O mercado de TI se tornou vasto e extremamente valorizado. As oportunidades para quem se interessa por esse campo também aumentaram de forma significativa. Contudo, as pessoas que querem triunfar nessa carreira enfrentam algumas barreiras específicas.

Mas quais são elas, exatamente. Para você tirar as suas dúvidas, preparamos este post especial. Assim, será mais fácil entender sobre esse ramo de atuação e seus desafios. Você lerá sobre:

  • Conheça as barreiras do mercado de TI;
  • Confira as principais tendências do mercado de TI;
  • Fique por dentro das perspectivas para o futuro;
  • Veja 3 dicas para se destacar na área de TI.

Boa leitura!

Conheça as barreiras do mercado de TI

A principal barreira do mercado de TI tem relação com o déficit de mão de obra qualificada. A transformação digital, que tornou a tecnologia protagonista no mundo dos negócios, apresenta um desafio singular: do mesmo modo que a demanda por profissionais aumenta, o nível de exigência por qualificação também sobe.

Assim, buscar aprofundar os conhecimentos em áreas como o desenvolvimento de softwares é fundamental para se dar bem no exigente mercado de TI. É importante combinar boa formação com eventos, palestras e livros sobre os temas.

A formação é especialmente importante nesse contexto. Isso porque a programação é uma área que exige bastante estudo e dedicação contínua. Portanto, é muito importante buscar cursos de alta qualidade.

Confira as principais tendências do mercado de TI

Agora, conheceremos as tecnologias e as práticas de TI que darão o que falar em um futuro próximo.

Implementação de IA no mundo dos negócios

A inteligência artificial é uma tendência mundial, e o nosso país não vai ficar de fora. Até o fim de 2020, boa parte das empresas nacionais terá implementado a tecnologia em seus modelos de negócio.

A IA está presente em uma infinidade de aplicações: automação de processos, processamento de linguagem natural, análise preditiva e até mesmo na no auxílio aos médicos, já que ela pode ser empregada no estudo de exames.

Uma pesquisa global da IBM sobre a adoção da tecnologia atesta que os projetos com inteligência artificial estão ganhando espaço nas empresas e nos negócios em geral. Isso significa uma maior possibilidade de implementá-la em empresas de pequeno e médio porte, por exemplo.

Como se não bastasse, a IA tende a se tornar parte da experiência geral do usuário, com a crescente introdução de ferramentas de visão computacional, fala e linguagem natural. Isso facilitará o contato das pessoas com diferentes tecnologias e aumentará o alcance de funcionalidades como o reconhecimento biométrico e facial.

5G no Brasil

Se você costuma pensar que a internet em dispositivos móveis é defasada ou muito lenta, temos boas notícias. O 5G está batendo à porta do Brasil, com uma velocidade de conexão até 100 vezes mais rápida ao que temos atualmente. Esse benefício poderá acelerar a transmissão de vídeos e dados, por exemplo.

A entrada do 5G no Brasil e sua popularização pelo mundo terá impacto até mesmo em setores mais complexos, como a saúde. Tornando mais recorrentes os atendimentos online.

Em fevereiro de 2020, a Anatel iniciou as atividades para tirar a tecnologia do papel em nosso país.

Blockchain

A tecnologia conhecida como Blockchain tem a ver com uma modalidade de registro de informações introduzida pelo Bitcoin, a moeda digital mais relevante do mundo. Depois de algum tempo de utilização, as pessoas passaram a entender que aquela invenção poderia ir além do chamado criptomercado.

Como a Blockchain foi criada para registrar transações de forma integral, ela passou a ser utilizada para rastrear mercadorias e garantir que matérias-primas sejam extraídas de fontes confiáveis. Assim, de 2020 em diante, veremos a tecnologia sendo aplicada em diferentes frentes.

Softwares e aplicativos personalizados

Um software personalizado é uma solução digital desenvolvida de acordo com as necessidades de uma empresa que contrata o serviço, com o objetivo de otimizar suas atividades internas. Ele é desenvolvido de forma a atender as metas específicas daquele negócio.

Isso garante vantagem competitiva em relação a concorrentes que ainda utilizem programas mais genéricos. Vale lembrar que também se encaixam nessa categoria os aplicativos, sejam eles internos (para facilitar a comunicação entre os colaboradores) e os externos (acessíveis aos consumidores).

Fique por dentro das perspectivas para o futuro

Segundo um estudo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a tendência é que o mercado de TI apresente déficit de profissionais qualificados em 2024. De acordo com a publicação, serão 290 mil vagas não preenchidas.

Assim, as perspectivas são boas para aqueles que desejam ter uma carreira bem-sucedida no setor. Afinal de contas, o mercado terá muito espaço para pessoas qualificadas. Ainda assim, a exigência também acompanha a demanda. Para conseguir um bom cargo, é necessário estar se atualizando e ter uma boa formação.

Ainda de acordo com o estudo da Brasscom, a perspectiva é de que 229 mil estudantes se formarão, no Brasil, até 2024. O estudo também traz outro dado importante: dessas 77 mil pessoas formadas, muitas delas encontraram trabalhos em outros setores.

Isso mostra que uma formação em tecnologia abre muitos caminhos, uma vez que a transformação digital se estende a outras áreas.

Veja 3 dicas para se destacar na área de TI

1. Aprendizado contínuo

Aprendeu os fundamentos de uma nova linguagem de programação? Ótimo. Contudo, é importante ir além: a tecnologia evolui constantemente, e cabe às pessoas que atuam nesse mercado acompanhar o ritmo das tendências para se manter em dia com os conhecimentos exigidos pela profissão.

Assim, o aprendizado deve ser contínuo. Para se dar bem no mundo da tecnologia e da programação, é preciso estudar sempre, buscar bons materiais para complementar o conhecimento adquirido nos cursos e ter bastante curiosidade sobre o a área.

2. Cursos de bom nível

Os cursos são excelentes para ajudar aqueles que pretendem entrar no mercado de TI o mais rápido possível. Com o ritmo intenso da transformação digital, muitas vezes não vale a pena apostar em cursos universitários. Isso porque eles costumam ficar rapidamente desatualizados e trazem uma carga teórica muito maior do que a prática, sendo que na área de TI a “mão na massa” é extremamente importante.

3. Especialização no desenvolvimento de software e das soft skills

Modalidades como o machine learning e a ciência de dados vieram para ficar, mas o desenvolvimento de software sempre terá um lugar cativo no mercado. Com cursos de bom nível, você estuda linguagens de programação bastante demandadas pelo mercado, como JavaScript, HTML e CSS.

Além disso, uma boa formação envolve o desenvolvimento das chamadas soft skills, aprendendo a atuar de forma colaborativa dentro das equipes. Esse tipo de habilidade também ajuda a melhorar a comunicação dentro do ambiente de trabalho e o trato com colegas.

Entendeu como o mercado de TI tem crescido bastante no país? Essa realidade não se resume somente ao Brasil, já que a demanda por tecnologia é global. Contudo, como pudemos ver no artigo, também é imprescindível buscar formação de alto nível na área para se firmar nesse campo de atuação.

Gostou desse conteúdo? Então confira outros textos sobre a carreira de TI.

0 Shares:
Você também pode gostar