Não é à toa que o sistema operacional da Microsoft é considerado um dos mais práticos e com maior usabilidade. A respeito do tema, os comandos CMD do Windows são reflexos da objetividade da plataforma.

Essa ferramenta está presente em todas as máquinas que o sistema está instalado e é uma grande aliada para aumentar a produtividade, seguindo o critério de métodos de agilidade em suas atividades.

Se você já ouviu falar sobre os prompts de comando, mas não sabe quais são os principais e nem para que eles servem, não deixe de conferir este conteúdo. Nele, levantaremos os 12 principais comandos CMD que em breve devem fazer parte da sua rotina, proporcionando produtividade e eficiência no seu dia a dia.

Neste artigo você verá:

O que é CMD?

O prompt de comando ou CMD, é um dos componentes mais comuns da plataforma Windows. Ele é um interpretador de linha de comando, que são programas executáveis que tem como intuito tomar ações conforme direcionamento da pessoa usuária.

Basicamente, essa programação automatiza tarefas por meio de scripts, realizando funções básicas atribuídas ao administrador e até mesmo a resolução de problemas operacionais do sistema.

Antes de prosseguir, aproveite e faça o download do Guia Hacker. Aprenda a automatizar tarefas, criar atalhos, melhorar sua segurança online e a descobrir como evitar spam no seu email.

banner para download de ebook sobre hacker imagem como botão escrito "baixar"

Confira os 21 principais comandos CMD do Windows!

Como acessar o prompt de comando?

Antes de mais nada, o primeiro passo é abrir a tela de prompt de comandos CMD. Para isso, basta acessar o Menu Iniciar e digitar “cmd”, sem as aspas, e teclar ENTER. Se seu Windows for superior ao Windows 8, basta digitar no teclado: Windows + R, digitar “cmd” e seguir com o mesmo processo. É importante ressaltar que sempre devemos fazer o processo por meio de “Executar como Administrador”.

A partir desse momento, tudo está pronto para você seguir com um dos processos básicos de programação, utilizar os prompts de comando do Windows. Veja abaixo os principais comandos CMD.

1. Sfc

Se você quer identificar possíveis erros do Windows e descobrir o que é a melhor coisa a ser feita, o comando CMD pode ajudar. Ao realizar a execução do prompt, ele vai fazer uma varredura em todo seu sistema e encontrar as falhas. Por essa razão, o processo pode demorar um pouquinho. Para isso, basta utilizar o seguinte comando:

sfc /scannow

Comando Sfc

Como se trata de um processo de varredura do sistema, esse comando poderá ter um retorno demorado. Assim que a varredura for finalizada, o resultado será o seguinte: 

Retorno do comando

2. Robocopy

Quer economizar um pouco de tempo na hora de realizar o backup sem precisar instalar um programa para isso? Então esse utilitário está aqui para salvar a sua vida. Ele vai fazer todo o processo por um simples comando, que copia os arquivos em uma pasta inicial e transfere para a que você deseja.

O comando CMD é simples, basta digitar: robocopy “pasta de origem” “pasta de destino”. Exemplificando seria da seguinte maneira: robocopy C:\aniversario C:\Users\rosan\Downloads. 

Dessa maneira, entendemos que os arquivos originais no disco C, pasta “aniversario” estão sendo enviados para uma nova pasta Downloads para a pasta aniversario. O resultado será o seguinte:

Copiando arquivos e transferindo com robocopy
Resultado final

3. Systeminfo

Esse comando do Windows oferece diversas informações sistêmicas, indo muito além do que as Propriedades do Sistema pode ter trazer. Ao digitar “systeminfo”, sem as aspas, podemos saber desde o momento que o sistema operacional foi instalado, como informações de produção, entre outros.

Comandos CMD Systeminfo
Systeminfo parte 2

4. Taskkill

Se o computador travou e está difícil usar o gerenciador de tarefas, uma maneira de forçar o encerramento é por meio do taskkill. Insira o comando e, ao final, inclua o arquivo que precisa ser finalizado. No exemplo abaixo usamos o software Filezilla, que é um programa de auxílio para transferência de arquivos via FTP: 

taskkill /f /im filezilla.exe 

Comandos CMD Taskkill para finalizar programas

Nesse caso, eu havia uma janela aberta com esse programa sendo executado e, ao executar o comando acima, ela foi encerrada.

5. Tasklist

Esse comando identifica todos os processos que estão em execução no momento. Além disso, ao utilizarmos com taskkill, que mencionamos anteriormente, destacamos quais são os arquivos que precisam ser finalizados para otimizar a experiência da máquina.
O resultado poderá ser uma listagem grande, conforme a imagem a seguir:

Comandos CMD Task list parte 1
Comandos CMD Task list parte 2

Ou seja, esse recurso no CMD é similar ao gerenciador de tarefas de seu computador. Mas, no caso, no prompt de comando, são exibidos mais detalhes das tarefas que estão sendo executadas. 

6. Shutdown

Ao utilizarmos esse utilitário, conseguimos desligar sua máquina, mesmo que tenhamos algum problema que impeça isso. Basta incluir no comando do Windows “shutdown -r -t 300”, sem as aspas. 

Além disso, o shutdown contém interessantes variações. O 0 no comando é referente ao tempo que você deseja programar em segundos. Se colocar 300 ao invés de 0, isso significa que faremos uma programação para a máquina desligar em 5 minutos. Caso seu desejo seja reiniciar, substituímos o “-s” do comando por “-r”.

Quando digitamos o comando no prompt e damos Enter:

Comando CMD Shutdown

A seguinte mensagem é exibida:

Tela de encerramento Windows

Ou seja, dentro de cinco minutos, o equipamento será reiniciado.

7. Ipconfig

Esse é um dos comandos mais comuns para quem é usa os comandos CMD do Windows. O comando “ipconfig /all” exibe diversas informações referentes à sua internet. Para quem trabalha com rede, é um excelente utilitário.

Ao digitar o comando ipconfig em seu terminal, ele exibirá o seguinte resultado:

Listagem comandos cmd Ipconfig
Ipconfig continuação

8. Assoc

Você baixou um arquivo da internet, mas não sabe qual programa e/ou aplicativo na sua máquina é ideal para executá-lo? Basta utilizar “assoc” juntamente com o tipo de arquivo em questão. 

Comandos CMD Assoc 1
Assoc 2

O resultado será uma listagem de extensões grande, dependendo das extensões que você tiver em seu equipamento.

9. Driverquery 

É muito comum termos diferentes drivers para conseguir rodar nossos programas, certo? Mas como conseguir controlá-los e saber quais são referentes a cada diretório? Com “driverquery -v”, sem as aspas, identificamos os drivers instalados em nossas máquinas:

Driverquery exemplo

O resultado poderá ser uma listagem grande, dependendo da quantidade drivers instalados.

10. Fc 

O comando fc, ou seja, File Compare é um dos comandos Windows mais básicos para desenvolvedores de softwares e outros aplicativos. Por meio dele, conseguimos fazer a comparação de arquivos, levantando as principais diferenças entre eles. Para isso, basta seguir o modelo abaixo:

fc /c /caminho_para_o_arquivo_1/nome_do_arquivo_1 /caminho_para_o_arquivo_2/nome_do_arquivo_2

Para o exemplo a seguir, temos dois arquivos de texto, chamados arquivoteste.txt e arquivoteste2.txt, com os conteúdos:

Arquivos .txt teste 1 e 2

Ao executar: fc C:\aniversario\arquivoteste.txt C:\aniversario\arquivoteste2.txt, teremos o resultado a seguir:

Comando Fc

Como podemos notar, a diferença entre eles está na frase: “Tudo bem com voce?”.

11. Netstat 

Mais um comando muito útil para manuseio de redes. Com o netstat conseguimos fazer análise de conexões TCI/IP ativas na sua máquina, analisando as portas abertas, bem como IPs e protocolos.
A execução dele será feita da seguinte forma:

Comandos CMD Netstat

Quando ele terminar de verificar as conexões, o resultado será uma listagem de conexões ativas:

Listagem de conexões ativas

12. Pathping

Mais um comando muito interessante para programadores de dispositivos. O Pathping permite listar informações a respeito da rota e dos dispositivos existentes entre o seu computador e dispositivo teste. Para verificar se determinada máquina se encontra na rede e também se ela está respondendo, basta incluir o “pathping host”, sendo no host o que você deseja analisar.

No caso, o host de exemplo que utilizaremos será o site do Google, que terá o seguinte resultado no prompt:

Pathping comandos cmd
Resultado Google pathping


Essas estatísticas poderão ter um retorno não tão rápido, pois, isso dependerá de sua conexão, da sua internet, de vários fatores.

13. cd(change directory)


O comando cd servirá para você navegar entre pastas pelo prompt. Vejamos que o disco C contém as seguintes pastas: 

Comandos CMD change directory (CD)


Vamos entrar na pasta Users. Como faço isso? Muito simples! Você digitará: cd users:

Pasta users

Nesse caso, a letra inicial da pasta ser maiúscula ou minúscula não interfere no resultado.
Contudo, caso seja uma pasta que não exista no disco C, como “elefante”, retornará o seguinte: 

Não pode encontrar o caminho especificado


Certo, estou na pasta Users. Mas, agora, quero sair dela. Como faço? Simples. Basta digitar o comando: cd .. ou cd /, que você retornará à raiz do disco rígido:

cd ..
cd/


Observação: o comando cd . sai apenas de uma pasta, caso você esteja em mais de uma. O comando cd / volta ao caminho raiz da navegação de onde você está.

14.  ping


O comando ping verifica a conectividade de rede de um domínio em específico na web. Por meio dele, podemos verificar se um site está com problemas de conectividade ou não.
Por exemplo, vamos pingar o site do Google. Lembrando que isso pode ser feito com qualquer site. Para isso, devemos digitar: ping endereço do site:

Comandos CMD ping Google


O resultado será o seguinte, ao apertar Enter: 

Resultado ping google

15. help ( /?)


Traduzindo para o Português, o verbo help, em Inglês, significa ajudar. Ou seja, esse comando trará uma ajuda a você para um determinado caso em que você tenha dúvidas de como utilizar.
Por exemplo, ao digitar somente help no seu cmd, ele listará os comandos:

Comandos CMD Help lista


Vamos supor que eu tenho dúvidas de como usar o comando CD. Basta digitar: help CD, conforme foto a seguir: 

Help cmd exemplo


Como podemos perceber, será exibido uma espécie de manual de como utilizar o comando CD. 

16. dir


O comando dir, ao ser executado, lista todos os diretórios existentes em uma pasta. Ou seja, se em uma pasta “Provas” em seu computador tiver as pastas: “Trimestre 1” e “Trimestre 2”, ao digitar o comando dir na pasta “Provas”, com o prompt, tais pastas serão listadas. Vejamos o exemplo a seguir, em que estou na raiz do disco C: 

Comando dir


Ao digitar o comando dir,

Digitando comandos cmd dir


e apertar Enter, vemos que todos os diretórios do disco C foram listados, todas as pastas, conforme foto a seguir: 

Diretórios exibidos no prompt

As pastas conterão a palavra <DIR> antes. O restante será arquivos comuns presentes na pasta. 


17. mkdir


O comando mkdir cria uma pasta no diretório em que você está, no momento em que está utilizando o prompt. Ele tem como parâmetro o nome da pasta que você quer criar e, esse nome não pode conter espaços, vírgulas, barras, etc.
Para isso, na raiz do disco C, vamos criar uma pasta chamada aniversario (sem acentos):

mkdir comandos cmd

Após digitarmos o comando acima, não será exibida nenhuma mensagem de erro ou sucesso no cmd. Contudo, ao digitar o comando dir e apertar Enter, vemos que a pasta aniversario foi criada:

aniversario

18. type


Esse comando serve para exibir o conteúdo dentro de um arquivo, seja ele um arquivo Word ou txt, por exemplo. A extensão desse arquivo precisará ser inserida em seu nome. 


Vejamos o exemplo a seguir, que foi criado um arquivo de texto simples chamado arquivoteste.txt e, nele contém um conteúdo simples: 

comando type

No caso, como esse arquivo foi criado na pasta Downloads, foi necessário fazer a navegação até ela.

19. nslookup


Esse comando serve para verificarmos se as configurações do servidor DNS do domínio que temos está correta. Vejamos a seguir um exemplo do site do Google, por exemplo: 

Comandos CMD nslookup


Ao lado desse sinal de maior (>), digitaremos o site que desejamos verificar se os DNSs estão corretos. Como resultado, teremos o seguinte:

DNS status


Para sairmos dessa busca, basta digitarmos as teclas CTRL + C (juntas) em nosso computador. 

20. cipher


Esse comando pode alterar ou exibir a criptografia de pastas em várias partições. Nesse caso, eles usam partições de arquivos NFTS. Vejamos o exemplo do comando a seguir, na pasta aniversário, contendo um arquivo .txt simples:

comando cipher


Ao utilizar o comando /W, ele limpará os dados em disco disponível que não estão sendo utilizados no volume inteiro. Como essa operação apagará arquivos em disco, o resultado não será exibido.

21. cls

O comando cls faz uma “limpeza” em todos os comandos anteriormente digitados, fazendo com que seu prompt de comando fique mais organizado para fazer tarefas. Vejamos a foto a seguir: 

Comando cls

Imagine que você digitou o comando dir, para listar todos os diretórios existentes na pasta Users. Você então digita o comando cls:

digitando comando cls no prompt

Ao apertar Enter, ele limpa todos os registros anteriores, limpando o terminal, conforme foto a seguir: 

resultado

Os comandos CMD do Windows são bem vastos e, infelizmente, com pouca utilização. Entretanto, são extremamente eficientes para produtividade de profissionais da área da TI, pois eliminam o tempo na execução de tarefas, o que é muito importante para esse segmento. 

Como listar todos os comandos do CMD no Windows?

Para isso ser realizado, devemos digitar o comando help em nosso prompt de comando, conforme já exibido. Apertando enter, o resultado será o seguinte:  

Listando todos os comandos cmd no Windows

Caso necessite de ajuda com relação a um comando em específico, como utilizar ele, devemos digitar: help nome_comando. 

15 atalhos de teclados para usar no Windows

Na tabela a seguir, veremos alguns atalhos que são utilizados no Windows a partir do teclado. Eles são importantes para você economizar tempo: 

Ctrl + CCopia um conteúdo.
Ctrl + VCola um conteúdo.
Ctrl + XRecorta um conteúdo.
Ctrl + Alt + DelAbre o gerenciador de tarefas de seu computador.
Windows + E Abre o gerenciador de arquivos de seu equipamento.
Ctrl + Z Desfaz uma ação.
Ctrl + ASeleciona todo o conteúdo.
Alt + Tab Faz uma alternação entre as janelas abertas.
Ctrl + F5Atualiza a página inicial 
Shift + DeleteFaz a exclusão de um item de forma permanente.
Alt + F4Desliga o computador, caso não haja nenhuma janela aberta. Caso tenha, a janela atual é fechada.
Ctrl + Shift + NCria uma pasta em seu equipamento.
Tecla PrtScnTira uma captura de sua tela e salva ela na área de transferências.
Windows + seta para direitaA janela atual irá para a direita da tela, ficando pela metade.
Windows + seta para esquerdaA janela atual irá para esquerda da tela, ficando pela metade.

Como assistir Star Wars no prompt de comando do Windows(CMD)?

Para isso, inicialmente, devemos checar se o comando telnet é aceito em nosso prompt de comando. 

  • Passo 1: A verificação a ser feita, inicialmente, será abrir o painel de controle, no menu Iniciar: 
Abrindo painel de controle
  • Passo 2: Com o painel aberto, selecionamos a opção Programas, clicando nela: 
Programas
  • Passo 3: Clicar na opção “Ativar ou desativar recursos do Windows”:
Ativando recursos do windows
  • Passo 4: Verifique se a opção cliente telnet está marcada com um visto. Caso esteja, poderá ser mantida dessa forma. Caso contrário, devemos marcar ela, e clicar no botão ok:
Clicar em Cliente Telnet
  • Passo 5: Feito isso, devemos abrir o prompt de comando do Windows e digitar: telnet. Ao apertar Enter, o prompt ficará assim:
digitar telnet no prompt de comando comandos cmd
  • Passo 6: Depois disso, digitamos a letra o e apertamos Enter para abrir uma nova conexão telnet:
Abrindo uma conexão telnet
  • Passo 7: Na frente desse ( a ), digitamos o seguinte endereço: telehack.com e pressionamos Enter. Depois, digite starwars e pressione Enter novamente. 
Colocando endereço
Obs.: o link na imagem não está mais disponível. Colocar telehack.com.

Como resultado, teremos o filme sendo exibido, em formato ASCII:

Star Wars em ASCII no prompt de comando

Muito interessante a utilização desses comandos no prompt, concorda? Esses comandos são pouco utilizados pelos desenvolvedores e desenvolvedoras, mas podem render uma produtividade e uma economia de tempo que pode ser muito útil.
Vimos que alguns comandos existentes no terminal podem criar pastas (mkdir), listar o conteúdo do diretório (dir), finalizar um determinado programa em execução (taskkill), listar todos os programas em execução em nosso equipamento (tasklist), dentre outros. Esses comandos podem ser muito utilizados caso o computador esteja com lentidão, já que podemos finalizar processos lentos nele. 

Quer se manter informado de mais outras dicas e utilidades no mundo da computação? Não deixe de conferir nossos conteúdos sobre tecnologia.

3 comments
Deixe um comentário
Você também pode gostar