A produtividade é uma virtude valiosa no ambiente da programação. Sendo assim, é comum que as pessoas busquem maneiras práticas para aumentar seu grau de eficiência. Umas das ferramentas que pode elevar o rendimento em seu trabalho é a Técnica Pomodoro.

Desenvolvida no final da década de 1980, ela nada mais é do que um método de otimização e fragmentação do tempo, que incentiva você a alternar entre momentos de pausa e produtividade máxima. Agora, veja o que aprenderá nesta leitura:

  • O que é a Técnica Pomodoro?
  • Como usar a Técnica Pomodoro?
  • Quais os benefícios da Técnica Pomodoro?

O que é a Técnica Pomodoro?

Mesmo sem conhecer essa técnica, é bem possível que você já tenha aplicado ao menos uma parcela desse conceito. Afinal de contas, a Técnica Pomodoro foi um tema popular entre os desenvolvedores de app, bastando uma rápida pesquisa na App Store ou Play Store para confirmar essa ideia.

A técnica foi criada por Francisco Cirillo, que a apresentou em seu livro “The Pomodoro Technique”. O objetivo do italiano era desenvolver uma forma inteligente de ampliar sua produtividade, sem ser derrubado pelo cansaço das longas jornadas, sejam de estudo ou trabalho.

Para isso, ele se inspirou naqueles famosos cronômetros de tomatinho. Inclusive, daí vem o nome, pois pomodoro significa tomate em italiano. Resumidamente, a técnica se concentra em cinco pontos:

  1. identificar o que você precisa fazer;
  2. definir um período de produtividade máxima;
  3. concentrar o seu foco na resolução desse item;
  4. realizar uma breve pausa, também cronometrada;
  5. repetir esses ciclos de produtividade e pausa até finalizar os seus objetivos.

Como observou Francisco, esse intercalar aumentou sua produtividade, pois as pausas forneciam umreabastecimento periódico de energia. Não por acaso, a técnica do tomatinho se tornou popular no mundo inteiro, sobretudo entre estudantes e profissionais do mercado de TI.

Como usar a Técnica Pomodoro em cinco passos?

Agora, chega o momento de aprender na prática! Para que você não tenha dúvidas na implementação da técnica, criamos um pequeno tutorial. Veja!

1. Saiba o que precisa fazer

O objetivo da técnica é evitar que você perca tempo com distrações ou com dúvida na hora de decidir por onde começar. Por isso, o primeiro passo é fazer uma lista de todos os seus objetivos para o dia. Já nessa etapa, defina a ordem pela qual realizará as tarefas, ou seja, classifique por prioridade.

2. Programe um cronômetro para 25 minutos

Esse é o tempo de um pomodoro. Lembre-se disso, pois esse é um detalhe importante. Aqui, você pode usar tanto um app da técnica ou as funções de despertador, ou cronômetro do seu celular e computador.

3. Mergulhe na tarefa

Durante os 25 minutos cronometrados, você precisa se dedicar totalmente à tarefa, sem se distrair com notificações ou outros elementos. Inicialmente, isso pode ser um pouco difícil. Mas com a prática, você conseguirá treinar a sua cabeça a entrar nessas minijornadas de aceleração mental e produtiva.

4. Faça uma pausa

Com o fim dos 25 minutos, o cronômetro toca e você finaliza um pomodoro. Nesse instante, você pode fazer uma pausa de 5 minutos. A recomendação é realizar hábitos mais voltados à sua ergonomia, como um alongamento ou exercício rápido, estimulando a circulação sanguínea e evitando a fadiga muscular.

Ainda nessa dica, existem outras observações importantes:

  • a pausa não deve ultrapassar 5 minutos, pois quanto maior o intervalo, maior a sua resistência para voltar à zona de produtividade;
  • você pode consultar suas notificações, mas saiba que as redes provavelmente farão com que extrapole o tempo da pausa.

5. Repita até quatro pomodoros

A tarefa não foi finalizada em um pomodoro? Então retorne para ela no mesmo regime, realizando pomodoros (25 minutos) e pausas. Quando você alcançar quatro pomodoros, é momento de fazer uma pausa longa, dessa vez, com 30 minutos.

Nesse intervalo você contará com tempo hábil para fazer um lanche mais elaborado, acompanhar alguma notificação do seu interesse ou até jogar uma partida rápida de algum jogo que você goste. No entanto, após essa pausa será hora de mergulhar na produtividade novamente.

Então, evite conteúdos muito imersivos, como o modo campanha do seu game favorito ou a continuação de uma série que você está acompanhando, pois, quanto maior o engajamento, maior a sua resistência a voltar à produtividade.

Quais os benefícios da Técnica Pomodoro?

Agora que você sabe como usar o método, é importante entender os motivos para realizar esse esforço. Para isso, consideramos as principais vantagens apresentadas pelo próprio criador da técnica em seu livro. Dê uma olhada!

Calma

Pode soar estranho, mas, acredite, a técnica é sensacional para reduzir o estresse das suas jornadas de trabalho e estudo. Além de evitar a sobrecarga física e emocional, o planejamento e a priorização das tarefas também colaboram na redução da ansiedade, pois o seu dia se torna mais prático e previsível.

Produtividade

Como destacamos ao longo do post, a produtividade é a maior consequência positiva da técnica. Intercalar entre pausas e produção é uma maneira interessante de domar o seu cérebro para seguir seu comando. Com tempo, prática e disciplina, as jornadas de trabalho se tornam ainda mais naturais, minimizando a luta interna contra a procrastinação.

Conscientização

Esse é outro benefício que surge em função do planejamento. Quando você lista e delega prioridade para as suas tarefas, também está aprimorando o seu processo crítico, ganhando consciência sobre o peso de cada decisão, como ao atribuir tarefas mais difíceis para o início do dia e deixar as menores para o final da jornada.

Estímulo

Sem sombra de dúvidas, a motivação é um combustível importante para qualquer empreitada. Com a Técnica Pomodoro, você não sentirá a desmotivação por conta do cansaço. Na realidade, depois que adquirir o hábito, retornar aos pomodoros de produtividade será algo animador.

Eficiência

Por fim, o aumento da sua eficiência no desempenho da sua função. Essa é uma das maiores vantagens e também uma tarefa de longo prazo. Isso porque a técnica deve ser repetida com consistência ao longo dos dias para que você enxergue grandes benefícios. Com o tempo, é natural adquirir eficiência em uma produção priorizada e bem estruturada.

Percebeu como essa técnica pode melhorar a sua vida? No fim das contas, tudo se trata de aproveitar bem o seu tempo, fazendo com que você equilibre estudos, trabalho e lazer de maneira inteligente e prática.

E aí, gostou deste post explicando a Técnica Pomodoro? Então aproveite o momento para acompanhar outro conteúdo para utilizar o seu tempo de maneira mais inteligente, conhecendo os seis principais truques do Google!

1 Shares:
Você também pode gostar