A internet é utilizada para a divulgação de muitos conteúdos, um deles são os jogos em JavaScript. Eles aproveitam todos os recursos dessa linguagem para entregar aos usuários e usuárias experiências únicas e realistas.

Uma das vantagens dos jogos em JavaScript é que eles podem ser distribuídos facilmente. Afinal, o seu uso não demanda a instalação de plugins na máquina do jogador. Basta um navegador de internet para começar a jogar.

Neste post você aprenderá:

  • Por que utilizar o JavaScript para criar jogos;
  • 4 jogos clássicos que foram recriados em JavaScript;
  • os passos básicos para fazer o seu próprio jogo com JavaScript.

Quer saber mais sobre os jogos em JavaScript e como eles são fáceis de serem criados? Então confira o post a seguir!

Por que utilizar o JavaScript para criar jogos

O JavaScript é uma das linguagens mais poderosas para quem trabalha com desenvolvimento. Com ele é possível criar funcionalidades interativas para todo tipo de documento HTML. Assim, sites, páginas de vendas e jogos podem ser distribuídos de modo seguro, inovador e com alta performance.

O uso do JavaScript na criação de jogos web dá flexibilidade para a sua rotina e projeto. Já que recursos de páginas web podem ser integrados facilmente.

A atualização dos elementos será mais simples e prática. Como não há a necessidade de o usuário ou usuária instalar algo, novas fases ou recursos serão distribuídos rapidamente. Basta mudar os arquivos em seu serviço de hospedagem. Ou seja, a pessoa sempre terá a melhor versão do seu jogo disponível.

Por último, vale ressaltar que jogos em JavaScript são mais baratos para criar e distribuir. Uma página web simples pode ser feita para entregar o conteúdo em todo o planeta. Tudo isso com a certeza de que será necessário apenas um navegador web moderno para acessar o seu jogo.

Confira os 4 jogos clássicos que foram recriados em JavaScript

Muitos jogos clássicos já foram recriados no JavaScript. Conforme os seus direitos autorais se tornaram livres, desenvolvedores e desenvolvedoras de todo o mundo criaram adaptações para plataformas web. Isso eliminou a necessidade de termos jogos antigos (ou emuladores) para relembrar como um clássico dos anos 2000, anos 1990 e 1980 funcionava.

Confira alguns exemplos a seguir!

1. Pacman

Um dos maiores jogos da história, PacMan foi criado com o apoio do JavaScript e do HTML5. O seu código-fonte pode ser acessado facilmente e para jogar, basta começar aqui.

2. SimCity

SimCity é o jogo preferido de aspirantes a prefeitos, gestores públicos e quem sempre sonhou em ter uma cidade própria. A sua primeira versão foi totalmente recriada e disponibilizada na web. Para conferir o código-fonte e começar a jogar, basta clicar aqui.

3. Mortal Kombat

Por muitos anos, Mortal Kombat foi um dos maiores jogos de luta já feitos. Chegou até a virar filme. A versão clássica foi refeita com suporte a multiplayer online e o seu código-fonte pode ser acessado aqui.

4. Space Invaders

Space Invaders é um jogo clássico que marcou a cultura mundial. Os seus elementos são reconhecíveis até por pessoas que nunca tiveram acesso ao jogo original. A versão feita com require.js está com o código-fonte publicado no GitHub.

Como criar um jogo em JavaScript

Para muitas pessoas o trabalho com programação é muito complexo, com funções grandes e cálculos matemáticos avançados. Mas, se você tiver um bom conhecimento de lógica e um gosto por resolver problemas, aprender a fazer o seu próprio jogo em JavaScript será algo simples. Afinal, desenvolver um software é como criar uma receita para o seu computador.

Para criar um jogo simples baseado em texto, não é necessário criar um código-fonte grande e cheio de detalhes. Já que a estrutura apresentada às pessoas que jogam será muito simples. Poucos serão os elementos gráficos disponíveis, o que torna a aplicação mais leve e fácil de evitar erros.

Uma solução muito boa para começar a criar o seu próprio jogo feito com JavaScript é o Twine. Feito por Chris Klimas e distribuído desde 2009, o seu código é totalmente aberto. Assim, se você precisar de um recurso especial, basta ler a documentação para desenvolver uma funcionalidade específica.

Entenda melhor

O Twine facilita a criação de jogos interativos e com desenvolvimento aberto. Basta clicar em “+História” para começar o seu projeto. Uma vez inserido o nome, você pode inserir novos capítulos e fases para os usuários e usuárias.

Esses capítulos e fases recebem o nome de “passagem”. Cada passagem é um modal, que permite definir ações e respostas ao usuário. O código deve seguir a seguinte estrutura

[[<ação> -> <nome_da_passagem>]]

Então, se eu quero que o roteiro dê às pessoas a opção de ir para o quarto ou para a sua cozinha, a passagem deve ser escrita assim:

Você está em sua casa. Para qual cômodo deseja ir? [[vou para a cozinha -> cozinha]] [[vou para o quarto -> quarto]]

Sempre que precisar testar um elemento do jogo, basta utilizar o modo debug. Ele fica acessível na opção “testar”. Assim, você pode rastrear erros e verificar como cada variável interage.

Se nenhum problema ocorrer no debug, é só testar o jogo. A melhor forma de fazer é jogando as suas etapas. Isso é feito clicando no botão “jogar”, que abre o software como ele será exibido para o usuário em uma aba do navegador.

A internet abriu um grande espaço para que pessoas desenvolvedoras começassem a sua carreira de modo autônomo. Quem consegue acumular bons conhecimentos pode utilizar a web para divulgar o seu trabalho e atingir novos públicos, como uma espécie de portfólio. Além disso, é possível manter uma rotina de trabalho remoto e integrada a sua equipe.

Nesse contexto, os jogos em JavaScript são uma ótima forma de praticar os seus conhecimentos em tecnologia e desenvolvimento de software. Assim como filmes e seriados, eles são uma maneira de conquistar a atenção de quem gosta da área. Por isso não perca tempo: reforce os seus conhecimentos e comece agora a criar os seus próprios jogos!

Gostou desta dica que preparamos? Então não deixe de conferir outros conteúdos sobre tecnologia.

0 Shares:
Você também pode gostar