Quando falamos em autodesenvolvimento, muitas pessoas associam com elementos similares, como desenvolvimento pessoal, sem entender de fato o que essa atividade significa. A questão é que atingir um real protagonismo na carreira não é uma tarefa simples.

Contudo, com dedicação e ferramentas, é possível alavancar seu desenvolvimento profissional e pessoal, chegando a um lugar de destaque dentro de seu ramo de atuação ou até em outros setores.

Neste post, nós vamos mostrar para você tudo sobre o autodesenvolvimento por meio dos seguintes tópicos:

  • O que é autodesenvolvimento;
  • Qual a importância do autodesenvolvimento;
  • Quais são as principais dicas para alcançar o autodesenvolvimento.

Boa leitura!

O que é autodesenvolvimento

Você realmente se sente responsável por suas ações e atos? Ou sente que muitas das coisas que já fez na vida foram influências de outras pessoas, deixando que suas decisões atreladas a carreira ou de outro setor da vida fossem tomadas por terceiros?

O chamado autodesenvolvimento nada mais é que tomar as rédeas de seu processo evolutivo, assumir a responsabilidade acerca de quem você é hoje e ainda de quem quer se tornar. É uma forma de romper os padrões impostos e melhorar dentro do campo pessoal e profissional.

As pessoas que buscam se autodesenvolver têm como principal resultado um crescimento mental, social, físico, espiritual e emocional, ganhando também novas habilidades e competências que as deixam mais estruturadas em sua profissão.

Aquelas que mantêm uma atitude positiva para o autodesenvolvimento são muito mais abertas a viver novas experiências e não são fortemente abaladas quando é necessário haver uma mudança de conceitos ou percepções, adaptando-se com mais facilidade.

Esse processo constante de evolução é chamado de autodesenvolvimento e permite que as pessoas foquem, de forma objetiva, em metas — sejam elas grandes ou pequenas —, lidem com desafios de uma maneira otimizada e se tornem a melhor versão de si mesmas.

Qual a importância do autodesenvolvimento

O autodesenvolvimento é fundamental para deixarmos uma posição de coadjuvante em nossas próprias vidas e nos tornarmos protagonistas dessa história. Com isso, tomamos as rédeas de nossas decisões, buscamos ser uma pessoa melhor em nossa área de atuação e ter uma carreira de sucesso, criamos conexões com outros grupos, entre outros objetivos.

Além de serem mais requisitadas no mercado de trabalho, as pessoas que trabalham o autodesenvolvimento têm diversos ganhos em suas vidas. Alguns deles são:

  • aumento de motivação ─ cria-se uma razão para cada ato, motivando-nos;
  • melhora do relacionamento com os demais ─ mais empatia e vontade de contribuir para a construção de novas coisas;
  • autocontrole ─ capacidade de controlar nossas emoções de uma forma melhor;
  • satisfação ─ prazer em relação às decisões tomadas e suas consequências.

Já no âmbito profissional, os benefícios são ainda maiores, sendo capazes de influenciar toda uma carreira de forma positiva:

  • produtividade ─ busca sempre pela resolução de problemas;
  • alinhamento com as demandas ─ um entendimento sobre o que é necessário para progredir;
  • oportunidades ─ uma visão geral sobre quais as possibilidades de carreira e como aproveitá-las;
  • perspectiva ─ visualização de todas as hipóteses de crescimento profissional.

Quais são as principais dicas para alcançar o autodesenvolvimento

O autodesenvolvimento exige sacrifício, afinal, deve haver uma mudança de direção, uma quebra de paradigmas. Assim sendo, é preciso que você deixe de viver na zona de conforto e passe a  adotar uma nova postura e novos padrões para enxergar o mundo ao seu redor.

Para ajudar você nessa tarefa complexa, criamos uma pequena lista com dicas que podem ser muito valiosas em todo esse processo.

1. Faça uma análise sincera

Você precisa sair de um ponto A para um ponto B, mas, antes mesmo de pegar a estrada até o seu destino, é necessário analisar como está a sua vida hoje, considerando quais são suas principais características, ou seja, aquelas que definem quem você é.

Todos nós somos munidos de qualidades, mas também existem diversos pontos a melhorar. O primeiro passo em busca do autodesenvolvimento pessoal e profissional é entender nossos valores e identificar quais pontos demandam melhorias.

2. Busque inspiração

Sempre conhecemos alguém com uma história de vida inspiradora — sejam pessoas próximas a nós, como amigos e familiares, ou até mesmo famosas, que atingiram sucesso por esforço e dedicação aos seus ideais.

Entenda quais foram as características que contribuíram para o sucesso dessas pessoas e o que você admira na história de cada uma. Elas devem ser uma referência na sua busca pelo autodesenvolvimento, motivando sua caminhada todos os dias.

3. Esteja aberto a feedbacks

Muitas vezes, pensamos estar agindo da forma correta, conforme nossas expectativas, mas alguns detalhes ainda podem estar nos prejudicando e nos impedindo de alcançar metas. A maneira como enxergamos o desenvolvimento pode ser diferente da que outras pessoas vêm. 

No caminho do autodesenvolvimento, buscar o feedback — seja de um gestor ou gestora, seja um familiar que enxergamos como exemplo — é fundamental. Isso nos faz enxergar no que estamos tropeçando e o que devemos reforçar. 

4. Estipule metas

Infelizmente, não é possível acordar uma pessoa completamente diferente. Por isso, é importante entender que a mudança acontece gradualmente e por etapas. 

Dessa forma, é preciso estabelecer metas pelo caminho, para garantir que temos claro qual é o objetivo. Assim, podemos estipular, por exemplo, realizar um seminário, fazer uma viagem, praticar meditação, assistir a um curso, entre várias outras atividades a curto, médio ou longo prazo. 

5. Concretize seus planos

Por fim, a última dica que podemos dar a você com relação ao seu autodesenvolvimento é: não fique apenas no planejamento. Execute tudo aquilo que você traçou como meta! Seus objetivos não devem ser apenas ideias no papel. Eles precisam se tornar concretas e factíveis. 

É nesse ponto que muitas pessoas falham e deixam de se autodesenvolver, pois acabam procrastinando e deixando de tomar as rédeas de suas decisões. Planejamento sem execução não é efetivo. 

Esperamos que as dicas passadas aqui possam impulsionar você em direção ao protagonismo e autodesenvolvimento. O tempo passa independentemente de suas decisões, então busque o que é melhor para a sua vida pessoal e profissional.

O que achou de saber mais sobre autodesenvolvimento? Se gostou, não deixe de conferir cinco dicas essenciais para desenvolver seu marketing pessoal.

13 Shares:
Você também pode gostar