O networking é uma estratégia primordial para agregar conhecimentos, superar os desafios da carreira, trocar experiências e obter êxito na sua área de atuação. Essa vantagens valem tanto para quem está iniciando uma profissão quanto para aqueles que já estão há anos no mercado.

Quando bem executada, essa técnica cria conexões verdadeiras entre as pessoas. Assim, gera frutos para quem trabalha nos mais variados ramos, como marketing, vendas, TI, entre outros. Entretanto, para que ela dê resultados positivos, é preciso entender seu conceito e saber aplicá-lo corretamente.

Elaboramos este post para que você entenda como o networking funciona e o que é preciso fazer para colocá-lo em prática. Você vai descobrir:

  • O que é networking?
  • Qual a importância do networking?
  • Como fazer networking?
  • Como manter o networking ativo?

Tenha uma ótima leitura!

O que é networking?

Antes de esclarecer o que é networking, precisamos diferenciar o termo de uma palavra muito semelhante: network. É comum que haja certa confusão entre essas duas expressões e, de fato, elas têm uma ligação.

Analisando a origem da palavra, podemos entender que network significa rede de contatos, já que, em tradução livre, “net” se refere a rede e “work” significa trabalho. Dada essa explicação, fica mais fácil entender o conceito de networking.

Trata-se da ação de cuidar da sua rede de contatos. Aprofundando um pouco mais, networking se refere à atividade de manter um relacionamento com pessoas que têm objetivos semelhantes aos seus ou podem te gerar vatanges profissionais. Dessa forma, há uma troca constante de informações, experiências e conhecimentos relevantes para ambas as partes.

É por meio dessa ação que muitas pessoas conseguem aumentar suas chances de sucesso. Afinal, quando o networking é bem alimentado, você aproveita melhor as oportunidades do mercado, obtém insights poderosos, garante negociações comerciais mais atrativas e pode criar parcerias importantes para os seus projetos.

Qual a importância do networking?

Conforme explicamos, a convivência com pessoas que, de certa forma, têm alguma ligação com o nosso objetivo profissional gera uma série de oportunidades de crescimento. Isso não ocorre por acaso: as conexões que mantemos são essenciais para que sejamos reconhecidos e lembrados em momentos decisivos.

Pense conosco: imagine que duas pessoas trabalham na área da TI — vamos chamá-las de Gustavo e Laura — e ambas têm um contato em comum. No entanto, apenas Laura mantém uma relação ativa com essa terceira pessoa.

Ela compartilha informações e conhecimentos, participa de eventos de tecnologia em conjunto e se mostra aberta para as oportunidades do mercado. Nesse cenário, quem você acha que seria lembrado caso esse contato em comum precisasse indicar alguém a uma vaga? Certamente, seria a Laura.

Não tenha dúvidas de que essa situação ocorre com muita frequência. Quem procura ser ativo em uma rede de contatos consegue se destacar dos demais, obtendo mais êxito em sua jornada. Para isso, não pode apenas buscar ganhar vantagens, mas também, oferecer experiências úteis para o crescimento de outras pessoas.

Esse processo acontece de forma natural, pois temos a tendência de nos aproximar daqueles que têm uma visão semelhante a nossa. Contudo, ele pode ser aprimorado, principalmente, para quem está começando uma carreira e quer fortalecer a imagem profissional.

Fora os benefícios profissionais, como visibilidade, autoridade e credibilidade no mercado, o networking ainda traz elementos positivos para a vida pessoal. Afinal, somos seres sociáveis e, quando nos cercamos de pessoas que nos ajudam e compartilham nossos ideais, temos mais motivação para seguir em frente e mais satisfação com o trabalho.

Além disso, quando estamos em grupo, também nos tornamos pessoas mais criativas e ousadas. Com isso, temos melhores chances de detectar oportunidades inovadoras que, de outra forma, não perceberíamos.

Como fazer networking?

Agora que você já conhece o conceito por trás do networking e sabe qual é a importância de aplicar essa estratégia na sua vida profissional, deve estar se perguntando sobre o que deve fazer para começar o seu, certo?

Podemos adiantar que existem diversas estratégias interessantes que você pode usar para alimentar sua rede de contatos e aumentar sua notoriedade. Logo abaixo, explicaremos algumas delas. Confira!

Faça networking em eventos

Participar de eventos ligados a sua área é uma das formas mais eficientes de se fazer networking. No entanto, muitas vezes, é difícil chamar a atenção das pessoas certas em um local cheio de desconhecidos. Por isso, é interessante aplicar algumas técnicas para que você se destaque na multidão.

Uma dica valiosa é acrescentar no seu crachá uma frase ou expressão que desperte a curiosidade acerca do que você faz. Caso trabalhe com programação, por exemplo, pense em uma forma criativa para descrever essa função. Assim, fica mais fácil iniciar uma conversa de um jeito original e agradável.

Outro ponto importante é nunca ser inconveniente na sua abordagem. Ao participar de um evento, normalmente, precisamos de um tempo para relaxar e nos acostumar com o ambiente.

Então, mesmo que queira muito falar com alguém, o ideal é evitar a abordagem logo na entrada do evento. Na verdade, o melhor local para puxar assunto e conhecer alguém é próximo a área dos comes e bebes, onde as pessoas estão relaxadas e prontas para conversar.

E claro, converse. É essencial que você saiba desenvolver um bom papo para chamar a atenção das pessoas.

Lembre-se dos nomes dos contatos

Devido à grande quantidade de pessoas que se conhece ao trabalhar o networking, é comum que alguns nomes sejam esquecidos. Isso pode gerar situações embaraçosas e até comprometer sua imagem. Assim, evite cometer essa gafe em um novo encontro. Isso será essencial para manter uma relação positiva e duradoura.

Aposte na criação de conteúdo

Atualmente, inúmeras empresas utilizam estratégias de conteúdo para se colocar como autoridades no mercado em que atuam. Pois saiba que essa técnica também pode ajudar você a potencializar os resultados do seu networking.

Obviamente, não estamos falando de compartilhar qualquer conteúdo. O foco é mostrar como você domina temáticas da sua área de atuação. Consequentemente, isso trará mais visibilidade, admiração e respeito pela sua capacidade. 

Então, concentre-se em criar conteúdos relevantes que ajudem no desenvolvimento de outras pessoas do seu ramo. Isso fará com que elas queiram se aproximar de você. Vale lembrar que eles podem ser postados nas suas redes sociais e, principalmente, no LinkedIn.

Amplie a sua rede de contatos

Um dos segredos para o sucesso do networking é estar sempre em busca de novas conexões. Isso significa que você não pode estagnar e deve estar sempre onde as pessoas da sua área estão.

Procure aceitar os convites de palestras, eventos e reuniões, mesmo que não saiba exatamente qual proveito poderá tirar da ocasião. Manter uma presença frequente é a melhor maneira de garantir que se lembrarão de você nos momentos oportunos.

Além disso, não se esqueça de salvar números ou e-mails para contato e de alimentar suas redes sociais com regularidade. Busque, ainda, mostrar interesse nas publicações de outras pessoas, fazendo comentários, curtindo e compartilhando seus conteúdos. Isso ajuda a formar novos laços e a estreitar os antigos.

Conecte-se com pessoas de vários nichos

Como já dissemos, é muito importante manter por perto pessoas que têm objetivos profissionais semelhantes aos seus, mas isso não pode se tornar uma regra absoluta. Calma, vamos explicar melhor.

Imagine que você trabalha com desenvolvimento de software e pretende ganhar autoridade no mercado de TI criando conteúdos para o LinkedIn. No entanto, você não sabe nem por onde começar. Nesse caso, quem poderia fornecer insights e conhecimentos úteis para solucionar o seu problema?

Certamente, especialistas em marketing digital e produção de conteúdo seriam as pessoas mais indicadas. É por isso que a sua rede de contatos deve ser diversificada. Ao lidar com profissionais de outras áreas, é possível se enriquecer intelectualmente, adquirir outras visões do mercado e explorar novos caminhos!

Confira dicas exclusivas de como fazer networking com pessoas programadora:

Como manter o networking ativo?

Cair no esquecimento dos seus contatos é a pior coisa que pode acontecer quando se está dentro de uma networking. A verdade é que isso é algo muito fácil de ocorrer. Afinal, estamos o tempo inteiro atarefados, lidando com inúmeras atribulações, e facilmente nos desligamos uns dos outros.

Manter o networking ativo é um passo fundamental para que esse problema não ocorra. Nos tópicos abaixo, mostraremos como você pode fazer isso. Veja!

Faça follow up

Manter uma estratégia de follow up, basicamente, se resume em fazer o acompanhamento constante das suas conexões. Afinal, de nada adianta estabelecer inúmeros contatos, se não houver uma relação verdadeira com eles.

Para isso, sempre que conhecer alguém, passadas as primeiras 24 horas, entre em contato novamente. Pode ser por e-mail mesmo, relembrando quem você é, o que faz e como se conheceram. Isso abre um caminho para as comunicações futuras.

Além disso, ao longo dos meses, é importante fazer a manutenção dessas relações, acompanhando mensalmente aqueles que deseja ter mais proximidade e, pelo menos, trimestralmente os demais. Enviar felicitações em eventos importantes e indicar oportunidades também são maneiras simples de fazer o follow up.

Compartilhe conhecimentos

O conhecimento é muito valorizado no mercado e, quando se trata de manter o networking ativo, ele age como espécie de moeda de troca. Entenda: assim como você, as pessoas ao seu redor também estão tentando se destacar, buscando novas oportunidades de crescimento e aprimorando suas próprias capacidades.

Ao ajudá-las, você também se beneficiará. Então, seja útil para os seus contatos. Leia, informe-se, procure conteúdos relevantes e compartilhe o que absorveu com cada um deles.

Se alguém tiver uma dúvida, tente mostrar a solução. Caso um contato precise de conselhos, não hesite em oferecer os seus. Ao fazer isso, você se torna uma pessoa agradável e de confiança que, certamente, será lembrada por todos.

Mantenha sua rede de contatos informada

Negligenciar as conexões mais antigas é um erro muito comum no networking, mas que poucos percebem. Mesmo que já não esteja trabalhando com uma pessoa, você nunca deve deixá-la desatualizada sobre o que está fazendo.

Sendo assim, além de deixar suas redes sociais atualizadas para que suas conexões possam encontrar facilmente informações, como o cargo ou a empresa em que atua, tenha o cuidado de manter um relacionamento próximo com as pessoas com quem já trabalhou. Afinal, é mais fácil conseguir indicações de quem conhece e confia no seu trabalho.

É importante garantir que todos os seus contatos — incluindo colegas e chefes antigos — saibam que rumo sua carreira está tomando e onde pretende chegar. Só assim eles poderão conectar você às oportunidades certas nos momentos adequados.

Tenha uma abordagem sincera

As pessoas geralmente não gostam de quem se aproxima delas apenas por interesse, não é mesmo?! Por isso, seus contatos não podem ser vistos somente como uma fonte de possíveis negócios. É preciso cultivar uma relação fiel e verdadeira, demonstrando interesse sincero pelos outros.

É muito fácil perceber quando alguém quer apenas tirar vantagem de uma relação e, acredite, pessoas interesseiras carregam uma péssima imagem profissional. Você não quer ser uma delas, certo? Então, valorize suas conexões e lembre-se: a base do bom networking é construída a partir de trocas verdadeiras que beneficiam ambas as partes.

Como foi possível perceber, para fazer um networking apropriado, é preciso cultivar relações reais e colaborativas. Contudo, não se pode apenas esperar que as oportunidades apareçam — elas devem ser criadas por meio da participação ativa em eventos, reuniões e até nas redes sociais. Afinal, boas interações são a chave para a construção de um networking poderoso!

Gostou desse artigo sobre networking? Então não deixe de conferir dicas melhorar seu marketing pessoal!

0 Shares:
Você também pode gostar