa recrutadora, o que você pode fazer para não desaparecer em meio a todos aqueles nomes e currículos? Você precisa fazer com que seu objetivo profissional se destaque. Para isso, você poderá utilizar alguns recursos, como:

Organização e objetividade

Se o objetivo profissional está escrito de maneira simples e de fácil compreensão, a pessoa recrutadora poderá compreender o que está escrito ali em uma passada de olhos, sem precisar ficar lendo várias vezes. Afinal, não sabemos se a pessoa recrutadora terá disponibilidade para voltar e ler mais uma vez. Dessa forma, é melhor não arriscar e manter as coisas simples e bem evidentes. 

Mencionar habilidade

Podemos selecionar uma habilidade profissional principal — que sabemos que é bastante requerida pela empresa e para determinada vaga — para agregar valor ao conteúdo do objetivo profissional. No entanto, a habilidade deve ser bem simples, no formato de um adjetivo.

Destacar experiência

Dizer somente uma habilidade ou formação fora de contexto não diz muito para quem está selecionando currículos. Por exemplo, “bacharel em Tecnologia da Informação com Mestrado em Análise de Sistemas bastante focado procurando atuação na área”, todas essas informações já se encontram em outros campos. Então, use esse campo para manter a objetividade e destacar experiências. Esse exemplo ficaria melhor como “bacharel em tecnologia da Informação bastante focado que atuou 2 anos na área de desenvolvimento de sistemas buscando aprimorar ainda mais seus conhecimentos em infraestrutura”

Criar um vínculo com a empresa

Caso você tenha conhecimento suficiente de alguma característica especial e bastante reconhecida da empresa, como o clima organizacional, ambiente ou formato de liderança, você pode destacar isso em seu objetivo profissional para demonstrar que você se encaixa na cultura da empresa. Um exemplo seria “Conseguir ainda mais experiência na área de UX Design a partir de um ambiente profissional que seja flexível e desafiador”

Personalização

Pode ter certeza que pessoas recrutadoras estão cansadas de ler frases prontas no campo de objetivos profissionais. Faça com que esse campo seja único e reflita um pouco da sua personalidade, mesmo que em poucas palavras. Para isso, tudo conta, desde a escolha de palavras até a organização da sintaxe do texto. 

O que colocar no objetivo profissional?

Antes de tudo, é importantíssimo prestar atenção no que a vaga disponibilizada exige das pessoas interessadas. Desse modo, será possível adequar os seus objetivos de acordo com as especificações.

Para preencher o objetivo profissional de forma adequada, se atente aos pontos abaixo:

  • Pretensões em relação àquela candidatura — demonstrando como você pode efetivamente contribuir para a empresa, aqui quanto mais informações você tiver sobre a empresa melhor, destaque os desafios e como você pode ajudar.
  • Cargo pretendido.
  • Área que você deseja atuar.
  • Quais oportunidades você está buscando.

Lembrando que o objetivo profissional deve ser bem sucinto, sem passar de quatro linhas, ou corre o risco de ele não ser lido por completo. Assim, você deverá se atentar a quais desses dados são realmente importantes para que a área e vaga que você está se candidatando. 

O que evitar no objetivo profissional do currículo?

Muitas pessoas que querem se candidatar a uma vaga acabam não colocando um objetivo profissional no currículo, provavelmente com a esperança de se encaixar em qualquer lugar da empresa. No entanto, definir essa parte é muito importante para o seu plano de carreira. Fora esse erro, de deixar de fora o objetivo profissional, confira outras atitudes que devem ser deixadas de lado ao construir essa parte de seu currículo:

  • Exagerar no tamanho e na quantidade de informações do objetivo profissional;
  • Colocar metas e objetivos que pouco se relacionam com a área em questão;
  • Construir um objetivo profissional pouco específico;
  • Utilizar frases de efeito prontas e clichês;

10 exemplos de objetivos profissionais para inspirar!

Vamos ver o que colocar a depender do seu nível profissional, seja sua primeira entrevista de emprego, ou seja você Júnior, Pleno ou Sênior

Para primeiro emprego

Conseguir a primeira entrevista de emprego pode ser um desafio, uma vez que não há experiência profissional concreta para se adicionar ao currículo e não há um conhecimento sólido sobre o que se espera como objetivo profissional. Por isso, uma boa escolha pode ser:

1. “Aprender a resolver problemas e ganhar experiência profissional de forma efetiva e criativa em uma posição completamente nova e desafiadora a longo prazo”. 

Por que funciona: Esse modelo é pautado na sinceridade. É seu primeiro emprego, logo, é evidente que você não terá experiência e não saberá o que esperar disso. Logo, você pode demonstrar que há disponibilidade para aprender e progredir na empresa.

Para Juniores

Juniores são pessoas que acabaram de entrar no mercado de trabalho mas já contam com alguma experiência, seja em estágios ou primeiros empregos anteriores. 

2. “Ter um cargo desafiador que utilizado toda a minha capacidade e experiência em X, enquanto há espaço para meu desenvolvimento profissional e de minha carreira”

Por que funciona: Você é capaz de demonstrar sua experiência anterior, além de evidenciar o fato de que você deseja continuar e se desenvolver ainda mais nesse ramo. 

3. “Buscar uma vaga com oportunidades para desafios profissionais”

Por que funciona: Pessoas que estão dispostas a entrar em um ambiente profissional e enfrentar os desafios que ele propõe são bem vistas por pessoas recrutadoras. 

Para Plenos

Plenos são pessoas que já passaram por, aproximadamente, 5 anos de trabalho em uma determinada vaga e já possuem bastante experiência e conhecimento. Essas pessoas, inclusive, podem ser pequenas lideranças de equipes menores. 

4. “Aperfeiçoar minhas habilidades profissionais em um ambiente de trabalho favorável, estável e dinâmico”

Por que funciona: Esse objetivo cria um vínculo com o ambiente profissional da empresa e ainda abre espaço para que você fale das suas principais habilidades profissionais.  

5. “Utilizar minhas habilidades profissionais para alcançar meu objetivo X, auxiliando a companhia a alcançar o seu objetivo máximo, que é Y”

Por que funciona: Esse objetivo profissional estabelece uma conexão com o objetivo da empresa e o seu. Dessa forma, a pessoa empregadora tem a ideia de que é uma situação em que ambos os lados saem ganhando, afinal, você recebe o que deseja e a empresa também. 

6. “Estar em constante contato e atualizar-me a todo instante em relação à tecnologias disruptivas”

Por que funciona: Para uma pessoa Plena, estar em contato com tecnologias de ponta é essencial. Afinal, você está em uma posição em que ainda há muito mais para desenvolver, mas você também já não é principiante. Esse interesse demonstra que você não visa a estagnação em uma só posição, e que pretende continuar estudando. 

Para Seniores

Seniores são pessoas que atuam em determinada área por volta dos 10 anos. Isso significa que eles compreendem as minúcias de cada processo e sabem muito bem como a liderança de uma equipe. Por conta disso, esse tipo de pessoa está em outro nível, o organizacional. 

7. “Procurar estar em constante atualização com as mais recentes metodologias”

Por que funciona: Dentro do ambiente organizacional, as metodologias de trabalho são muito importantes, pois ditam como será o processo de funcionamento interno da empresa. As pessoas Seniores são responsáveis por aplicar e difundir esse conhecimento em sua equipe de trabalho na maioria das vezes. Por isso, saber que você é uma pessoa desse nível e que se preocupa com questões organizacionais pode ser um ponto muito positivo para pessoas recrutadoras. 

8. “Participar de um ambiente organizacional construtivo que me permita estabelecer uma excelente comunicação com pessoas e clientes”

Por que funciona: Seniores podem acumular outros cargos, como Product Manager e Scrum Master, por exemplo. Em alguns desses casos, o contato com pessoas, partes interessadas e clientes será constante. Por isso, a depender da vaga, pode ser benéfico demonstrar que você tem essa disponibilidade. 

Para cargos altamente qualificados

Quando falamos em cargos altamente qualificados, estamos falando de pessoas diretoras e até mesmo CEOs. Afinal, você pode não saber, mas CEOs podem também precisar de uma espécie de currículo quando querem oferecer propostas de fusão ou interação com outras empresas parceiras. 

9. “Integrar uma companhia que ofereça um ambiente agradável, positivo e estável, que me permita inovar a cultura de trabalho para todas as equipes envolvidas.”

Por que funciona: No caso de pessoas diretoras, que integrarão conselhos e resolverão questões de mais alto nível, é importante demonstrar que bem-estar e inovação são as qualidades mais importantes de se preservar em uma empresa. Afinal, é isso que grande parte delas busca.  

10. “Ter acesso a mais novas tecnologias, contribuindo positivamente para inovação do ambiente de trabalho a partir da implementação delas, com foco na constante melhoria da empresa. ”

Por que funciona: Uma pessoa CTO ou CEO de uma empresa poderia mostrar esse objetivo como parte de uma reunião de negócios para definir a compra de uma nova empresa ou fusão, por exemplo.  

4 Modelos de frases para objetivo profissional!

Confira algumas frases para você usar de base para construir suas respostas. Lembre-se que recomendamos fortemente que você não apenas as copie e cole no seu currículo, mas que as personalize e as especifique a partir da área que deseja atuar. 

Procuro trabalhar como ______________ na área de ____________ com intuito de ______________ (…)
Com vasta experiência na área de __________, busco atuar como ____________ para promover _________ (…)
Meu principal objetivo profissional é colocar minhas habilidades de ________ em prática, pois almejo _____________ (…)
Gostaria de ter a oportunidade de atuar como _______________, na área de ___________ para demonstrar que sou capaz de lidar com ___________ e contribuir com ___________ (…)

Como vimos ao longo do texto, preencher corretamente o objetivo profissional em seu currículo envolve duas habilidades principais: a capacidade de fornecer informações atualizadas e a objetividade. Portanto, destaque a sua experiência e os seus cursos, mas nada de exagerar com textos muito longos, certo?

Lembre-se que o Objetivo Profissional pode ser qualquer coisa que a empresa busque em uma relação profissional com a pessoa candidata. Desse modo, pense sempre o que você espera desse relacionamento ao escrever essa seção. 

Continue aprendendo ainda mais sobre o assunto lendo agora sobre Informações complementares, como escrever esse campo do seu currículo?

2 comments
Deixe um comentário
Você também pode gostar