Iniciar na área de desenvolvimento pode gerar várias dúvidas, principalmente sobre quais as melhores linguagens de programação para começar a aprender. 

Como se já não bastasse a variedade disponível no mercado, elas também podem variar de acordo com a área e aplicação desenvolvida.

Neste artigo, vamos descobrir quais as linguagens mais indicadas para quem está começando e deseja aprender a programar mais rápido.

Fique conosco!

Quais são os tipos de linguagens de programação? 

Melhores linguagens de programação

Linguagens de programação podem ser diversas, seja na sintaxe ou modo de execução. Vejamos, a seguir, algumas particularidades relacionadas a elas:

  • Linguagens de programação: são linguagens comumente usadas no desenvolvimento de software. Isto é, programas que você faz download e executa em seu computador;
  • Linguagens de script: são linguagens em que o código é executado no momento do uso. Essas linguagens são comumente usadas no desenvolvimento web
  • Linguagens de marcação: são linguagens usadas para estruturar páginas. Elas não necessariamente são linguagens de programação e usam tags para indicar o posicionamento dos elementos em um documento;
  • Linguagens de desenvolvimento web: são linguagens usadas para a criação de aplicações web, frontend e backend.

Quais as sete melhores linguagens de programação para aprender a programar?

Atualmente, existem diversas linguagens no mercado e para quem está iniciando na área podem surgir várias dúvidas sobre qual delas escolher. Por isso, listamos as 7 melhores linguagens de programação para começar a aprender.

1. HTML

O HTML (Hypertext Markup Language) é uma linguagem de marcação. Isto quer dizer que o HTML não utiliza lógica de programação, sendo sua principal funcionalidade a estruturação de blocos de textos.   

Por que aprender?

Essa linguagem é o pontapé inicial para quem deseja trabalhar com o desenvolvimento web. O HTML é a base dos sites na internet. Com essa ferramenta, será possível construir e editar sites, descobrir como eles estão estruturados e ter a base para avançar para conteúdos mais complexos no mundo do desenvolvimento, como os frameworks. 

Para que serve?

O HTML, como dito anteriormente, é uma linguagem de marcação. Dessa forma, seu principal objetivo é estruturar conteúdos na web, como sites. Com o HTML, é possível indicar ao navegador, através de tags, o que cada elemento da página representa, como um cabeçalho, rodapé, menu, entre outros.

2. CSS

O CSS (Cascading Style Sheets) é um recurso utilizado para estilizar páginas web. Essa ferramenta foi desenvolvida em 1996, com o objetivo de complementar e melhorar graficamente as estruturas criadas em HTML.

Por que aprender?

O CSS é outro ponto extremamente necessário para quem deseja aprender sobre web. Com o HTML é possível desenvolver sites, mas sem o CSS essas páginas serão apenas elementos lineares, em preto e branco. Com a aplicação de estilos, será possível implementar fontes, cores, espaçamentos e posicionar elementos de maneiras diferentes.

Para que serve?

Como já dito, o CSS cuida da estilização de páginas HTML. A partir dessa ferramenta, é possível alterar o tamanho da fonte utilizada nos textos, as cores, os espaços entre os elementos, o posicionamento dos mesmos, entre outras opções, além de deixar a página mais agradável visualmente.

3. JavaScript 

JavaScript é uma linguagem de programação desenvolvida em 1996. Na época, sua principal função era executar funções simples, como alertas, nos navegadores de internet. Atualmente, o JavaScript é uma linguagem extremamente popular e utilizada para diversas finalidades.

Por que aprender?

O JavaScript se tornou uma linguagem de programação extremamente versátil. Hoje em dia, ela pode ser aplicada não só como complemento ao HTML e CSS, mas também como base para recursos mais avançados de desenvolvimento web, como os frameworks. Além disso, também é possível criar aplicativos móveis e construir o backend de uma aplicação utilizando essa linguagem.

Para que serve?

O JavaScript é uma linguagem de programação utilizada para escrever funções e scripts. Essa linguagem permite o envio e o recebimento de requisições a servidores. Além disso, pode ser utilizada para a construção de sistemas backend, com o Node.js, aplicativos, com React Native, e sistemas web mais complexos, com os frameworks React, Angular e Vue

4. Python

O Python é uma linguagem que surgiu no início dos anos 90 e vem ganhando notoriedade, principalmente na área de análise de dados e Inteligência Artificial. 

Por que aprender?

O Python foi desenvolvido pensando na produtividade de quem o utiliza. Dessa forma, trata-se de uma linguagem de fácil aprendizado e ótima para pessoas iniciantes. Apesar de simples, o Python é poderoso e pode ser utilizado para diversas finalidades, principalmente para a análise de dados. 

Para que serve?

O Python é uma linguagem simples que pode ser utilizada para múltiplos propósitos. Atualmente, essa linguagem pode ser aplicada no desenvolvimento de scripts de inteligências artificiais, além de computação gráfica, análise de dados, Big Data, entre outros.

5. PHP

O PHP (Hypertext Preprocessor) é uma linguagem de programação utilizada no desenvolvimento de sistemas de backend. Atualmente, o PHP já se encontra em sua 8º versão.

Por que aprender?

O PHP é amplamente utilizado em uma grande quantidade de aplicações na internet. Além disso, trata-se de uma linguagem consolidada no mercado, que possui vasta documentação e permite a conexão com diferentes bancos de dados, como o MySQL, PostgreSQL e Oracle, por exemplo. 

Para que serve?

Essa é uma linguagem de programação utilizada para a construção de scripts que executarão comandos no backend de uma aplicação, como consultas a um banco de dados. 

6. Ruby

Ruby é uma linguagem de programação que surgiu em 1995. Essa linguagem possui uma curva de aprendizado amigável e é orientada a objetos.

Por que aprender?

O Ruby é uma linguagem de fácil aprendizado, mas que não deixa de lado a possibilidade de construir sistemas complexos. Com essa linguagem, é possível construir aplicações desktops e sistemas backend.

Para que serve?

Essa linguagem, como dito anteriormente, é utilizada para o desenvolvimento de aplicações desktop e sistemas backend. Além disso, o Ruby também possui um framework, o Ruby on Rails, usado para desenvolvimento web.

7. Java

Java é uma linguagem de programação que surgiu na década de 90 e também é orientada a objetos.

Por que aprender?

Java é uma linguagem consolidada e presente em diversas aplicações existentes hoje em dia. Uma das grandes vantagens de se aprender essa linguagem é a possibilidade de escrever um único código que poderá ser reaproveitado em outras plataformas

Para que serve?

Trata-se de uma linguagem que pode ser utilizada para o desenvolvimento de aplicações em diferentes plataformas. Com Java, é possível criar sistemas desktop, mobile, web, TV, entre outros.

Qual a melhor linguagem de programação por área?

Agora que já conhecemos algumas linguagens para iniciar no mundo da tecnologia, que tal descobrirmos quais são as mais utilizadas em cada área do mercado?

Qual a melhor linguagem de programação para jogos?

Linguagem C#

O C# (C Sharp) é uma linguagem de programação orientada a objetos. Desenvolvida pela Microsoft, essa linguagem possui tipagem forte, significando que um dado deve ser tratado de um modo específico.

Por que a linguagem C# é importante?

O C# não só é utilizado para criar jogos, mas também está presente na engine de muitos deles. Uma engine, ou motor de desenvolvimento, é uma biblioteca ou software responsável por auxiliar na criação de um jogo. Um exemplo de engine que utiliza C# é o Unity. 

Qual a melhor linguagem de programação para automação?

Linguagem Python

Como já abordado anteriormente, o Python surgiu nos anos 90 e vem ganhando força ultimamente. Trata-se de uma linguagem orientada a objetos, dinâmica, multiplataforma e de fácil aprendizado.

Por que a linguagem Python é importante?

O principal diferencial do Python é a sua facilidade de aprendizado e variedade de aplicações. Na área de automação, pode ser implementado em scripts de inteligência artificial, aprendizado de máquina, big data, análise de dados e mais.

Qual a melhor linguagem de programação para sistemas comerciais?

Linguagem Java

Como já mencionado antes, Java é uma linguagem de programação orientada a objetos. Criada na década de 90, essa linguagem se tornou versátil, possibilitando a criação de aplicações em diversas plataformas. 

Por que a linguagem Java é importante?

Java é uma das linguagens de programação mais escolhidas para o desenvolvimento de sistemas comerciais. Seu principal diferencial é a sua escalabilidade, conforme o número de solicitações e acessos crescem, é possível adaptar o programa desenvolvido. O Java também apresenta diversos recursos úteis para a área.

Qual a melhor linguagem de programação para criar aplicativos?

Linguagem JavaScript

Como já abordado anteriormente, o JavaScript surgiu com o objetivo de tornar dinâmico os elementos de uma página web. Entretanto, com o passar dos anos, o JavaScript passou por evoluções e agora pode ser aplicado em diferentes contextos.

Por que a linguagem JavaScript é importante?

A linguagem JavaScript ganhou notoriedade não só por ser utilizada na web, mas também por facilitar o desenvolvimento de aplicações mobile multiplataforma. A partir de tecnologias como o React Native e Flutter, é possível desenvolver aplicativos tanto para Android como iOS, utilizando a mesma base de códigos.

Qual a melhor linguagem de programação para software?

Linguagem C++

O C++ é uma linguagem orientada a objetos. Suas aplicações são múltiplas, podendo ser possível a criação de softwares, sistemas desktop, jogos, entre outros. O C++ é uma extensão da linguagem C.

Por que a linguagem C++ é importante?

O principal diferencial do C++ é a sua versatilidade e flexibilidade. Com essa linguagem, é possível criar sistemas de alto e baixo nível. Alguns exemplos de softwares criados utilizando C++ são: Adobe Photoshop, o navegador de internet Mozilla e o próprio sistema operacional Windows.

Qual a melhor linguagem de programação web?

Linguagem PHP

Também mencionado anteriormente, o PHP é uma linguagem orientada a objetos. Hoje, ela está presente não só em sites, mas também em sistemas CMS, como o WordPress.

Por que a linguagem PHP é importante?

O PHP, quando aliado a tecnologias do frontend, como o HTML, CSS e Javascript, permite o desenvolvimento de sistemas web completos. Com ele, é possível desenvolver dashboards, por exemplo. O maior diferencial dessa linguagem é a sua compatibilidade com diferentes bases de dados.

Quais as 3 linguagens de programação mais difíceis de aprender?

A seguir, vamos conhecer mais sobre 3 das mais complexas linguagens de programação existentes.

Malbolge

Malbolge é uma linguagem de programação que foi desenvolvida em 1998, com o único propósito de ser uma linguagem complexa. O primeiro programa desenvolvido nessa linguagem demorou dois anos para ser concluído.

Nessa linguagem, para se escrever o famoso “Olá, mundo!”, é necessária a seguinte linha de código:

(‘&%:9]!~}|z2Vxwv-,POqponl$Hjig%[email protected]@>}=<M:9wv6WsU2T|nm-,jcL(I&%$#”`CB]V?Tx<uVtT`[email protected]?]!~|4XzyTT43Qsqq(Lnmkj”Fhg${[email protected]>

Para chegar a esse conjunto de caracteres, o Malbolge utiliza três registradores: as letras a, c e d, que atuam como variáveis e sempre iniciam zeradas. A variável c recebe a instrução que será executada no momento e d recebe o endereço de memória em que a instrução será executada. Já o a recebe valores temporários. Após a execução do código, o valor gerado é encriptado, retornando uma sequência de caracteres, como a exibida acima.

Erlang

Erlang é uma linguagem desenvolvida pela empresa Ericsson, na década de 80. Seu objetivo era a programação de sistemas de telecomunicação. O Erlang é usado até hoje por aplicações que recebem um alto fluxo de dados, como o sistema de chat do Facebook, por exemplo.

O que torna íngreme a curva de aprendizado dessa linguagem é a sua sintaxe diferenciada, comparada a outras linguagens, e seus conceitos, como o uso de recursividade para iterar diversas vezes o código. Veja, a seguir, a implementação do cálculo fatorial usando Erlang:

-module(sample1).

-export([fac/1]).

fac(0) -&gt; 1;

fac(N) -&gt; N * fac(N-1).

Assembly

Assembly é uma linguagem de baixo nível. Isso quer dizer que o código é compreendido pelo hardware, a partir de bits, isto é, 0 e 1. Para facilitar o desenvolvimento e entendimento por humanos, durante a programação, o Assembly utiliza conjuntos de símbolos, chamados de mnemônicos, como ADD, de adicionar, e MOV, de mover, sendo este o principal ponto de dificuldade de aprendizado. 

Essa linguagem é utilizada para a criação de instruções de microprocessadores, microcontroladores e outros hardwares. Veja, abaixo, um exemplo de trecho de código em Assembly:

Quais as 5 linguagens de programação que mais cresceram em 2022? 

  1. Python

O python é uma linguagem em ascensão no mercado. De fácil aprendizado, ela pode ser aplicada no desenvolvimento de sistemas desktop, backend, inteligência artificial e análise de dados. Além disso, ela também conta com uma comunidade em crescimento e frameworks que auxiliam no desenvolvimento.

  1. C#

O C# é uma linguagem orientada a objetos. Aliado ao seu framework, o .NET, essa linguagem permite construir aplicações complexas, como softwares para desktop, aplicações móveis e jogos, 2D e 3D

  1. JavaScript

O JavaScript, como já mencionado antes, se tornou uma linguagem popular e versátil. Atualmente, o JS não só permite a criação de sites e sistemas web, mas também a construção de aplicações backend e mobile multiplataforma, utilizando uma única base de código.

  1. SQL

O SQL (Structured Query Language) é uma linguagem de consulta e manipulação de dados em banco de dados relacionais. Diversos sistemas de gerenciamento de banco de dados, como o MySQL, a utilizam na realização de suas consultas. É de fácil aprendizado e bem interessante para quem deseja ingressar na área de ciência de dados.

  1. GO 

GO é uma linguagem nova no mercado, mas que tem ganhado cada vez mais pessoas desenvolvedoras. Desenvolvida com foco na criação de API’s e aplicações desktop, a linguagem GO é de fácil aprendizado e vem ganhando destaque nas áreas de engenharia de software e desenvolvimento backend. 

Quais as 5 linguagens de programação mais bem pagas?

Linguagem GO

Go é uma linguagem ainda jovem. Entretanto, vem ganhando popularidade por sua facilidade de aprendizado e foco na construção de aplicações desktop e backend.

Qual o salário?

Segundo o site Glassdoor, o salário de uma pessoa desenvolvedora GO pode variar entre 4 mil reais a 6 mil reais mensalmente. 

Linguagem Swift

Swift é uma linguagem de programação para desenvolvimento de aplicativos iOS. Essa linguagem surge como alternativa ao Objective-C, também usado para o mesmo propósito.

Qual o salário?

Os salários de uma pessoa desenvolvedora Swift podem variar entre 3 mil reais a até 11 mil reais mensalmente, dependendo do nível de experiência e empresa. As informações são do site Glassdoor. 

Linguagem PHP

PHP é uma linguagem de programação orientada a objetos. Já consolidado no mercado, o PHP é utilizado no desenvolvimento de diversos sistemas backend e também está por trás de plataformas, como o WordPress.

Qual o salário?

Os salários para quem trabalha com essa linguagem podem variar entre 2 mil reais a 8 mil reais. Os dados são do site Glassdoor.

Linguagem Java

Java é uma linguagem que já tem história no mercado e está presente em diversos sistemas comerciais, aplicações desktop, mobile e jogos.

Qual o salário?

Uma pessoa que trabalha com Java pode ter uma salário mensal que varia entre 3 mil reais a 10 mil reais. A informação é do site Glassdoor.

Linguagem JavaScript

O JavaScript é uma linguagem popular utilizada para o desenvolvimento web, mobile e backend.

Qual o salário?

No desenvolvimento usando Javascript, segundo a Glassdoor, os salários podem variar de 2 a 15 mil reais por mês.  

Neste artigo aprendemos mais sobre as melhores linguagens de programação, seja para iniciar na área, por área do mercado ou remuneração. Entre elas, podemos citar o Python, JavaScript, Java, PHP, C#, SQL e outros. Além disso, também não podemos deixar de fora a base para a construção de páginas na web, o HTML e o CSS.

O que acha de começar uma carreira na área de tecnologia? Clique aqui e saiba como você pode fazer isso!

Você também pode gostar