A Amazon Web Services (AWS), serviço de computação em nuvem da Amazon, vai lançar duas iniciativas com foco em robótica: um serviço que permite desenvolver aplicações voltadas a frotas de robôs e um programa de aceleração de startups da área. 

O anúncio foi feito durante a conferência “re:Invent”, promovida pela gigante do comércio eletrônico, que ocorre durante esta semana em Las Vegas. 

Segundo a AWS, o convívio com desenvolvedores e operadores de robôs nos últimos anos fez com que a empresa percebesse que os profissionais encontram dificuldades em trabalhar com diferentes tipos de robôs, como veículos guiados autônomos (AGV), veículos móveis autônomos (AMR) e manipuladores robóticos. 

Isso ocorre porque muitos clientes costumam escolher não apenas diferentes tipos de  robôs, mas também de fornecedores variados, o que resulta em uma frota de máquinas muito heterogênea trabalhando em um mesmo local.                    

Os operadores precisam acessar os dados unificados para criar aplicações que funcionem para toda a frota. O problema é que quando um novo robô é introduzido em uma operação autônoma, é necessário um trabalho complexo e demorado de integração de software para conectá-lo aos sistemas de gerenciamento.

Pensando nisso, a AWS lançou uma versão prévia do IoT RoboRunner, um serviço de robótica que tem o propósito de facilitar a criação e implementação de aplicações que ajudem frotas de robôs a trabalharem em conjunto de forma sincronizada.

IoT RoboRunner

A nova solução apresentada pela empresa oferece aos desenvolvedores um repositório de dados centralizado para toda a frota, além de um registro para estabelecer os destinos em uma determinada instalação e outro para monitorar todas as tarefas executadas pelos robôs.

De acordo com a AWS, é possível fazer o download do Fleet Gateway Library para desenvolver códigos de integração necessários para conectar os robôs e os sistemas de gerenciamento ao IoT RoboRunner, o que permite enviar e receber dados sobre frotas individuais. 

Pessoas distintas em volta de uma mesa para reuniões.
A AWS também anunciou um programa de aceleração de startups de robótica, chamado AWS Robotics Startup Accelerator.

Para visualizar os robôs, status dos sistemas e progresso das tarefas em uma única interface, o IoT RoboRunner oferece APIs que permitem criar uma aplicação de usuário. 

O serviço ainda conta com amostras de aplicações para designar tarefas aos robôs de forma mais rápida. É possível personalizar o código de designação de tarefas de acordo com os requisitos da empresa. 

O público-alvo do RoboRunner será grandes corporações industriais, que costumam utilizar uma variedade de máquinas com diferentes funções. 

Programa de aceleração de startups

Durante o  “re:Invent”, a AWS também anunciou um programa de aceleração de startups de robótica, chamado AWS Robotics Startup Accelerator. A iniciativa contará com a colaboração da MassRobotics

Segundo o anúncio da gigante do e-commerce, existem poucas empresas de robótica comercial bem-sucedidas atualmente. Um dos desafios deste mercado é encontrar um produto capaz de atender às necessidades específicas de uma companhia, principalmente diante do cenário dinâmico e imprevisível do mundo real.                 

Além disso, construir um robô com um nível elevado de autonomia e inteligência requer uma série de habilidades que muitas vezes são difíceis de se encontrar em profissionais. Por fim, a empresa cita que o campo da robótica requer altos investimentos em sensores, atuadores e hardware mecânico.

O objetivo do novo programa de aceleração da AWS, portanto, é ajudar startups em fase inicial; ou seja, que obtenham uma receita abaixo de US$ 10 milhões e que tenham levantado menos de US$ 100 milhões em investimentos.

As empresas selecionadas pelo programa terão acesso a treinamentos especializados, mentoria com especialistas em robótica, além de US$ 10 mil em créditos na AWS.

Deixe um comentário
Você também pode gostar