Iniciando sua jornada profissional ou pensando em mudar de área? O trabalho home office já é uma realidade! Segundo uma pesquisa conduzida pela Owl Labs, esse modelo pode ser responsável por um grande aumento de produtividade e qualidade de vida das pessoas.

Segundo a SAP, em 2019, cerca de 35% dos profissionais alocados ao redor do mundo já trabalhavam em home office. No Brasil, entretanto, ainda existem muitas dúvidas sobre o assunto.

Não se preocupe, vamos saná-las ao longo deste post! Nele, você vai entender:

  • O que é home office?
  • Trabalho home office: como funciona?
  • Quais os principais tipos de trabalho home office?
  • Vantagens e desvantagens
  • Principais áreas para atuar home office
  • Como manter a produtividade usando 5 dicas para o trabalho home office?

Boa leitura!

O que é home office?

A tradução literal do termo home office significa “escritório em casa”, mas o sentido da expressão vai além disso no mundo corporativo.

A pessoa que atua em home office não precisa estar realmente em casa. Na verdade, desde que tenha um computador e conexão à internet, pode trabalhar de qualquer local.

Ou seja, profissionais que adotam o modelo home office podem trabalhar de praticamente qualquer lugar — sua casa, um hotel, um café, outro país… Não importa, desde que possa estar conectada.

Podemos conceituar o home office como uma relação de trabalho na qual a pessoa atua de forma remota.

Outro ponto interessante, dentro dessa mobilidade ofertada pelo home office, é o surgimento de espaços compartilhados, também conhecidos como coworkings. Trata-se de um ambiente destinado a compartilhar um espaço de trabalho entre profissionais que atuam de modo remoto, mas que buscam uma infraestrutura que lembre uma empresa.

Além de ser superinteressante buscar um local como esse, que forneça a estrutura necessária de um escritório para o trabalho, a pessoa também pode ampliar seus contatos profissionais. Isso porque convive com colaboradores(as) de outras empresas no mesmo ambiente.

Muitas empresas ao redor do mundo, principalmente em TI, estão investindo em home office. Na hora de adotar esse modelos, as empresas levam em consideração vários benefícios, como a redução de custos e infraestrutura, bem estar dos colaboradores e quebra de barreiras de distância, já que podem contratar profissionais de outros estados/países.

Essa é uma ótima notícia para quem está começando na área de tecnologia, já que pode ampliar suas possibilidades de encontrar uma vaga. Ou ainda para quem pensa em mudar de carreira.

Trabalho home office: como funciona?

O home office explodiu em vários países nos último tempos, e isso é simples de entender. As empresas perceberam que profissionais podem ser muito mais produtivos trabalhando de casa — e as novas tecnologias permitiram isso.

Hoje, existem diversas ferramentas que apoiam o trabalho em regime remoto, permitindo que as pessoas realizem todas as atividades necessárias sem se deslocar até a empresa.

O trabalho remoto não pode ser aplicado em qualquer profissão, já que em muitas áreas a presença física se faz necessária. Então o trabalho remoto é mais comum no setor de tecnologia, educação, administração . Na maioria dos casos, como dissemos, basta contar com um notebook e uma boa conexão com a internet, já que praticamente todas as ferramentas a serem utilizadas estão na nuvem.

Mesmo que o trabalho remoto seja um opção em crescimento para várias organizações, algumas empresas preferem que seus colaboradores(as) tenham algum tipo de contato pessoal.

Por conta disso, temos dois modelos de trabalho remoto quando se presta serviços para uma organização:

  • 100% remoto: a pessoa realiza todas as suas atividades de onde quiser, sem a necessidade de se deslocar até a empresa, apenas em casos excepcionais;
  • home office híbrido: parte do trabalho é realizada de forma remota e parte na empresa, sendo que algumas organizações adotam home office em alguns dias da semana.

Modalidades de trabalho no home office:

Até agora falamos sobre profissionais que atuam em home office trabalhando para empresas. Mas esse não é o único modo de trabalhar de forma remota. Existem, basicamente, três modelos trabalho para quem atua em home office.

Freelance

Freelancer é a pessoa autônoma que presta serviços para pessoas físicas e jurídicas, gerando sua própria renda de acordo com a produtividade.

É responsável por captar seus ou suas próprios(as) clientes e organizar suas tarefas, agindo de forma independente. Diversas profissões podem atuar dessa forma, como programadores(as) e designers.

Empreendedorismo

Graças às tecnologias, criar uma empresa digital, que não demanda de infraestrutura física, ficou mais fácil e tem um custo baixo.

É muito comum, que pessoas que começam a jornada como freelancer, com o aumento da demanda, e crescimento na área de atuação, acabem abrindo uma empresa para suprir a demanda do mercado.

CLT

Por fim, temos colaboradores de uma empresa em regime de CLT que, por sugestão da própria organização, que abre essa possibilidade, adotaram o home office como modelo de trabalho.

Nesse caso, todos os direitos e obrigações entre contratante e contratado continuam existindo. A lei 13.467/17 regulamenta essa relação.

Vantagens e desvantagens do Home Office

A verdade é que o trabalho remoto não é para todo mundo. Existem determinados pontos que podem ser considerados vantagens desse modelo. Porém, também existem algumas dificuldades. Vamos listar cada uma delas.

Vantagens

  • redução de custos: você não precisa mais se preocupar com os gastos de transportes e alimentação na rua;
  • qualidade de vida: não é necessário se deslocar, encarar trânsito, podendo focar no trabalho e aproveitar da melhor forma seu tempo livre;
  • autogerenciamento: dependendo do modelo de trabalho, você será responsável pelos seus horários e terá que ter disciplina.
  • mobilidade: você não precisa trabalhar sempre no mesmo lugar podendo se deslocar conforme sua vontade.

Desvantagens

  • isolamento: um dos principais problemas do home office é o isolamento social, já que não há um contato direto com outros(as) colaboradores(as);
  • distrações: como você está em casa, há muitas coisas que podem desviar sua atenção como TV, visitas, afazeres domésticos; se você não mora sozinho(a), as pessoas que moram com você podem te destrair, por isso é necessário uma conversa com as outras pessoas da casa;
  • carga de trabalho: algumas pessoas têm problemas para se desligar ao finalizar um dia de trabalho já que ele fica quase no mesmo ambiente no qual você dorme ou descansa;
  • disciplina: estabelecer uma rotina quando se trabalha em casa exige muito foco e algumas pessoas ainda precisam da figura de um chefe para mantê-las produtivas.

Principais áreas para atuar home office:

Mesmo que o home office seja um modelo de trabalho muito interessante, a verdade é que ainda existem poucas profissões que permitem a sua aplicação. A maior parte delas está no setor de tecnologia.

Programação

A pessoa que atua em programação é responsável por criar aplicações e softwares, desde projetos muito complexos até programas simples. Entre as suas atribuições estão codificação, teste e manutenção de sistemas, visando a atender as demandas dos usuários.

Profissionais de programação são muito exigidos no mercado de trabalho e existem várias vagas remotas para esse ofício.

Analista de suporte

O(A) analista de suporte realiza a prestação de serviços de suporte de TI online, utilizando para isso uma série de ferramentas de monitoramento de software e hardware que permitem o acesso remoto aos sistemas para a realização de uma série de tarefas.

A possibilidade de atuação remota vem da necessidade de atender vários(as) clientes ao mesmo tempo sem perder tempo se deslocando entre seus locais.

Análise de negócios/requisitos

Analista de requisitos é a pessoa que realiza a ponte entre profissionais de programação e usuários(as), entendendo quais são as suas demandas e traduzindo-as para o desenvolvimento das funcionalidades. É uma profissão que exige um entendimento de tecnologia e negócio ao mesmo tempo, pois é preciso estar em contato com os dois lados.

Designer gráfico

É responsável pela criação de peças publicitárias, comunicações visuais, logotipos, diagramação de e-books, entre outras atividades gráficas. Mesmo que não seja ligado diretamente à atividade de tecnologia, esse profissional atua em empresas realizando várias atividades em apoio ao marketing digital.

No geral, essa pessoa pode atuar em home office devido ao fato de que, para desenvolver suas atividades, basta um computador em um software de edição de imagens. Dentro da área de designer temos também outros ofícios como:

  • designer de games: pode trabalhar com jogos de plataforma, para computador ou para dispositivos móveis;
  • designer web: responsável pela criação de telas e interface gráfica das aplicações, pensando em conceitos como interatividade e usabilidade.

DBA

O(A) DBA é o(a) administrador(a) de banco de dados, responsável não apenas pela criação das tabelas relacionais, mas também por garantir a melhor otimização possível de toda a infraestrutura do BD.

Empresas de tecnologia estão sempre em busca de pessoas que atuem como DBA, visto que o processo de criação e manutenção de uma banco de dados é algo complexo.

Jornalista

Sempre que pensamos em jornalistas, pensamos nas pessoas que atuam em frente da tv ou em rádios dandos as notícias, porém, a maior quantidades desses profissionais atuam por trás das câmeras, nas redações, coletando informações e escrevendo matérias.

O(A) jornalista pode atuar sem problema nenhum no modelo home office, tanto como freelancer ou CLT, já que tudo que precisa ser feito pode ser realizado com o auxílio de um dispositivo eletrônico e de qualquer lugar.

Redator

Um fenômeno do marketing digital são os blogs, utilizados para gerar empatia e conquistar o público-alvo das empresas. O(A) redator(a) online trabalha de forma remota escrevendo textos para esses blogs, utilizando técnicas avançadas de escrita.

Essa é um dos exemplos de possibilidade de profissão que surgiu no âmbito digital, já em modelos de home office, e não migrou da relação de trabalho comum.

Contador

A pessoa que trabalha com contabilidade também pode exercer essa profissão em home office de forma simples, tendo o apoio de softwares especializados que organizam as informações e possibilitam o compartilhando de dados com os demais profissionais.

Como manter a produtividade no home office?

A essa altura do post, você pode ter se encantado com o trabalho em modelo home office. Porém, como já mostramos nas desvantagens existentes, pode ser desafiador.

Para garantir uma boa experiência e tirar o melhor proveito possível do trabalho remoto, você deve tomar algumas precauções. Por conta disso, separamos algumas dicas valiosas para ajudar você nessa jornada.

1 . Definir um ambiente de trabalho 

Quando nos voltamos para um modelo de trabalho como o home office, o ambiente é muito importante. Afinal, é preciso lembrar que não importa onde esteja, você está trabalhando e tem metas para entregar.

Pode ser um pouco difícil, no começo, em especial para quem mora com outras pessoas. Muitas vezes elas demoram a entender que, mesmo que você esteja presente no lugar, em casa, por exemplo, não está disponível para realizar qualquer tarefa.

Para montar um bom ambiente, escolha um local calmo em sua casa, de preferência um cômodo separado e arejado no qual não haja distrações e que seja bem iluminado. Um bom computador e uma conexão de qualidade com a internet é fundamental, além é claro, de ser recomendade um headset.

Por fim, você pode decorar de uma forma que torne o local mais agradável e que dê a sua cara. Além disso, uma garrafa de café e uma jarra de água também podem ajudar a se manter ativo.

2 . Ter disciplina é essencial

Quando estamos em casa, estamos cercados de distrações. O sofá e a Netflix estão apenas a alguns passos, o que pode ser bem tentador.

Talvez a maior dificuldade de qualquer profissional que comece a trabalhar de forma remota em casa é a disciplina de se manter focado em suas atividades. Sua produtividade depende de estabelecer uma disciplina, mesmo que existam coisas mais interessantes para se fazer em casa ou no local em que você esteja.

3 . Buscar uma comunicação efetiva

Quando vamos para o home office, o contato com os demais colaboradores(as) acaba sendo diminuído. Isso pode impactar os resultados de suas atividades, gerando falhas.

Para que isso não ocorra, é preciso manter uma comunicação clara e direta com seu(sua) chefe, clientes ou colegas, garantindo que você está ciente de suas metas. Fazer reuniões online pode ser uma forma de se manter em contato com os demais membros da equipe e garantir que está por dentro de tudo o que está acontecendo, evitando, também, o isolamento social.

4 . Ter uma rotina de trabalho

Mesmo que você não vá para um escritório todos os dias e bata o ponto, é preciso estabelecer uma rotina de trabalho. Nada de sentar na frente do computador de pijamas, mesmo que isso seja mais agradável em um primeiro momento.

Isso porque você pode acabar perdendo produtividade com atitudes como essa, o que faz da rotina um ponto chave do sucesso do home office. Em alguns casos, você poderá ter mais liberdade de horários, escolhendo o período que rende mais — pela manhã, à tarde ou à noite, mas é ideal ter um horário para começar e finalizar o trabalho.

Sempre se prepare para trabalhar, faça sua higiene, ponha uma roupa adequada e atue em uma carga horária pré-definida.

5 . Utilizar ferramentas a seu favor

Existem várias ferramentas que podem facilitar a realização de trabalho home office, sendo que muitas delas são aplicadas em conjunto pelas organizações. Vamos listar alguns exemplos.

Trello

O Trello é uma ferramenta que emula virtualmente o kanban, uma metodologia ágil de desenvolvimento e controle de atividades, permitindo uma melhor organização dos afazeres e visualização da equipe.

Lastpass

O LastPass é uma ferramenta voltada para a segurança da informação. Ele salva suas senhas em uma extensão do navegador e as mantêm seguras em apenas um local. Permite que você use passwords mais complexos e não tenha de anotar todos eles.

Zoom

O Zoom tem se destacado nos últimos tempos em meio as demais ferramentas de vídeo chamada, permitindo fazer reuniões e videoconferências com muita qualidade.

Slack

O Slack tem uma plataforma online e app. Permite a comunicação entre equipes e o compartilhamento de várias informações e documentos, deixando tudo registrado para consulta posterior.

O home office ainda está em implantação no Brasil, mas podemos esperar muitas oportunidades em um futuro próximo. Afinal, as empresas também têm muito a ganhar com a sua aplicação.

Quer aprender sobre uma das profissões que podem aproveitar bem o home office? Leia mais sobre a área de desenvolvimento de software!

1 Shares:
Você também pode gostar