Você já viu em algum lugar a palavra pensamento computacional? Ou até mesmo já chegou a pensar sobre o que ela significa? Pois bem, é uma forma de pensar que utilizamos muitas vezes em nosso dia a dia sem perceber, e provavelmente você já chegou a se perguntar se é necessário pensar como um computador. A base dela é a tecnologia em si, porém não necessariamente ela é utilizada apenas para computadores.

Com a grande correria de nosso cotidiano, algumas vezes acabamos realizando as tarefas e resolvendo os problemas de forma automática, e com isso algumas coisas acabam ficando mal resolvidas ou até mesmo incompletas, por não pararmos para pensar o que realmente deveríamos fazer para dar certo.

Quando temos um determinado problema, por maior que seja, podemos pensar como ele poderia ser resolvido. Talvez se colocarmos alguns padrões, ou até mesmo selecionando algumas partes mais complexas para serem resolvidas separadamente e adicionarmos algum passo a passo, teremos uma maior eficácia em relação ao problema.

Neste texto, vamos explicar o que é o pensamento computacional e qual a importância dele. Sendo assim continue com a gente e ótima leitura!

O que é Pensamento Computacional?

Pensamento computacional significa ter uma forma de pensar ou até mesmo ter uma estratégia para resolver determinadas situações ou problemas de forma eficaz com bases computacionais. Muitas vezes, por envolver a palavra “Computacional”, imagina-se que ela está relacionada apenas à computação, mas não, qualquer problema pode ser resolvido com o pensamento computacional.

Vamos imaginar um cenário no qual uma pessoa estudante precisa resolver a seguinte conta:

2+2 x 2

Imediatamente ela vai pensar que é uma conta simples e que o resultado dessa conta é 8. Porém, dessa forma, não estamos pensando diretamente no problema que temos, estamos simplesmente batendo o olho e resolvendo de forma automática. 

Ao utilizar o pensamento computacional nessa situação, separaremos esse problema em partes.

Em primeiro lugar, a pessoa lembra de uma regra básica da matemática, na qual a multiplicação é resolvida primeiro. Após isso já vai ser possível entender que a primeira conta a ser feita vai ser 2 x 2 e depois + 2.  Então, automaticamente, ela vai inverter as posições dos números e vai chegar no seguinte resultado:

2 x 2 + 2 = 6

Com isso, pode-se observar que quando paramos para entender o problema e sabemos alguma lógica de como resolvê-lo, tudo se torna mais fácil, sendo assim possível obter uma resposta mais assertiva.

Qual a importância do Pensamento Computacional ?

O pensamento computacional pode ser utilizado para vários afazeres e situações, o que nos traz cada vez mais benefícios. Isso faz com que ele se torne cada vez mais importante em nossa rotina diária, fazendo com que as pessoas tenham mais assertividade no momento de resolver um determinado problema.

Atualmente, muitas escolas e universidades já têm uma matéria denominada como “Pensamento Computacional” para cada vez mais as crianças e adolescentes, desde muito cedo, saberem estruturar e resolver melhor os problemas que chegam a elas.

Qual a importância do pensamento computacional para a educação?

Na educação, o pensamento computacional faz com que o aluno, em uma escola, apresente um maior desenvolvimento, quando desde pequeno, começa a desenvolver essa forma de pensar, aprendendo a construir um pensamento lógico, fazendo com que a facilidade de resolver outros problemas de outras disciplinas acabe sendo maior.

No mundo tecnológico em que vivemos nos dias de hoje — e que cada vez mais a tecnologia estará mais presente — faz com que seja necessário que a criança tenha uma base bem sólida sobre habilidades que possam ajudar no seu desenvolvimento em determinadas tomadas de decisões, e, com isso, estará preparada resolver problemas, sejam eles pessoais ou profissionais, sabendo exatamente a ferramenta que deve utilizar para isso.

Quais são os 4 pilares do Pensamento Computacional ?

Com base na importância do pensamento computacional e como utilizamos ele em nosso dia a dia muitas vezes sem nem ao menos perceber, podemos observar que ele é divido em quatro pilares, cada um com sua importância, sendo eles:

Decomposição

Se resume na habilidade de dividir um determinado problema em partes menores, fazendo com que isso facilite na visualização dos detalhes para chegar em uma melhor solução.

Quando separamos um problema em partes menores, conseguimos entender com mais nitidez o que está acontecendo, o que faz com que seja resolvido de uma forma mais rápida e simples.

Pilar decomposição do pensamento computacional

Abstração

É a habilidade de filtrar informações relevantes dentro de um determinado problema, deixando de lado pontos que acabam sendo irrelevantes para torná-lo mais compreensivo.

Geralmente, quando temos um problema, muitas vezes algumas partes acabam se tornando menos prioritárias. Ao tirarmos alguns pontos, conseguimos nos concentrar melhor no que precisa ser resolvido primeiro. 

Abstração pensamento computacional

Reconhecimento de Padrões

É a habilidade de olhar para o problema e tentar enxergar padrões, ou seja, aspectos comuns que possam facilitar a obtenção de uma solução mais rápida e assertiva.

Imaginando o seguinte cenário — no qual temos um quebra cabeça —, para facilitar a montagem podemos tentar definir dois padrões como: as cores das peças e as peças que formam o contorno do jogo, para que no momento em que começar o processo de montagem podemos iniciar pelas peças que já têm algum padrão.

Exemplo de reconhecimento de padrões

Algoritmo

É a habilidade de montar uma sequência lógica para resolver o problema. Normalmente, em nosso dia a dia quando vamos fazer uma determinada tarefa, já temos uma sequência lógica de como realizar determinada função, mas muitas vezes isso acaba sendo feito de uma forma automática que acabamos por não percebê-la. 

Suponhamos que vamos fazer um bolo. Muitas vezes, costuma-se seguir uma determinada receita para obtermos o resultado correto. Sendo assim, se não seguirmos, pode ocorrer o fracasso da receita.

Passo a passo

Como o Pensamento Computacional influencia no seu dia a dia?

Com base nos quatros pilares citados acima, podemos observar que o pensamento computacional exerce um grande papel em nosso dia a dia. Uma grande parcela das tarefas que são realizadas em nosso cotidiano apresentam características de um pensamento computacional.

Atualmente, vivemos em um mundo onde muitas pessoas estão correndo contra o tempo, no qual sempre existe um problema ou outro para ser resolvido. Com tantas tarefas no decorrer do dia, utilizar o pensamento computacional pode fazer com que nosso tempo seja melhor aproveitado.

Supondo que tenhamos que ir ao supermercado fazer compras para a casa, temos uma lista pronta com os seguintes alimentos: arroz, feijão, macarrão e molho de tomate. Ao passar pelas prateleiras, levando em consideração que o macarrão fica no mesmo corredor que o molho de tomate, pode-se economizar o tempo pegando tudo que preciso daquele corredor, fazendo com que o tempo gasto seja menor do que se tivesse que voltar ao corredor para pegar um dos produtos depois de já passar por eles.

No final de tudo, utilizando algumas habilidades relacionadas ao pensamento computacional, podemos agilizar muito nosso tempo e ter mais assertividade nas soluções dos problemas.

Quais as principais habilidades desenvolvidas pelo Pensamento Computacional ?

Esse pensamento nos traz várias habilidades diferentes, sendo elas: a maneira de pensar, a criatividade ao solucionar um problema e até mesmo o desenvolvimento cognitivo. Muitas vezes, nas escolas, estudantes acabam sendo cobrados por esse esforço no momento de executar uma tarefa para cada vez mais, estarem preparados para solucionar problemas mais complexos.

Algumas habilidades que podem ser desenvolvida com esse Pensamento Criativo são:

Autonomia

Uma habilidade desenvolvida com a ajuda do pensamento computacional, fazendo com que a pessoa tenha uma certa liberdade para entender o problema e chegar em uma solução com uma confiança maior.

Planejamento

Quando se tem um problema a ser resolvido, ele não deve ser simplesmente pego e já solucionado. Deve existir todo um planejamento por trás para obter um maior sucesso. O pensamento computacional ajuda o indivíduo a entender e planejar o que deve ser feito, ganhando então a habilidade de planejar algo e ter uma gestão maior da situação.

Capacidade de aprendizado

O desenvolvimento dessa habilidade traz algumas capacidades como observar, analisar, entender e selecionar pontos relevantes de um determinado problema, fazendo com que todas essas competências possam ser aplicadas em diversas situações diferentes.

Resolução de problemas

Assim como a capacidade de aprendizado, a forma que a pessoa separa, observa e resolve um problema utilizando a lógica faz com que um problema grande se torne algo menor e mais simples de ser resolvido.

Raciocínio lógico

Muitas pessoas têm em mente que o raciocínio lógico está apenas voltado para a área de exatas, mas não, esse raciocínio pode ser utilizado em vários momentos e áreas diferentes.

Programação e pensamento computacional? Entenda a relação e importância!

O mundo da programação consiste em várias resoluções de problemas no cotidiano, seja ele simples ou mais complexo. Ao fazer uma relação com o pensamento computacional, podemos encontrar um complemento entre eles.

No momento em que um desenvolvedor ou desenvolvedora seleciona um problema para resolver ou até mesmo uma pessoa cliente acaba chegando com um problema, ele precisa ser resolvido. 

Quando a pessoa programadora possui esse pensamento estruturado em sua mente, isso pode fazer com que, de certa forma, esse problema seja resolvido de uma maneira mais fácil, analisando, estruturando, pensando nas bases do pensamento computacional e conseguindo chegar na solução de uma maneira mais simples e assertiva.

Ao iniciar a matéria de programação na escola, pode-se dizer que um dos primeiros pontos a ser ensinado é “algoritmo“, fazendo com que a pessoa já tenha que ter uma estrutura em mente de como solucionar um determinado problema.

Pensando no cenário no qual uma pessoa cliente contata a pessoa desenvolvedora e fala que precisa de um software para uma lanchonete, ela precisará ter também um pensamento crítico para a criação desse software, bastando não apenas desenvolver. É necessário que haja compreensão de todas as dores da pessoa cliente, suas necessidades e o que realmente deseja como produto final. 

Após todo esse onboarding, deverá existir todo um passo a passo interno, de análise e estruturação, para depois o sistema começar a ser desenvolvido.

Vantagens do Pensamento Computacional

Além de todos contexto sobre o que é o pensamento computacional e qual a sua importância, pode se dizer que uma pessoa que tem esse pensamento sobre determinado problema já está muito à frente, pensando que ao realizar uma pesquisa por exemplo, ela saberá o que exatamente precisa ser pesquisado e qual é o foco daquele determinado problema.

Para isso, trouxemos algumas vantagem ao desenvolver o pensamento computacional, sendo elas:

  • Maior autonomia para resolver um problema.
  • Ajuda na criatividade
  • Problemas complexos pode ser resolvidos com uma maior facilidade
  • Se torna um grande diferencial no mercado de trabalho
  • Auxilia no desenvolvimento cognitivo

De acordo com todas essas vantagens, pode se dizer que quanto mais forçamos a utilizar esse pensamento, mais facilidade teremos em nosso dia a dia.

Como desenvolver o Pensamento Computacional

Diante de todo conhecimento adquirido com as informações acima, pode-se entender que o pensamento computacional não é algo complexo a ser desenvolvido já que muitas vezes acabamos utilizando ele em nosso cotidiano sem perceber, ainda mais com o uso da tecnologia se tornando cada vez mais frequentes.

Muitas pessoas pensam que o pensamento computacional traz valores apenas para pessoas que trabalham com informática, ou estudantes que um dia pensam em ir para a área da tecnologia, mas não, essa capacidade de desenvolver essa forma de pensamento traz muitos benefícios, seja para uma criança ou pessoa adulta que já tem uma profissão escolhida.

A seguir, você pode conferir algumas formas que podem auxiliar no desenvolver o pensamento computacional como:

Escolha jogos que forcem a trabalhar com raciocínio lógico

Alguns jogos de tabuleiro ou de computador são uma boa escolha para quem deseja desenvolver o pensamento computacional. Muitos jogos nos dias de hoje apresentam algumas lógicas mais complexas que podem forçar a utilização do raciocínio lógico até mesmo sem perceber.

Um exemplo seria uma pessoa está jogando um jogo de tabuleiro em que sua personagem não pode ter contato com uma bomba, ela necessariamente precisa encontrar uma forma lógica de conseguir vencer o jogo sem que a bomba a atinja.

Autonomia na tomada de decisão

Sempre que temos um problema para ser resolvido, o ideal é pensar sobre ele até resolvê-lo. O que ocorre, no entanto, é que geralmente pegamos opiniões de outras pessoas e nos acostumamos a deixá-las solucionarem eles por nós. Com isso, acabamos não exercendo nosso intelecto. 

Ao pegar um problema para resolver, tente sempre analisá-lo. Pense em uma estratégia de como aquilo pode ser resolvido e vá trabalhando sua imaginação em relação a ele. Se necessário, anote em um papel todas as soluções possíveis que foram encontradas para o sucesso desse problema.

Não deixe as coisas para última hora

Geralmente, temos mania de adiar alguns afazeres que não são tão legais em nosso cotidiano, e quando chega a última hora para aquilo, talvez o resultado não seja como esperado ou algo pode acabar dando errado.

Sendo assim, caso seu afazer seja algo mais complexo, separe-o em partes menores para facilitar e economizar tempo na resolução. Caso precise de alguma alteração mais adiante, terá tempo para a realização dos ajustes necessários.

Sendo assim, toda essa perspectiva que engloba o pensamento computacional e a rotina das pessoas nos dias de hoje fazem com que seja possível organizar-se melhor, podendo chegar em uma determinada solução com mais eficiência. Gostou do nosso conteúdo? Você pode ler também um pouco sobre desenvolvimento pessoal.

1 Shares:
Você também pode gostar