Já conhecemos um pouco sobre o mundo hacker atualmente, tendo em vista que a cibersegurança está em voga. Sabemos que hackers, no geral, são pessoas que encontram brechas para invadir sistemas e explorá-las de alguma forma, seja benéfica ou ilegal. Entretanto, algumas pessoas conseguem aplicar essa lógica também para outros aspectos.

Esse é o caso do empresário e tecnólogo Walter O’Brien, que “hackeou” a vida para que seu nome, sua marca pessoal e sua empresa fossem mais conhecidas ao redor do mundo e na área da cibersegurança. E como ele fez isso? Ele criou uma série de televisão sobre sua vida e conquistas, que cativou diferentes tipos de públicos!

Scorpion é uma série sobre cibersegurança e gênios da computação que nos ensina muito sobre tecnologia e ciência. Quer conhecer mais sobre a série? Então, não deixe de conferir os tópicos que preparamos para você:

Boa leitura, e vamos lá!

O que é Scorpion?

Scorpion — na série, estilizado como </SCORPION> para relembrar linguagens de programação — é uma série de televisão norte-americana do gênero drama e ação criada por Nick Santora. Amplamente baseada na vida de seu produtor executivo e auto-proclamado gênio da computação, Walter O’Brien, Scorpion foca no dia a dia de uma equipe contratada pelo governo americano que precisa resolver problemas a nível global e salvar vidas. Scorpion estreou em 22 de setembro de 2014, alcançando quatro temporadas e 93 episódios. 

A primeira temporada de Scorpion recebeu críticas mistas, porém a recepção foi melhor para as temporadas seguintes. A série foi cancelada em Maio de 2018. Durante o período, a série foi exibida pela emissora de televisão CBS. Aqui no Brasil, Scorpion está disponível em serviços de streaming

Resumo do enredo

Scorpion, inspirado numa história real, é um drama poderoso e dinâmico acerca do excêntrico Walter O’Brien, representado por Elyes Gabel, e um time brilhante de prodígios que compõem a última linha de defesa contra ameaças tecnológicas complexas da atualidade. Aliás, o nome “Scorpion” é baseado no apelido que Walter O’Brien tinha enquanto hacker e na empresa que ele fundou ao longo de sua vida!

Contratados pelo Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, a equipe é composta por Toby Curtis, um especialista em comportamento que é capaz de ler a qualquer pessoa; Happy Quinn, uma técnica mecânica prodigiosa; e Sylvester Dodd, um gênio das estatísticas. Para coordenar a equipe, está presente o agente federal Cabe Gallo, que tem uma angustiante história com O’Brien.  

Apesar da equipe ser formada de prodígios, ela é incapaz de lidar com a vida fora do círculo de convívio profissional. Logo, eles utilizam a ajuda de Paige Dineen, mãe de uma criança também genial, que traduz como a vida e as emoções funcionam para eles. Esse time aplica suas habilidades excepcionais para resolver crises nacionais e globais envolvendo tecnologia, enquanto se ajudam a resolver suas próprias crises pessoais

Quem é Walter O’Brien, o gênio protagonista de Scorpion?

Walter O’Brien foi uma criança prodígio irlandesa com um QI altíssimo que começou a programar computadores aos nove anos de idade. Ele fundou Scorpion aos 13 anos de idade quando percebeu que podia reunir outras pessoas ao redor do mundo que, assim como ele, eram talentosas na área de tecnologia para resolver não só problemas técnicos, como problemas da vida. 

Aos 16 anos, já era conhecido como hacker e foi campeão nacional de programação. Aos 18, competiu nas Olimpíadas de Informática e foi ranqueado como o sexto programador mais rápido do mundo. Aos 21, graduou com honrarias no curso de Ciência da Computação e Inteligência Artificial.

Já aos 26 anos, o Departamento de Segurança dos Estados Unidos certificou Scorpion como sendo de interesse nacional para o país devido suas habilidades excepcionais. Aos 36, mais de 150 invenções tecnológicas já haviam sido criadas por ele e Walter recebeu prêmios por seus produtos inovadores.  

Aos 40 anos, Walter O’Brien promoveu sua própria imagem, tornando-se diretor executivo de seu próprio programa de televisão, Scorpion. O show inspirou mais de 26 milhões de espectadores ao redor do mundo. 

Quais dicas Scorpion dá sobre carreira na área de tecnologia?

Scorpion é uma série que não só nos coloca no centro de vários conflitos de ordem grandiosa envolvendo o mundo tecnológico atual, como nos mostra como outros aspectos podem ser aliados poderosos ao se dedicar a construir uma carreira em tecnologia. Confira algumas dicas que podem ser retiradas da série a seguir!

QI não é tudo!

É evidente que ser muito inteligente é uma característica desejada tanto pelas pessoas, quanto pelas empresas. Porém, em Scorpion fica nítido que essa característica por si só não é suficiente para se construir uma carreira de sucesso no ambiente tecnológico.

Na série, O’Brien precisa da ajuda de Paige para repensar suas ações e atitudes, já que, por não saber interagir socialmente, acaba não refletindo sobre como suas palavras afetam outras pessoas. Isso faz com que as pessoas achem O’Brien arrogante e rude. 

Portanto, outros tipos de habilidades ecompetências. Por exemplo, inteligência emocional, comunicação e flexibilidade são necessárias para conseguir estabelecer um relacionamento e um networking eficaz com outras pessoas. 

A união faz a força!

Uma das razões para a equipe de O’Brien ser tão eficaz na resolução de problemas complexos, tanto na Scorpion da série quanto na vida real, é devido ao fato de que o time montado é muito diverso e cada integrante tem uma inteligência muito distinta das demais.

Logo, Scorpion nos mostra que podemos unir nossos pontos fortes e inteligências com os das demais pessoas para que o time cresça ainda mais

O uso da lógica é essencial!

Não são só pessoas programadoras que utilizam a lógica como ferramenta de trabalho! Scorpion nos mostra que a ciência e a lógica, se aplicadas de maneira eficaz, são capazes de resolver os problemas mais complicados. A área da tecnologia é exatamente isso: a resolução de situações adversas tendo em vista a facilitação da vida humana.

Portanto, quanto mais embasamento científico você tiver, e quanto mais você desenvolver a lógica, mais fácil será para você crescer dentro da área da tecnologia e construir uma carreira de sucesso!

4 curiosidades sobre Scorpion e a vida de O’Brien!

Vamos conferir agora uma série de fatos curiosos sobre a série Scorpion e, consequentemente, sobre a vida de seu produtor, Walter O’Brien.

A empresa existe de verdade!

A empresa fundada por Walter O’Brien na série Scorpion existe na vida real. Esse é um dos fatos que foram representados com base na vida real de O’Brien: a Scorpion Computer Services é descrita como uma empresa no formato laboratório de ideias (think tank) que resolve qualquer problema, como “um super mordomo ao seu serviço”. Foi fundada em 1988 e atua na área de gerenciamento tecnológico e mitigação de danos na área da segurança da informação

O’Brien quase foi preso quando era apenas uma criança!

Com 13 anos de idade, Walter O’Brien hackeou o sistema da NASA para conseguir algumas plantas de foguetes e outros dispositivos para decorar a parede de seu quarto. O que ele não esperava era que seria apreendido em sua casa pela Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos e pela Interpol! Um tempo depois, suas habilidades foram reconhecidas e o governo o contratou para trabalhar com cibersegurança. 

O’Brien é a quinta pessoa mais inteligente do mundo

Aos nove anos, com a suspeita de que era autista por nunca se encaixar em sua vida cotidiana na Irlanda, O’Brien fez um teste de QI na escola a pedido de pessoas educadoras. Para a surpresa de todos, o menino pontuou com um QI de 197, entrando para a lista das pessoas mais inteligentes no mundo.  

O’Brien acredita que a série Scorpion pode ajudar a inspirar a geração mais jovem! 

Walter O’Brien disse em entrevista que um dos motivos além de sua promoção com a série era criar um imaginário positivo de pessoas que trabalham com tecnologia na visão das gerações mais jovens para que elas possam se espelhar na ciência e desconstruir muitos dos preconceitos que vêm ligados à área da ciência e tecnologia. 

“Scorpion é sobre ser um solitário, uma aberração, um estrangeiro, isolado dos outros só porque você é único, é sobre ser verdadeiro à sua verdadeira essência. Precisamos de mais shows assim, em que ser cientista é celebrado mais do que ser modelo (…), precisamos de shows em que ciência possa ser a sensação, a história principal, e não apenas uma coisa na nota de rodapé que fracassados fazem”, afirma o criador da série.

Gostou de conhecer mais sobre a série Scorpion? Então, aproveite a visita ao nosso blog e conheça agora a série Mr. Robot, que trata sobre o submundo hacker?

0 Shares:
Você também pode gostar