Não é à toa que o sistema operacional da Microsoft é considerado um dos mais práticos e com maior usabilidade. A respeito do tema, os comandos CMD do Windows são reflexos da objetividade da plataforma.

Essa ferramenta está presente em todas as máquinas que o sistema está instalado e é uma grande aliada para aumentar a produtividade, seguindo o critério de métodos de agilidade em suas atividades.

Se você já ouviu falar sobre os prompts de comando, mas não sabe quais são os principais e nem para que eles servem, não deixe de conferir este conteúdo. Nele, levantaremos os 12 principais comandos CMD que em breve devem fazer parte da sua rotina, proporcionando produtividade e eficiência no seu dia a dia.

Neste artigo você verá:

  1. O que é prompt de comando (CMD)?
  2. Confira os 12 principais comandos CMD do Windows!

O prompt de comando, também conhecido como CMD, é um dos componentes mais comuns da plataforma Windows. Ele é um interpretador de linha de comando, que são programas executáveis que tem como intuito tomar ações conforme direcionamento do usuário.

Basicamente, essa programação automatiza tarefas por meio de scripts, realizando funções básicas atribuídas ao administrador e até mesmo a resolução de problemas operacionais do sistema.

Confira os 12 principais comandos CMD do Windows!

Antes de mais nada, o primeiro passo é abrir a tela de prompt de comandos (CMD). Para isso, basta acessar o Menu Iniciar e digitar “cmd”, sem as aspas, e teclar ENTER. Se seu Windows for superior ao Windows 8, basta digitar no teclado: Windows + R, digitar “cmd” e seguir com o mesmo processo. Ah é importante ressaltar que sempre devemos fazer o processo por meio de “Executar como Administrador”.

A partir desse momento você já está pronto para seguir com um dos processos básicos de programação, utilizar os prompts de comando do Windows. Veja abaixo os principais comandos CMD.

1. Sfc

Se você quer identificar possíveis erros do Windows e descobrir o que é a melhor coisa a ser feita, esse comando CMD pode ajudar. Ao realizar a execução do prompt, ele vai fazer uma varredura em todo seu sistema e encontrar as falhas. Por essa razão, o processo pode demorar um pouquinho. Para isso, basta utilizar o seguinte comando:

sfc /scannow

2. Robocopy

Quer economizar um pouco de tempo na hora de realizar o backup sem precisar instalar um programa para isso? Então esse utilitário está aqui para salvar a sua vida. Ele vai fazer todo o processo por um simples comando, que copia os arquivos em uma pasta inicial e transfere para a que você deseja.

O comando CMD é simples, basta digitar: robocopy “pasta de origem” “pasta de destino”. Exemplificando seria da seguinte maneira: robocopy C:\Trybe F:\Documentos Trybe. 

Dessa maneira, entendemos que os arquivos originais no disco C, pasta “Trybe” estão sendo enviados para um novo disco F – podendo ser até um HD externo ou pen Drive – para a pasta Documentos Trybe. 

3. Systeminfo

Esse comando do Windows oferece diversas informações sistêmicas, indo muito além do que as Propriedades do Sistema pode ter trazer. Ao digitar “systeminfo”, sem as aspas, podemos saber desde o momento que o sistema operacional foi instalado, como informações de produção, entre outros.

4. Taskkill

Se o computador travou e está difícil usar o gerenciador de tarefas, uma maneira de forçar o encerramento é por meio do taskkill. Insira o comando e, ao final, inclua o arquivo que precisa ser finalizado. No exemplo abaixo usamos o chrome: 

taskkill /f /im chrome.exe 

5. Shutdown

Ao utilizarmos esse utilitário, conseguimos desligar sua máquina, mesmo que tenhamos algum problema que impeça isso. Basta incluir no comando do Windows “shutdown -s -t 0”, sem as aspas. 

Além disso, o shutdown contém interessantes variações. O 0 no comando é referente ao tempo que você deseja programar em segundos. Se colocar 300 ao invés de 0, isso significa que faremos uma programação para o máquina desligar em 5 minutos. Caso seu desejo seja reiniciar, substituímos o “-s” do comando por “-r”.

6. Ipconfig

Esse é um dos comandos mais comuns para quem é usa os comandos CMD do Windows. O comando “ipconfig /all” exibe diversas informações referentes à sua internet. Para quem trabalha com rede, é um excelente utilitário.

7. Assoc

Você baixou um arquivo da internet mas não sabe qual programa e/ou aplicativo na sua máquina é ideal para executá-lo? Basta utilizar “assoc” juntamente com o tipo de arquivo em questão. 

8. Driverquery 

É muito comum termos diferentes drivers para conseguir rodar nossos programas, certo? Mas como conseguir controlá-los e saber quais são referentes a cada diretório? Com “driverquery -v”, sem as aspas, identificamos os drivers instalados em nossas máquinas

9. Fc 

O comando fc, ou seja, File Compare é um dos comandos Windows mais básicos para desenvolvedores de softwares e outros aplicativos. Por meio dele, conseguimos fazer a comparação de arquivos, levantando as principais diferenças entre eles. Para isso, basta seguir o modelo abaixo:

fc /c /caminho_para_o_arquivo_1/nome_do_arquivo_1 /caminho_para_o_arquivo_2/nome_do_arquivo_2

10. Netstat 

Mais um comando muito útil para manuseio de redes. Com o netstat conseguimos fazer análise de conexões TCI/IP ativas na sua máquina, analisando as portas abertas, bem como IPs e protocolos. 

11. Pathping

Mais um comando muito interessante para programadores de dispositivos. O Pathing permite listar informações a respeito da rota e dos dispositivos existentes entre o seu computador e dispositivo teste. Para verificar se determinada máquina se encontra na rede e também se ela está respondendo, basta incluir o “pathing host”, sendo no host o que você deseja analisar. 

12. Tasklist

Esse comando identifica todos os processos que estão em execução no momento. Além disso, ao utilizarmos com taskkill, que mencionamos anteriormente, destacamos quais são os arquivos que precisam ser finalizados para otimizar a experiência da máquina.

Os comandos CMD do Windows são bem vastos e infelizmente, com pouca utilização, entretanto são extremamente eficientes para produtividade de profissionais da área da TI, pois eliminam o tempo na execução de tarefas, o que é muito importante para esse segmento. 

Quer se manter informado de mais outras dicas e utilidades no mundo da computação? Não deixe de conferir nossos conteúdos sobre tecnologia.

0 Shares:
Você também pode gostar