Você já ouviu falar no termo startup unicórnio? Bom, antes de entender o que essa expressão significa, é preciso estar ciente do que é uma startup. Em palavras simples, podemos dizer que se trata de um modelo de empresa inovador, cujo negócio é escalável — pode ser expandido para alcançar um maior número de clientes — e repetível — entrega produtos padronizados. Em geral, essas empresas também aplicam metodologias ágeis em seu gerenciamento.

No entanto, estamos aqui para esclarecer por que algumas delas são chamadas de unicórnio, certo? Nos tópicos abaixo, você encontrará a explicação:

  • o que é startup unicórnio e como surgiu esse termo?
  • Quais são as características de uma startup unicórnio?
  • Quais são as principais startups unicórnio do Brasil e do mundo?

Tenha uma boa leitura!

O que é startup unicórnio e como surgiu esse termo?

Utilizado pela primeira vez em 2013 pela investidora Aileen Lee, o termo startup unicórnio faz uma espécie de brincadeira ao sugerir que esse tipo de empresa é tão raro quanto o ser mitológico. É verdade que, analisando racionalmente, a tal criatura aparentemente não existe. Mas, quando se fala em startups, podemos dizer que há alguns unicórnios espalhados por aí.

De fato, não são tantos, pois essa é uma classificação difícil de ser conquistada. Afinal, para ter o privilégio de ser comparada a esse belo ser mítico, a startup deve ser avaliada em 1 bilhão de dólares. E tem mais: esse feito precisa ser alcançado antes que a empresa abra seu capital em bolsas de valores.

Após vender suas ações para o público, os unicórnios passam a ser chamados de IPOgrifos. Trata-se de outra brincadeira que liga a entidade mitológica hipogrifo ao termo Initial Public Offering, que indica a abertura do capital da empresa. Além disso, há ainda o termo decacorn, ou decacórnio, que é designado para startups que conquistaram um feito ainda mais impressionante: atingir a avaliação de 10 bilhões de dólares, como Uber, WeWork e Dropbox.

Quais são as características de uma startup unicórnio?

No Brasil, temos cada vez mais startups sendo criadas e, segundo o Abstartups, o país já conta com um total de 13.174 empresas que seguem esse modelo, sendo que os estados que concentram a maior quantidade delas são São Paulo, com 3.850, Minas Gerais, com 1.132, e Rio Grande do Sul, com 932. Já as cidades com maior número de startups no país são São Paulo, com 2.678, Rio de Janeiro, com 706, e Belo Horizonte, com 605.

Apesar desses números elevados, poucas startups atingem a marca de unicórnio e isso se deve as suas características diferenciais, como inovação tecnológica e visão de futuro. Veja quais são elas!

São inovadoras

Inovar é uma palavra-chave nas startups unicórnio e não é por acaso que elas revolucionaram os segmentos em que atuam. O iFood, por exemplo, transformou a forma como lidamos com a nossa alimentação, popularizando o delivery de refeições. Já a Uber quebrou os antigos paradigmas dos serviços de transporte.

Mantêm o foco no cliente

O foco no cliente está diretamente ligado ao espírito inovador dessas startups. Afinal, os produtos gerados por elas têm o objetivo de sanar alguma dor das pessoas para as quais são destinados. Em outras palavras, elas transformam problemas da nossa realidade em soluções acessíveis ao público geral.

São pioneiras

Outra característica presente em uma startup unicórnio é a aprimorada visão de futuro que seus fundadores possuem. É ela que torna possível encontrar soluções pioneiras para colocar essas empresas em uma posição de vantagem no mercado.

Investem em tecnologia de ponta

A tecnologia anda de mãos dadas com as startups unicórnio. Não é à toa que os produtos oferecidos por elas, na grande maioria das vezes, são serviços de softwares e aplicativos inovadores.

Quais são as principais startups unicórnio do Brasil e do mundo?

De acordo com o CBInsights, existe um total de 474 startups unicórnio ao redor do mundo. A maioria delas está concentrada na China e nos Estados Unidos, mas existem algumas brasileiras na lista. Veja quais são as principais logo abaixo!

Nubank

Fundada em 2013, ela foi uma das primeiras startups do ramo financeiro no país e teve boa aceitação no mercado. Em 2018, após um aporte de 150 milhões de dólares, anunciou ter atingido o status de unicórnio.

99

Sendo a primeira startup brasileira a entrar para a lista de unicórnios, a 99 é um exemplo de como continuar inovando para se manter relevante no mercado. Mesmo enfrentando a concorrência da Uber, a empresa que surgiu originalmente para facilitar o serviço de táxi, conseguiu expandir sua atuação criando o 99 Empresas e o 99 Food.

Gympass

Com uma ideia simples e prática, a Gympass ganhou popularidade no mercado brasileiro e garantiu seu status de unicórnio. Basicamente, a startup permite que, por meio de uma assinatura paga, as pessoas possam desfrutar de milhares de academias — o serviço já conta com mais de 19 mil opções cadastradas.

Quinto Andar

Essa startup surgiu com uma proposta interessante para resolver um problema muito comum na locação de imóveis: conceder ou obter garantia, seja através de seguro, fiador ou cheque. Seu serviço ganhou ainda mais força quando a empresa expandiu sua atuação para a área de compra e venda. Assim, em 2019, finalmente se tornou um dos unicórnios brasileiros.

Stripe

Avaliada em cerca de 36 bilhões de dólares, a Stripe é uma das startups mais valiosas do mundo. A empresa é sediada nos Estados Unidos e tem a proposta de ser uma facilitadora para pagamentos online, cujo foco é desenvolver infraestruturas para esse tipo de operação e prevenir fraudes.

Airbnb

Fundada em 2008 nos Estados Unidos, a Airbnb é uma referência mundial quando se trata da busca de hospedagem em casas particulares. Atualmente, seu capital é avaliado em cerca de 18 bilhões de dólares e sua atuação abrange 81 mil cidades espalhadas por todo o mundo.

ByteDance

Proprietária do famoso aplicativo Tik Tok, a ByteDance foi fundada em 2012 e vale em torno de 75 bilhões de dólares. A empresa, que tem origem chinesa, também é dona do app de notícias Jinri Toutiao e da startup Jukedeck.

Loft

A Loft nasceu em 2018 do desejo em mudar o mercado imobiliário, até então considerado obsoleto e pouco transparente. Trata-se de plataforma digital que faz uso da mais alta tecnologia para simplificar a vida de todas as partes envolvidas no processo de compra, venda financiamento e reforma de um apartamento. Ela atingiu a marca de unicórnio em 2020, após 16 meses de operação.

Como foi possível perceber, uma startup unicórnio é uma empresa inovadora que foge do óbvio e busca solucionar os problemas do seu público de forma simples e eficiente. Mas e você, já tem alguma ideia pioneira para revolucionar o mundo?

Gostou do conteúdo? Então não deixe de conferir um conteúdo completo sobre as startups.

5 Shares:
Você também pode gostar