Preencher o currículo pode parecer uma tarefa puramente operacional: você coloca o nome da instituição, seus cursos, sua formação. Parece fácil, certo? Contudo, há um campo especial que fala muito sobre seu desenvolvimento pessoal e costuma causar confusão nas pessoas: o objetivo profissional.

Pensando nisso, preparamos um post especial para que você entenda definitivamente o que é o objetivo profissional, sua relevância para um currículo e como preenchê-lo. Além disso, apresentaremos alguns exemplos específicos para a área de TI. Neste artigo, você verá:

  • O que é o objetivo profissional e qual é a sua importância?
  • O que colocar no objetivo profissional?
  • O que evitar no objetivo profissional do currículo?
  • 3 exemplos de objetivos profissionais de TI para te inspirar!

Boa leitura!

O que é objetivo profissional e qual é a sua importância?

Antes de mencionar os exemplos diretos, é uma boa ideia explicar o que é, de fato, o objetivo profissional.

O objetivo profissional trata-se, basicamente, daquele campo em que você insere as informações relacionadas a sua área de atuação, o que você espera da vaga, como pretende contribuir dentro da empresa e a importância daquele trabalho em sua trajetória.

Ele é uma parte essencial de um currículo, mas isso não significa que ele precisa ser extenso demais — três ou quatro linhas são suficientes para transmitir a sua mensagem.

Preencher corretamente essa informação é importante para alinhar o perfil profissional ao que a empresa contratante espera. Isso faz com que a pessoa tenha mais chances de conquistar efetivamente aquela vaga ou, ao menos, conseguir um convite para uma entrevista.

O que colocar no objetivo profissional?

Antes de tudo, é importantíssimo prestar atenção no que a vaga disponibilizada exige das pessoas interessadas. Desse modo, será possível adequar os seus objetivos de acordo com as especificações.

Para preencher o objetivo profissional de forma adequada, se atente aos pontos abaixo:

  • Pretensões em relação àquela candidatura — demonstrando como você pode efetivamente contribuir para a empresa, aqui quanto mais informações você tiver sobre a empresa melhor, destaque os desafios e como você pode ajudar.
  • Cargo pretendido.
  • Área que você deseja atuar.

O que evitar no objetivo profissional do currículo?

Muitas pessoas que querem se candidatar a uma vaga acabam não colocando um objetivo profissional no currículo, provavelmente com a esperança de se encaixar em qualquer lugar da empresa. No entanto, definir essa parte é muito importante para o seu plano de carreira.

O mesmo vale para as pessoas que costumam exagerar nos objetivos, principalmente quando elas discorrem sobre metas que têm pouco a ver umas com as outras. Isso demonstra falta de foco, o que pode acabar tornando o seu currículo “generalista” demais — ou seja, sem um campo no qual você se destaque.

É preciso pensar, também, que o espaço no currículo para informações relevantes, além das qualificações e experiência, é escasso. Por isso, é bom mostrar objetividade na hora de expor as suas ambições, seja breve e vá direto ao ponto.

Outro erro frequente é usar frases prontas e de efeito, como “Busco evoluir profissionalmente”, tenha cuidado com frases desse tipo, não costumam pegar bem, use a criatividade, nesses momentos autenticidade é a melhor opção.

3 exemplos de objetivos profissionais de TI para te inspirar!

Agora que entendemos o conceito de objetivo profissional, que tal mostrar alguns exemplos práticos de objetivos profissionais na área de TI?

Para uma pessoa da área de TI com experiência no mercado, uma boa opção é escrever algo assim:

“Profissional de TI com uma formação na área, certificação e alguns anos de experiência. Meu principal objetivo é ampliar habilidades técnicas e gerenciais e desenvolver outras aptidões relacionadas ao meu campo de trabalho. Dessa maneira, me candidato ao cargo de analista de sistemas da empresa.”

Caso você ainda seja um iniciante na área de TI, mas já tenha cursado uma formação de alto nível, um bom exemplo de objetivo profissional seria: “Profissional de TI com sólida formação em desenvolvimento back-end, sempre buscando implementar soluções inovadoras e criativas. Espero contribuir com as minhas habilidades para cumprir todos os requisitos operacionais do trabalho com websites.”

Agora, caso você seja um profissional mais experimentado na área de desenvolvimento de software, pode tentar o seguinte: ” Trabalho com desenvolvimento de software há 5 anos, com sólida formação em JavaScript, CSS e HTML, com os respectivos certificados. Espero agregar as habilidades e desenvolver soluções digitais personalizadas, ágeis e criativas.”

Como vimos ao longo do texto, preencher corretamente o objetivo profissional em seu currículo envolve duas habilidades principais: a capacidade de fornecer informações atualizadas e a objetividade. Portanto, destaque a sua experiência e os seus cursos, mas nada de exagerar com textos muito longos, certo?

Gostou do artigo e quer conhecer as formações que têm tudo a ver com o que o mercado mais tem cobrado em termos de TI? Então, aproveite e baixe o nosso currículo agora mesmo!

0 Shares:
Você também pode gostar