Você nunca se acostumou àquela rotina tradicional de trabalho envolvendo horários restritos em sua jornada? Caso já tenha pensado em formas de garantir mais flexibilidade para desempenhar suas atividades, você precisa conhecer o nomadismo digital.

O nômade digital é cada vez mais comum, uma vez que muitas atividades profissionais podem ser desempenhadas com a utilização de um computador e uma conexão à internet. Agora, conheceremos mais sobre esse estilo de vida, suas vantagens e desvantagens. Neste post, você verá:

  • O que é o nomadismo digital?
  • Como ser um nômade digital?
  • Quais são as vantagens e desvantagens desse estilo de vida?

Então, continue com a gente e saiba mais!

O que é o nomadismo digital?

Nômade digital é uma pessoa que trabalha exclusivamente online. Dessa maneira, não precisa estar em um escritório ou em uma única cidade, podendo trabalhar em qualquer lugar do mundo desde que esteja conectada à internet.

Exemplos bem-sucedidos de nômades digitais envolvem profissionais de marketing de conteúdo e pessoas que trabalham com programação ou fotografia, por exemplo. Podemos dizer que esse tipo de profissional é definido por dois aspectos fundamentais: a capacidade de ganhar dinheiro pela internet e a possibilidade de se deslocar livremente de uma cidade a outra.

Por outro lado, nem todas as pessoas que trabalham em casa ou remotamente se enquadram na categoria. Afinal de contas, o termo “nômade” se refere àquelas que estão constantemente em movimento. Alguém que consegue exercer suas atividades em sua própria residência tem maior relação com o home office, por exemplo.

Como ser uma pessoa nômade digital?

Como exercer efetivamente este estilo de vida? Na sequência, apresentamos algumas dicas valiosas para você se dar bem.

Busque se especializar em algo que proporcione esta experiência

Você gostaria de ter a possibilidade de trabalhar em um lugar diferente a cada dia? Então, é importante buscar atividades que proporcionem essa experiência. A programação é um ótimo exemplo de área que se enquadra dentro do estilo de vida nômade digital.

Isso porque a equipe de desenvolvimento não precisa estar necessariamente reunida no mesmo ambiente físico. Caso seu desejo seja desenvolver aplicativos ou qualquer tipo de software, é possível se comunicar com seu grupo através de ferramentas como o Zoom ou Slack.

Você consegue até mesmo buscar novos trabalhos por meio da internet, ainda que não tenha um encontro presencial com a pessoa que oferece a oportunidade. Para tanto, pode bastar um contato por alguns dos muitos canais de relacionamento digitais, como o LinkedIn, as mídias sociais e sites dedicados a expor oportunidades de trabalho.

Seja freelancer

Freelancers conseguem se enquadrar em projetos já em andamento e principalmente de forma remota. Além disso, não é preciso um grande investimento para ter oportunidades: basta ter um equipamento como notebook e acesso à internet. Assim, você poderá se enquadrar em muitas áreas, como marketing digital, gerenciamento de mídias sociais e programação, sem precisar de um vínculo formal com a empresa.

Inclusive, o próprio estilo de vida do freelancer favorece o nomadismo digital. Como essa pessoa não tem obrigatoriedades jurídicas, fica mais fácil conseguir demandas temporárias pela internet, com a possibilidade de combinar vários trabalhos ao mesmo tempo.

Faça cursos online

Sabe o que é a melhor coisa dos cursos online? Você pode fazê-los enquanto se desloca livremente pelo mundo, já que uma conexão à internet , a vontade de estudar e dedicação são suficientes. Desse modo, você não precisa estar vinculada ao ambiente escolar físico e ainda adquire habilidades importantíssimas.

É uma forma de manter a produtividade mesmo durante os deslocamentos. Adquirindo conhecimento e se especializando de praticamente qualquer lugar.

Solicite atividades remotas no seu trabalho

Se você já trabalha em alguma empresa tradicional e não quer abandonar essa ocupação, é provável que muitas das tarefas que faz em seu computador possam ser feitas em sua própria casa. Assim sendo, converse com a sua chefia e solicite atividades remotas.

Contudo, é muito importante que você tenha responsabilidade para entregar o que é pedido, dentro dos prazos aplicáveis. Ser nômade digital não significa cortar as horas necessárias de trabalho.

Vantagens e desvantagens de ser nômade digital:

Mas quais exatamente são os principais benefícios do nomadismo digital? E as possíveis desvantagens? Vamos conhecê-los abaixo!

Vantagens

Uma das principais vantagens é a liberdade para se locomover pelos mais diversos lugares. Até o ato de trabalhar pode ser diferenciado: afinal, você poderá tirar algumas pausas e trabalhar em horários alternativos.

Inclusive, a própria produtividade só tem a crescer com o nomadismo digital. Muitas pessoas preferem trabalhar logo cedo e liberar a tarde e o período da noite. Do mesmo modo, outras são mais “noturnas”. O importante é que você terá liberdade de escolha para fazer os horários que tenham mais relação com o seu perfil.

Caso esteja querendo se tornar um nômade digital, é provável que uma rotina fixa não se encaixe tanto com suas características. Dessa maneira, você obtém mais flexibilidade para planejar as atividades de acordo com suas preferências.

Desvantagens

Como uma pessoa adepta do nomadismo digital costuma não ter rotinas, pode ser que ela encontre escassez de trabalhos flexíveis ao longo do ano.

Dessa forma, é preciso ter toda a força de vontade necessária para cumprir os prazos a tempo e estabelecer o seu nome nesse mercado. Assim, é provável que você ganhe mais indicações e a qualidade do seu trabalho atraia outras pessoas. Ou seja, tenha muito cuidado e disciplina com suas entregas.

Outra possível desvantagem é que a vida nômade pode ser um pouco estressante, principalmente quando você precisa entregar algum trabalho, mas não tem internet a sua disposição. Por outro lado, isso pode ser resolvido com algumas paradas estratégicas.

Por fim, outro ponto negativo é a irregularidade financeira, já que os períodos de demanda podem não ser proporcionalmente distribuídos durante o ano. Para escapar desse cenário, nada melhor do que trabalhar duro e ter planejamento. Assim, nos meses que conseguir mais dinheiro poderá guardar uma quantia para eventuais emergências.

Como pudemos ver no artigo, a pessoa que é nômade digital privilegia a flexibilidade e a liberdade para se locomover, mas sem deixar de exercer sua profissão. Para quem conta com uma boa capacidade de planejamento e deseja conhecer o mundo enquanto trabalha, essa é a opção ideal.

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de acompanhar outros artigos sobre carreira.

7 Shares:
Você também pode gostar