Com o advento de novas tecnologias, conseguimos criar sistemas para a internet de maneira muito mais simples. O ASP.NET é um exemplo disso, além de ser uma framework da saudosa linguagem C#, ela é muito versátil para a criação de APIs e interfaces bonitas para a internet.

É consenso de todas as pessoas da área que é muito difícil e trabalhoso criar uma página na web atualmente. Por existir diversos navegadores e diversas versões das linguagens CSS e Javascript, acabamos tendo uma despadronização da forma de escrever o código.

Para a solução desses e outros mais problemas, o ASP.NET entrega para você um mar de possibilidades e vantagens. Tudo isso e muito mais você verá a seguir.

O que é ASP.NET?

ASP.NET é uma framework de código aberto para criar aplicativos da web na estrutura .NET (dotNET). Foi concebido pela Microsoft em 2002 na sua versão 1.0, dessa forma, as pessoas desenvolvedoras conseguiram criar aplicativos, serviços e sites dinâmicos utilizando essa tecnologia. Toda a estrutura é baseada no protocolo HTTP padrão, que é o protocolo padrão utilizado em todos os aplicativos.

ASP.NET é o sucessor direto da ferramenta ASP (Active Server Pages) e foi uma atualização significativa em termos de agilidade e potência. Além disso, é uma extensão da plataforma .NET com ferramentas e bibliotecas adicionais especificamente para construir aplicativos e sites na web.

Atualmente, temos o ASP.NET Core, que é uma versão mais recente do ASP.NET, e foi lançada em 2016, tendo como principal característica o desenvolvimento para múltiplas plataformas. ASP.NET ainda é compátivel e atualizado, no entanto o foco da Microsoft no momento é no ASP.NET Core.

Como funciona a arquitetura do ASP.NET?

Como podemos ver, a arquitetura do ASP.NET é divida em três partes, todas elas sempre fundamentais para o funcionamento da framework:

Estrutura do ASP.NET

a) Linguagem usada

Podemos utilizar uma série de linguagens no ASP.NET. A linguagem C# se destaca dentre elas, já que podemos utilizá-la tanto no front-end como no back-end.

b) Biblioteca

Temos um conjunto de classes padrão na framework .NET. A biblioteca mais comum usada para sites .NET é a Web Library. Essa biblioteca tem todos os componentes necessários para desenvolver uma aplicação web baseada em .NET.

c) CLR(Common Language Runtime): executando programas .NET!

A Common Language Infrastructure ou CLI é uma plataforma para que os programas .NET consigam ser executados em qualquer ambiente. O CLR é usado para realizar atividades-chave, tais como tratamento de exceções e coleta de lixo na memória.

Por que o ASP.NET Core é o futuro do ASP.NET?

Em 2016 foi lançado o ASP.NET Core, que além de ser a última versão do ASP.NET, tinha o propósito de substituir o ASP.NET. A principal vantagem do ASP.NET Core é ele funcionar igualitariamente em qualquer plataforma, seja MacOS, Linux, Docker e, obviamente, Windows.

Enquanto que o ASP.NET ainda tem suporte e atualizações pela Microsoft, grande parte do seu foco está no desenvolvimento de melhorias para a plataforma .NET Core.

Com a vantagem de funcionar em vários ambientes, essa nova framework conseguiu unir ASP.NET MVC, ASP.NET Web, e ASP.NET Web Pages para criar o MVC 6. Isso tudo auxilia os desenvolvedores e desenvolvedoras a criarem programas com muito mais performance e mais flexibilidade, tudo rodando em uma plataforma que assegura que os seus aplicativos e sites vão funcionar tranquilamente.

Por que e quando usar o ASP.NET?

Conseguimos encontrar muitos bons motivos para utilizar o ASP.NET no desenvolvimento de um site ou um aplicativo. Agilidade, baixo custo e amplo suporte a idiomas estão entre os principais benefícios. Além disso, o ASP.NET é integrado ao ambiente do servidor Windows Home, exigindo menos instalação e configurações do que outras plataformas de desenvolvimento da web.

Os aplicativos e sites feitos com a ajuda do ASP.NET podem ser bem mais rápidos e eficientes do que, por exemplo, um site construído com PHP. Os programas ASP.NET são compilados, logo todo o código fonte é traduzido para o código-objeto, que então é executado. Esse processo de compilação demora um pouco, mas é feito apenas uma vez. Após todo esse processo, o código pode ser executado repetidamente pela plataforma .NET.

O custo de desenvolvimento de programas utilizando ASP.NET é relativamente baixo. Antigamente, as pessoas desenvolvedoras precisavam comprar IDEs caras para construir os aplicativos. Hoje em dia, grande parte do seu código pode ser escrito utilizando ferramentas gratuitas. 

Podemos escrever o código ASP.NET usando um editor de texto simples, alguns editores de texto de programação gratuitos e, mais frequentemente, o aplicativo Visual Studio da Microsoft, que está disponível tanto na sua versão gratuita como na versão corporativa. Temos também a opção de usar o Visual Studio Code, que é uma ótima alternativa, tanto por ser leve como por ser totalmente gratuito.

Em geral, o ASP.NET tem uma ótima arquitetura para ser usada na criação de sites e aplicativos da web. É confiável, rápido, fácil de usar, gratuito e muito conhecido. Além disso, o ASP.NET oferece um controle geral do seu desenvolvimento e conseguimos usá-lo para projetos de pequeno e grande porte.

Quais os principais modelos de desenvolvimentos do ASP.NET?

O ASP.NET oferece três estruturas para a criação de aplicativos web: Web Pages, Web Forms e MVC. Além disso, também temos o Web API para integrar os nossos serviços no website, vamos dar uma olhada nas principais características desses modelos:

a) ASP.NET MVC

O ASP.NET MVC tem a habilidade de compilar sites dinâmicos de uma forma muito mais rápida  e com diversos padrões, fora que temos uma separação limpa de preocupações e que possibilita a você total controle sobre a marcação do desenvolvimento ágil. Também temos muitos recursos que permitem desenvolver os aplicativos utilizando os métodos do TDD e os últimos padrões da web.

b) ASP.NET Web Pages

ASP.NET Web Pages é uma das estruturas fundamentais. Utilizando a sintaxe do Razor, que é uma outra ferramenta da Microsoft para escrever código HTML, conseguimos combinar o código do servidor com o HTML para criar um conteúdo totalmente dinâmico. Podemos também conectar a um banco de dados, adicionar vídeos e imagens, e muito mais. Essa estrutura permite criar páginas na web com os padrões mais recentes de desenvolvimento.

c) ASP.NET Web Forms

Utilizando o ASP.net Web Forms, temos um modelo de arrastar e soltar elementos na tela. A partir disso, podemos adicionar eventos para cada componente, tudo isso de maneira dinâmica e simples. Contamos também com uma interface cheia de controles e elementos que permitem a compilação rápida dos nossos sites.

d) ASP.NET Web API

Por último mas não menos importante, o ASP.NET Web API é um modelo que tem como objetivo facilitar o desenvolvimento de integração com APIs para a maioria dos clientes, Desktop ou Mobile. Além do que, o ASP.NET Web API é a plataforma ideal para o desenvolvimento de aplicativos RESTful.

Como é o código backend com ASP.NET?

Para utilizar o ASP.NET no seu back-end, contamos com o C#, F# e Visual Basic para rodar a lógica de negócio e acessar os dados necessários.

Como já vimos, o ASP.NET tem todas as funcionalidades do .NET, dessa forma podemos utilizar todo o ecossistema gigantesco de pacotes e bibliotecas disponíveis para todas as pessoas desenvolvedoras .NET. Você também consegue escrever as suas próprias bibliotecas e compartilhar entre os aplicativos escritos na plataforma .NET.

Quais as semelhanças e diferenças entre ASP.NET e .NET?

Ao utilizar o ASP.NET e a plataforma .NET, enxergamos algumas coisas parecidas. Dessa forma, listaremos as principais semelhanças e diferenças dessas ferramentas:

ASP.NET.NET
Pode usar C#, F#, Visual Basic, entre outras linguagens para o desenvolvimento Web.Utiliza majoritariamente C#.
Fornece um sistema para criar sites dinâmicos.É uma framework para criar programas executados a partir do Windows.
Oferece suporte ao desenvolvimento no lado do servidor.Oferece suporte tanto ao desenvolvimento no lado do servidor como no cliente.
O código deve ser escrito em uma linguagem compatível com o .NET.Podemos escrever o código em qualquer idioma.

Quais as vantagens e desvantagens do ASP.NET?

Podemos ver aqui as principais vantagens e desvantagens do ASP.NET.

Vantagens

  • Se você usar a versão ASP.NET Core, lembre-se que ela é multiplataforma, ou seja, conseguimos desenvolver o mesmo aplicativo para vários sistemas operacionais e conseguimos também implantá-lo em servidores OS X, Linux, FreeBSD ou Windows.
  • A documentação é ótima e existem muitos tutoriais práticos.
  • Você pode contar com diversas bibliotecas, que ao contrário de outras linguagens, a maioria do acervo é feita pela própria Microsoft, logo sabemos que elas são muito mais consistentes.
  • É muito performática, moderna e leve. Você consegue um incrível suporte para a sua IDE e pode usufruir ainda mais se utilizar a Azure no ambiente de produção.

Desvantagens

  • O ASP.NET em si não tem o suporte para diversas plataformas, como Java tem, por exemplo.
  • ASP.NET tem um histórico de não ter muitos recursos básicos de segurança, tais como verificação de conta de e-mail, lembrete do nome do usuário, verificação de celular, redefinição da senha e armazenamento da senha.
  • Não temos disponível muitos CMS como o PHP. Apesar de termos alguns disponibilizados pela comunidade, nem sequer se equiparam aos do WordPress.

Minha primeira página ASP.NET: exemplo na prática!

Vamos começar baixando o SDK do .NET. Para isso, entre no site oficial do ASP.NET e baixe a última versão recomendada do programa, no momento que esse texto está sendo escrito a versão recomendada é a 5.0.

Logo depois de baixar e instalar, abra o seu console e rode o comando dotnet, você provavelmente verá algo parecido com isso:

Executando o comando dotnet

Agora que já temos o CLI do .NET no nosso computador, conseguimos iniciar um novo projeto: apenas digite no seu terminal dotnet new webApp -o nome_do_programa --no-https e espere que o projeto seja criado.

CLI do ASP.NET

O próximo passo é entrar na pasta do projeto utilizando o comando cd nome_do_programa e rodando o comando dotnet run para iniciar o aplicativo.

Rodando o programa

Pronto! Criamos o nosso primeiro projeto e ele já está rodando perfeitamente. Para ver a página gerada inicialmente, entre na url que aparecerá no seu console, no nosso caso é http://localhost:5000.

Essa é a tela gerada:

Tela inicial do ASP.NET Core

Se ficou o interesse em entender o código, basta abrir a pasta do projeto na sua IDE favorita.

Com o ASP.NET conseguimos construir diversos tipos de sites, do mais simples até o mais complexo. Contamos com diversas estruturas já criadas pela Microsoft para nos auxiliar no desenvolvimento. Com o ASP.NET MVC, Web Pages, Web Forms e Web API obtemos várias vantagens, seja de compilação, construção do site e até mesmo gerenciamento do fluxo de dados, tudo numa maneira simples e rápida.

Outro ponto importante é a construção do código. Com centenas de editores de textos na internet e várias outras IDEs, temos à disposição um mar de possibilidades. No ASP.NET, isso também é verdade, podemos utilizar tanto o Visual Studio como o Visual Studio Code, os dois com suas próprias vantagens e desvantagens.

Vimos também como é simples criar um site utilizando a tecnologia de CLI do ASP.NET, com poucos comandos criamos o nosso programa e já o executamos, tudo ocorre de uma maneira simples e rápida. Esperamos que esse artigo tenha lhe ajudado a entender um pouco mais sobre o mundo ASP.NET e como ele pode ser tão poderoso!
Quer aprender a programar mas não sabe como? Leia o nosso artigo de como programar: passo a passo para iniciantes!

Deixe um comentário
Você também pode gostar